História A Riquinha e o Modesto(Fanfic Gotwice) - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Got7
Tags Bamyoung, Daebum, Got7, Gotwice, Jackhyo, Jana, Jina, Markyeon, Twice, Tzuyeom, Youngmo
Visualizações 22
Palavras 1.131
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá bubbles, peço desculpa por não ter postado capitulos nestes ultimos dias, fiquei sem criatividade então dei um tepinho, mas agora voltei. Obrigada a quem anda a favoritar a fic, significa muito para mim saber que as pessoas gostam do que escrevo <3
Boa leitura <3

Capítulo 8 - As obrigações do medo


Fanfic / Fanfiction A Riquinha e o Modesto(Fanfic Gotwice) - Capítulo 8 - As obrigações do medo

Jihyo on

Sou Park Jihyo, sou de origem coreana mas mudei-me para cá muito nova. Sim, devem pensar que sou má por andar com a Sana, mas eu sou literalmente o que a Momo disse, sou um coelhinho assutado Park Jihyo… eu só ando com a Sana porque assim de certeza ela não me faz nada, mas o pior de tudo é ter que tratar os outros mal.

Cheguei à escola e fui ter com a Sana e a Mina juntamente com o meu irmão.

Jihyo off

Jinyoung on

Olá, sou Park Jinyoung, tenho 17 anos e sou da Coreia do Sul, vim para cá ainda novo. Quando a minha irmã tinha praí uns 2 anos, então eu tinha 3 kkk. A minha irmã e eu somos bastante próximos, eu sou literalmente o único em quem ela confia.

Jinyoung

-Ji, mexe-te temos que ir!

Jihyo

-Sei… - ela vem até à cozinha que era onde eu estava.

Jinyoung

-Eh, o que se passa?

Jihyo

-A vida é o que se passa… estou farta de ser cobaia da Sana…

Jinyoung

-Já te dei uma boa solução mas tu não aceitas.

Jihyo

-Jinyoung, sabes bem que não posso, quem levaria por tabela seria eu.

Jinyoung

-Sei, mas vá vamos para a escola.

Ela assentiu e fomos para a escola a pé.

Quando chegámos.

Sana

-Eu não tenho culpa que a irmã patética seja um ótimo alvo kkk. Ainda por cima nem tem amigos ainda melhor!

Jinyoung

-Então Sana, a ser cobra venenosa de novo.

Sana

-Park Jinyoung, há quanto tempo… - ela vem até mim e começa a “seduzir-me”.

Jinyoung

-Aish larga-me sua melosa, tens namorado! – saio dali.

Jinyoung off

Jihyo on

Sana

-Aish, este teu irmão não sabe divertir uma pessoa…

Jihyo

-Ele não achou divertido…

Mina

-Também é difícil arranjar alguma coisa que ele ache divertido, ele é um carrancudo…

Jihyo

-Ei… ele é meu irmão. – a Sana olhou para mim com um ar mortífero.

Sana

-Bem, vamos, temos um dia preenchido, a Im vai sair daquela sala, ela é sempre a última a sair então quando todos tiverem saído, eu entro.

Jihyo off

Jinyoung on

Entretanto.

Chego perto dos meus dois melhores amigos, Jackson e Jaebum, por vezes há quem diga que somos os amigos J kkk. Quando cheguei lá eles estavam a jogar no telemóvel ambos.

Jackson

-Aish, eu não acredito que me ganhaste outra vez!

Jaebum

-Esforça-te, preciso de um forte oponente.

Jinyoung

-Ei malta...

JB

-Agora não Jinyoung, estamos a jogar.

Dahyun

-Olá pessoal, tudo bem?

O Jaebum rapidamente tira os olhos do telemóvel e olha para ela.

Jaebum

-Dahyun! Que bom ver-te … - ele ri nervoso e eu rio-me pelo efeito que ela tem nele.

Ela ri-se formando um sorrisinho fofo nos lábios.

Jaebum

-Ai Deus… - ele diz baixo.

Mark

-Ei, Day, a Chae… olá rapazes.

Jinyoung

-Olá desaparecido.

Mark

-Jinyoung, sabes bem porquê. O que te aconteceu? Estás com uma cara de quem viu uma pessoa a morrer… ok, também não tanto.

Jinyoung

-É a minha irmã…

O Jackson para de jogar.

Jackson

-A Jihyo? O que se passa com ela?

Jinyoung

-Tudo! Ter de ser cobaia já é mau mas ter que fazer o que a Sana quer…

Dahyun

-Ela só está lá porque quer.

Mark

-Day!

Dahyun

-Pá desculpa, é o que eu acho.

Ela senta-se ao lado do Jaebum que por sua vez fica vermelho que nem um tomate.

Jinyoung

-Ela está lá porque não quer que a Sana lhe faça mal, eu já lhe disse para ela deixar a Sana mas ela diz que depois ela é que leva por tabela… A Mina a mesma coisa… E ainda por cima ouvi falar que arranjaram mais uma para o grupinho…

Dahyun e Mark

-O quê?!

Jinyoung

-É, a Jihyo disse que foi a pior cena que alguma vez fizeram mas nunca mencionou quem era.

Jinyoung off

Nayeon on

Entrei na escola junto com a minha irmã.

Seoyoon

-Eu vou andando sim? Vemo-nos depois.

Nayeon

-Sim…

Vou até ao meu cacifo que não ficava muito longe dali e abri-o. Recebi uma mensagem do meu pai então pego no telemóvel mas com tantos livros na mão acabo por deixá-los cair todos.

Nayeon

-Aish… - vejo que todos à minha frente estavam a olhar para mim.

Agacho-me para juntar os livros quando uns pés se aproximam de mim. Olho para cima e já não era surpresa…

Sana

-Olhem quem é, desta vez nem foi preciso eu fazer nada, parece que o meu plano mudou. – ela riu-se.

Nayeon

-Eu só deixei cair os livros… - disse de cabeça baixa.

Sana

-Anda – ela diz com um sorriso sinistro na cara dela.

Nayeon

-Não posso, os meus livros... – ela me puxa para me levantar e puxa-me para segui-la.

Nayeon off

Jihyo on

Lá estávamos nós novamente a implicar com a Nayeon… aish, quando é que isto vai acabar?!

Rapidamente arrumei os seus livros no seu cacifo e fechei-o tirando a chave para lhe entregar depois, a coitada não merecia isto e como não posso fazer nada pelo menos faço isto…

Segui rapidamente atrás delas passando por onde estava Jinyoung e os amigos, por um lado eu não queria que ele me visse a fazer aquelas coisas mas por outro lado sei que provavelmente irão parar a Sana.

Jaebum

-Ei Sana!

O Mark de repente olha para a Nayeon.

Mark

-Nay! – ele vai até ela mas a Sana bloqueia o caminho e diz-lhe ao ouvido:

Sana

-Não me vais tirar a presa de novo.

Mark

-Sai da frente Sana senão!

Sana

-Senão o que? Não sabes que não se bate em meninas?

A Dahyun afasta o irmão e dá um estalo na Sana.

Dahyun

-Essa regra só se aplicam aos rapazes!

A força foi tanta que a Sana largou a Nayeon levando as mãos à bochecha que estava vermelha. A Dahyun puxa a Nayeon e a mesma vai contra Mark e ele a envolve num abraço.

Dahyun

-Vai!

A Mina e a Sana saem dali.

Jihyo

-Nayeon… - digo com uma voz de culpa.

Nayeon

-Larga-me… - disse ela com uma voz assustada escondendo-se no abraço de Mark.

Jihyo

-Toma… - entrego-lhe a chave do seu cacifo. – E desculpa…

Vou-me embora.

Jihyo off

Mark on

De seguida a Jihyo entrega uma chave à Nayeon e vai-se embora.

Jinyoung

-Espera! – ele vai atrás da irmã.

Só me apercebi nesse momento que estava abraçado à Nayeon. Senti-me um pouco corado, mas ela estava meio que a sentir-se protegida então apertei mais o abraço, erro meu…

Nayeon

-Ah… - desfaz o abraço.

Mark

-Desculpa…

Nayeon

-Tudo bem… Tenho que ir.

Ela sai dali e eu vou atrás dela e agarrei o seu braço.

Mark

-Não! Por favor, pelo menos uma vez na vida fica comigo! – digo puxando-a para um abraço

 


Notas Finais


Gostaram? Continuação no próximo capítulo, o que acham que vai acontecer? Comentei o que acham que vai acontecer se quiserem! <3
Xau bubbles <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...