História A Saga Soonhoon - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Seventeen
Personagens Boo Seungkwan, Hansol "Vernon" Chwe, Hong Jisoo "Joshua", Jeon Wonwoo, Junghan "Jeonghan", Kim Mingyu, Lee Chan "Dino", Lee Jihun "Woozi", Lee Seokmin "DK", Seungcheol "S.Coups", Soonyoung "Hoshi", Wen Junhui "JUN", Xu Ming Hao "THE8"
Tags Jeongcheol, Junhao, Meanie, Seoksoo, Soonhoon, Verkwan
Visualizações 149
Palavras 1.393
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Capítulo III


CAPÍTULO 3️⃣

[Terça-feira]


Jihoon entrou na sala de artes estranhando que sua dupla não estava no seu devido lugar ainda, geralmente chegava e Kwon estava tirando um cochilo, mas assim que se sentava o outro acordava com toda a energia do mundo, o baixinho achava isso cômico.

A aula começou e nada de Soonyoung aparecer.

--Alunos podem abrir seus livros e fazer a interpretação das seguintes pinturas...



Soonyoung achava que suas pernas iriam cair de seu corpo, nunca tinha corrido tanto em toda sua vida igual estava correndo para o colégio.

Virou a noite transbordando de ansiedade pela aula de artes, achava que iria vomitar sua janta a qualquer segundo -nada agradável- e acabou pegando no sono após as 4h da manhã, oque resultou em um Kwon extremamente atrasado para a escola por dormir de mais, correndo como se estivesse fugindo de uma manada de porcos selvagens e todo descabelado.

Só faltou se ajoelhar e agradecer ao universo quando chegou na escola e viu que a aula ainda não havia acabado.



--Mas professor, aonde você está enxergando um leão aqui? Isso é claramente um elefante -Junhui e suas observações peculiares...


--Que elefante tá louco?! Isso é um cavalo


--Só se for uma pintura sua


--Obrigado pelas observações Wonwoo e Junhui, mas essa é graça das pinturas rupestres, eles não eram profissionais no desenho para desenhar corretamente.


--Mas podiam ter um pouco de senso, se nem a gente entende agora, imagina algum amigo que fosse ver a pintura?


--Jun cala boca, você não tem direito de dizer mais nada depois de falar aquele negócio do banho pro Soonyoung


--Negocio do banho?


--NÃO É NADA JIHOON HEHE- os dois achavam que teriam um infarto


--Vai falem agora, todos andam muito estranhos ultimament-


--CHEGUEI CHEGUEI UY UY CHEGUEI..- Soonyoung recuperava o fôlego --Com licença -Jihoon foi cortado em sua segunda frase que falava no dia, se fosse qualquer outro iria amassar a pessoa no meio, mas o alívio de ver Soonyoung foi tão grande que nem se importou. Teriam uma prova na próxima aula e o Kwon era o responsável por sua cola, já que Jihoon deixou de estudar para a prova para compor.

O moreno andou rápidinho para sua mesa e se sentou sentindo seu corpo inteiro transpirar.


--Por que se atrasou?


--Ah ah oi Jihoon. Eu tive que.. que ir pra..


--Você dormiu demais não é?


--Acertou. Sobre ontem, você sabe que eu não quis dizer aquilo, você interpretou a frase de maneira errada, era como se eu dissesse que não esperava mais, porque sei que todas as músicas que você fizer estarão boas, eu devia ter falado de um jeito que da para interpre-


--Soonyoung eu entendi, como diz o Seungkwan, eu sou "virgem" de gírias -o além sussurrou de fundo "O Hansol também" obviamente era Wonwoo e não o além. --Que bom que você veio... - o coração de Kwon faltava explodir de tanta felicidade --Imagina ter que fazer a prova de química sem você pra me passar cola?! -a felicidade foi embora bem rápido, em modo avião.

A aula de Artes não deu para nada, mas ainda eram da mesma sala, mesmo que sentassem a 30km um do outro(eram apenas 2 fileiras de diferença), Soonyoung ainda iria dar um jeito de chamar o baixinho para irem ao parque.

A prova de química já havia começado, e obviamente Jihoon estava jogando papéis para Soonyoung pedindo pelas respostas das questões, e foi aí que a mente do maior brilhou: iria chamar o outro para o parque via papel de cola. Brilhante. Com a letra mais caprichada que conseguiu, anotou a resposta da questão e na linha debaixo:

"Quer ir hoje no parque comigo?" após terminar lançou o papel denovo acertando a testa do Lee. O mesmo pegou o papel e anotou a resposta na prova, logo escreveu algo e o lançou devolta:

"Opa vamos sim, às 14h"

" E qual a resposta da 7)a-?

O sorriso de Kwon estava tão radiante, que a qualquer momento, os produtores da Colgate iriam brotar e oferecer emprego para o mesmo.



         •A SAGA SOONHOON

*Hoshit*- Adivinha quem vai dar um rolê no parque com o boy hoje?


*BooBoo*- O Wonwoo?


*Jeononu*- Eu?


*Hoshit*- NÃO EU


*Seokshine*- Quem é então?


*Hoshit*- SOU EU CARALHO


*ReginaYoon*- FALTOU UMA VÍRGULA ALI


*S.Copo*- Mingyu você vai pro parque com o Wonwoo também? Tentem achar o Soonyoung e tirem uma foto desse momento icônico


*KimEdson*- Nem sabemos o parque que ele vai


*VisualHui*- Qual parque vai Kwon?


*Hoshit*- Não vou falar


*Jeononu*- Poxa, queríamos saber para não irmos no mesmo sabe, dar mais privacidade para vocês, eu e o Mingyu iremos naquele que tem perto da casa do Hansol


*Hoshit*- Não se preocupem, eu vou no do centro


*ThugHao*- MUAHAHAHA


*Hoshit*- Oh merda. Isso foi baixaria



Jihoon estava lindo, mesmo trajando apenas uma blusa simples e uma bermuda jeans acompanhados de um par de tênis pretos, ele era a coisa mais linda para Kwon. Saíram da casa do Lee e foram para o parque do centro.

--Mas que porra...

Haviam se esquecido do fato de que estavam perto do feriado de Páscoa, oque significava, muitas crianças e muitas pessoas fantasiadas de coelho, tinham alguns só com o rosto pintado, mas o maior medo do Kwon eram os que estavam fantasiados. Tinha medo de pessoas com fantasias grandes.

--Oque foi Soonyoung?


--Vamos em outro parque?


--Eu não suei meu buço andando até aqui atoa, vai vamos pegar algodão doce, aproveita que é de graça


Sem qualquer forma de protesto o Lee começou a puxa-lo indo para as barraquinhas, após enfrentarem uma fila de 5 horas (5 minutos) pegaram seus doces e foram se sentar em algum banco, na verdade não foi fácil achar um com menos de 4 pessoas e o único com 2 pessoas Jihoon convenceu a saírem alegando que tinha uma maldição ali por conta de um assassinato na década de 80, pura mentira. Seu argumento foi algo como "aqui é claramente assombrado minha senhora"

--Mas então Soonyoung, porque me trouxe aqui? Sem os meninos?


--Ah, eu gosto da sua companhia


--Eu só te dou patadas


--Não levo pro lado pessoal sabe


--Sabe porque todos andam estranhos ultimamente? Hoje na aula o Wonwoo falou pro Jun que ele não tinha direito nenhum de falar nada depois de ter te falado um negócio de banho...Você anda tomando banho com o Jun?


--EU NÃO TOMO BANHO COM O JUN! E se tivesse tomado, acha que eu estaria nesse banco comendo agora? Minghao já teria me mandando para a escuridão


--Então oque é?


--Érr- Assim que começou a falar um demônio (coelho humano, humano coelho) se levantou do lado do banco, Kwon se sentiu aliviado por alguém ter atrapalhado aquele momento mas lembrou que tinha medo de coelhos humanos/humanos coelhos, e parece que Jihoon também tinha...


--PQP VAMO EMBORA DAQUI AGORA! TEM COELHOS DEMONÍACOS AQUI VAMO LOGO ELES VÃO MATAR!!! NAO ERA PRA AQUI SER AMALDIÇOADO


--VAI VER É CASTIGO JIHOON! VOCÊ E ESSA SUA BOCA DE CAÇAPA DO TAMANHO DO MUNDO


--VOCÊ TAMBÉM TEM MEDO DE COELHOS HUMANOS HUMANOS COELHOS?!?!


--CORRE CARALHO


Após a pequena cena de desespero, decidiram ir para a sorveteria, com Soonyoung fazendo tudo para terem o melhor "encontro" e assim descobrir os sentimentos do Lee por si, se caso o mesmo não tivesse, fazer ele ter.

Fizeram seus pedidos e pegaram as casquinhas recheadas de Nutella por dentro, tudo as mil maravilhas

Mas devo dizer que o universo estava adorando dar rasteiras de dois pés em Kwon?

Na primeira lambida, o sorvete de Jihoon se desprendeu como se fosse estivesse em busca de liberdade e foi parar na camiseta de Kwon. Até aí tudo bem. Pegaram um sorvete novo para o baixinho e o maior mesmo com a camiseta suja, estava com um sorriso radiante. Estava um dia abafado, então decidiram sentar nas mesas do lado de fora.


--AA UMA POMBA CAGOU EM MIM


--PRECISO DE UMA FOTO DESSE MOMENTO NÃO SE MEXE SOONYOUNG


--NÃO FAZ ISSO


--A SE EU VOU FAZER ISSO


--Que vacilo


--Tarde de mais, falando em tarde eu tenho que ir, comecei a dar aulas de piano


--Wow para quem? -estava orgulhoso do Lee


--A Hyerin, sabe? A da nossa sala, tchau até mais.


Soonyoung queria chorar.


  Nota mental dele: Amassar, rasgar, picotar, tacar cloro, tacar fogo, incinerar, carbonizar, fazer seu cachorro fazer xixi e jogar no telhado do vizinho aquela camiseta cagada e cheirando a sorvete de baunilha azedo.




Notas Finais


Editar pelo celular é uma verdadeira luta, porém meu computador quebrou (por onde eu escrevia, o que me fez perder uns 5 capitulos dessa história) e me viro pelo celular, infelizmente né


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...