1. Spirit Fanfics >
  2. A Secret Love (One - Shot) >
  3. Capítulo único - Love letters...

História A Secret Love (One - Shot) - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Hi, Então estão bem? Espero que sim!

Minha primeira one - shot e ela vai ser de um ship que eu gosto muito!, Na vdd eu gosto de quase todos os shipes de bnha, mas eu prefiro os shipes yaoi!

Tá,mas voltando pra o que é importante aki, essa one é um pouco clichê? Ss
Romântica? Ss

Ou seja tudo o que eu gostaria de ver numa fic então espero que gostem!!👍

Capítulo 1 - Capítulo único - Love letters...



        °•|A Secret Love|•°


         ;Por Narradora

Bakugou estava voltando do colégio U.A, para passar o final de semana com seus pais. Ele caminhava lentamente pela calçada, perdido em seus pensamentos, assim que viu a entrada de sua casa, correu até lá, e entrou sem demora, tirando seus sapatos e dando um berro,logo quando pôs os pés na casa:

Bakugou- Ei, velha cheguei!!

Sua mãe, nem seu pai estavam em casa, bem, não é como se ele se importasse muito com isso. Ele correu para seu quarto, entrou no mesmo, e  trancou a porta rapidamente, foi até sua escrivaninha e colocou sua mochila sobre ela, abriu a mesma, e pôs uma de suas mãos dentro da mochila, e tirou de lá um caderno, mas não era um caderno comum ou como o de izuku, mas sim um diário! Sim um diário com os sentimentos do estressado dos olhos Carmesim.

Ele escreve nele todos os dias, colocando no papel, o que não consegue soltar em palavras, esse diário guarda os seus maiores segredos.

Bakugou- Pareço uma menininha apaixonada com isso!

Havia grandes verdades nas palavras ditas pelo loiro, ele estava totalmente apaixonado. Sim, Katsuki Bakugou foi alvo de um cupido infeliz, era assim que ele o chamava, algumas pessoas podem dizer que é quase impossível, alguém tão orgulhoso, frio e arrogante amar, mas essas pessoas não sabem nem a metade do que está acontecendo com o coraçãozinho do loiro.

Ele puxa uma cadeira pra perto de sua escrivaninha, e se senta nela, com o seu     ante-braço esquerdo, ele empurra sua mochila pro chão, abre seu diário em uma folha aleatória, pega um lápis que estava em sua escrivaninha que quase foi ao chão junto com sua mochila, e põem se a escrever. Em tardes refrescantes como está, o loiro escrevia cartas para seu amor platônico.


" Não sei como, conseguiu chamar tanto a minha atenção, porra eu não sou como as outras pessoas, que só de você sorrir pra elas, se simpatizam com você. Mas você conseguiu tomar todos os meus pensamentos para si, esse sentimento que você plantou no meu peito, é horrível, mais ao mesmo tempo é fodidamente bom. Eu não sei, se o que sinto por você é recíproco, mas que se foda, eu só quero que saiba que eu te amo meio a meio idiota!

Katsuki Baku             "


O loiro estava prestes a terminar de escrever seu nome, quando reparou no que tinha acabado de escrever, ele não se reconhecia mais, aquele amor havia o mudado por inteiro, e aquilo o irritava profundamente. Arrancou a folha a onde havia escrito sua carta do diário, a amassou, e logo depois lançou aquela "bolinha de papel" em um cesto de lixo que ficava perto de sua escrivaninha. 

Naquele momento Katsuki queria que aquela "bolinha de papel" fosse seus sentimentos pelo bicolor para que pudesse descartar aquilo do seu coração.

Bakugou se levantou da cadeira, e foi para sua cama, onde se jogou na mesma, para ficar mais um pouco perdido em seus pensamentos.

Bakugou- Por quê eu ainda não me confessei pra ele?- Murmurava o loiro afundando sua cabeça em seu travesseiro.

Katsuki sempre se fazia a mesma pergunta, depois de jogar no lixo suas cartas destinadas ao bicolor, isso era como uma tradição ou um costume dele. Mas ele já sabia a resposta da pergunta que fazia a si mesmo, ele não se confessava, por quê tinha medo! Sim um medo enorme que podia o devorar. Ele tinha medo de não ser recíproco e que seus sentimentos fossem desprezados pelo pavê, mesmo a chance de isso acontecer sendo mínima, ele nunca tirava isso da cabeça. Talvez, algum dia... O loiro vá se confessar ao seu amado pavê!

Bakugou- Talvez, eu faça isso algum dia..... Ou ligue pra ele amanhã!









End                  



Notas Finais


Então, gostaram?

Se quiser deixar opiniões construtivas sobre meu modo de escrita, ficarei grata!!!

Eu farei mais one - shots, então coloca o shipe que você quer ver na próxima...

Bem, obg por lerem (ʃƪ^3^)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...