1. Spirit Fanfics >
  2. A Secretária >
  3. Um milagre para Sakura Haruno

História A Secretária - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura<3

Capítulo 1 - Um milagre para Sakura Haruno


     ~ um milagre para Sakura Haruno~

Desempregada sim, encalhada sim, desastrada também mas o  importante é ter olhos verdes, não é?

É tão difícil ser linda e burra vocês não tem idéia, não era para mim ser burra já que tirei o loiro dos meus cabelos mais nem pintando os cabelos de rosa escapei dessa maldição.

Porcaria.

Levantei da cama meio desengonçada, era tanto cobertor que mal conseguia me mover,por que eu tinha que ser tão friorenta?

Antes que eu conseguisse me livrar de todos aqueles cobertores ouvi a voz de Ino me chamando.

— TESTUDA ACORDA! — com certeza aquela porca tinha acordado o prédio todo.

— Calma Ino - resmungei abrindo a porta e como sempre Ino entrou igual um furacão.

— Que vergonha Sakura, já é meio dia e você ainda estava dormindo? — olha quem fala,essa ai dorme mais que um urso.

— Para seu juízo eu não estava dormindo — mentira se não fosse Ino gritando que nem uma vaca na porta eu dormiria até as duas da tarde.

— Essa baba escorrendo ai é o que? — apontou para o canto da minha boca.

— Droga — resmunguei tirando a baba seca — o que veio fazer aqui tão cedo? 

— Vim salvar seu dia — sorriu me mostrando alguns cartões — vamos as compras  gritou histérica.

— Ino você sabe muito bem que eu não sei o que é dinheiro a dois meses — estou lascada,sem um namorado tudo bem mas agora sem emprego?assim não dá.

— Relaxa testuda eu pago suas coisas, depois você me devolve o dinheiro — me deu uma piscadela

— O problema é que eu não sei se vai ter depois — falei sem ânimo, não tem solução já era o vigésimo quinto emprego que eu era demitida o jeito e viver embaixo da ponte,pelo menos lá não cobram aluguel.

— Nossa quanta negatividade — gesticulou as mãos nos ares —  você ainda vai achar um emprego que goste só basta procurar.

— Posso trabalhar na floricultura da sua mãe?

— Nem pensar,desse seu jeito destrambelhado?coitada das flores vão todas murchar se depender de você — nem minha própria amiga quer me contratar.

Céus estou perdida.

— Se nem você minha melhor amiga quer me contratar, imagina outra pessoa — frustrada,é isso que eu estou agora 

— A para de drama Sakura, eu tenho amor as flores você desse seu jeito tão descuidado ia matar todas elas e falir meu emprego — revirou os olhos —  agora chega de tristeza e vamos as compras — me puxou pelo braço até meu quarto.

— O que quer aqui?

— Quero que se arrume, já disse vamos as compras — como conto para minha melhor amiga que não tenho nenhum centavo e não tenho como pagá-la depois?

— Ino eu já disse...

— Cala boca Sakura — nossa grossa — se arruma logo antes que eu perca minha pouquíssima paciência e te arraste assim mesmo — olhou com desdém para meu pijama de unicórnios.

— Não ouse falar do meu pijama — ameaçei a loira, ninguém fala dos meus pijamas estilosos,hum.

                         """"

— Testuda olha só esse vestido — Ino estendeu um vestido vermelho vinho em minha direção,ele realmente era lindo porém caríssimo

— Meu sensor de pobre está apitando,algo me diz que é caríssimo — peguei o vestido de suas mãos e devolvi a arara de vestidos.

— Chata — pegou o vestido devolta —  ele não é caro,custa apenas 600 — arregalei os olhos tomando o vestido das mãos da loira.

— Ótimo,vou levá-lo.

— Mudou de idéia tão rápido, viu ele nem é tão caro — sorriu vitoriosa — vai usá-lo quando?

— Não vou usá-lo vou vendê-lo,com o preço desse vestido eu pago meu aluguel e ainda compro chocolate — sorri para o vestido.

Ele era minha salvação.

— Você ficou maluca? você não vai vendê-lo! — puxou o vestido das minhas mãos,que sem educação.

— Claro que vou — puxei denovo.

— Nem por cima do meu cadáver Sakura — puxou novamente e assim que a loira puxou ouvimos um barulho de tecido rasgando.

Olhamos para o vestido e diferente de antes agora ele estava partido ao meio

— Olha só - peguei o vestido das mãos de Ino — que tal deixarmos ele aqui e irmos embora, hein? — sorri amarelo para Ino,a porca tinha os olhos arregalados.

— Ei vocês duas,podem vir pagar esse vestido — uma mulher de cabelos castanhos veio em nossa direção.

— Nem ferrando que vou pagar, não usei — Ino resmungou.

— Porca no três a gente corre — foquei meu olhar na mulher que vinha desfilando em nossa direção — um...dois...

— Três! - Ino me puxou correndo em direção a saida da loja.

— Voltem aqui! seguranças! - a mulher começou a gritar mas eu e Ino como o flash que somos já estávamos longe.

Se escondemos em outra loja,era uma loja chique que nem a outra,era tão chique que até o ar era diferente.

— Morri — Ino apoiava as mãos no joelhos tentando normalizar a respiração 

— Morremos — me apoiei na parede da loja, nunca tinha corrido tanto como agora.

— Ele era tão lindo — é eu também achava,ele iria me tirar do fundo do poço.

— Ele ia pagar minhas contas — lamentei.

— Vamos sair daqui antes que aqueles parasitas de preto nos achem — saímos de fininho do shopping, parecíamos duas fugitivas me senti em uma filme de ação.

Que empolgante.

                         "”""

Caminhavamos até meu apartamento, estávamos mortas só com aquela corrida emagreci três quilos.

— Testuda aquilo ali não é seus pijamas horríveis? — apontou para a calçada 

— Puta que pariu — e novamente tive que correr.

Entrei no prédio correndo desesperada.

— Senhorita Haruno...

— Eu sei, eu sei - gritei subindo as escadas,nem sequer lembrei da existência do elevador.

Cheguei  tarde de mais,droga.

- O que pensam que estão fazendo? — olhei horrízada para os homens que tacavam minhas coisas pela janelas — ei esse vaso custa caro! — protestei

— Haruno — ouvi a voz da velha senhora atrás de mim.Velha desgramenta

Senhora Chiyo o que eles estão fazendo?

— Você está sendo despejada Sakura — disse na maior calma

— O QUE? — corri até a janela — não, não,para!  — gritei pros brutas montes que jogavam minhas coisas.

Feios.

— Senhora  Chiyo me dá mais um mês, por favor eu juro que pago todos os meses acumulados.

— Não Sakura,é o terceiro mês que você me fala isso. 

— Eu pago! — Ino chegou como um anjo — quanto tá o aluguel?

— Dois mil — a velha disse antes de mim

— Ata,pode continuar jogando as coisas então — pra que inimigos quando se tem Ino como amiga.

— Porca! 

— Eu tava brincando—revirou os olhos — eu pago.

— Parem de atacar as coisas da garota— suspirei aliviada.

— Olha a gente acerta esse aluguel amanhã Ino — a velha passou com seus bruta montes atrás dela indo embora

— E quem é que vai pegar aquelas coisas ali embaixo?

— Você! — ouvi a voz da velha

Desgramenta.

— Minha sogra vai me matar — Ino era nora se Chiyo,por incrível que pareça elas se davam bem, mesmo a velha sendo um diabo solto.

— Um dia eu te pago — sorri amarelo

— É,isso é bom — sorriu —não se preocupa   com isso ,depois  a  gente se resolve — me deu uma piscadela

— Prometo que amanhã vou atrás de um emprego — sentei no sofá preto — agora eu tenho que ir buscar minhas coisas lá embaixo

— Então amanhã a gente se vê testuda — Ino se despediu saindo.Essa vaca não vai me ajudar,é isso mesmo?

                       """"

Exausta,cansada,fedida esse era meu estado depois de subir e descer mil vezes aquela porcaria de escada.

Sim, isso mesmo, eu disse escada, não deixaram eu ficar no elevador só por causa do meu mal cheiro e por causas das minhas coisas.

Eu nem estava tão fedida assim.

Me arrastei até o chuveiro,meu plano é tomar um banho delicioso, comer um miojo e dormir já que é a única coisa que não gasta dinheiro.

Depois de um banho bem tomado vesti meu pijama de ursinho, já que foi o único que não foi atacado para fora.Secava meu cabelo quando ouvi o celular tocar.

— Não tenho, não foi eu,passar bem — é sempre assim toda hora é uma empresa me cobrando

— Calma testuda sou eu — suspirei aliviada

— Porca — é muito amor mesmo, não faz nem duas horas que foi embora — o que foi?

— Achei um emprego para você! — disse animada.

É um milagre meu senhor? resolveu lembrar da sua pobre filha?


Notas Finais


boa noite pessoas <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...