História A Secretaria - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias 50 Tons de Cinza, The Vampire Diaries
Tags Delena
Visualizações 498
Palavras 747
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Mistério, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hey! Minhas lindas.
Esse é o último capítulo dessa história que eu vou sentir muitas saudades de escrever.
O próximo vai ser o epílogo e pronto.
Amo voçês!
Xoxo!♥♥

Capítulo 20 - O nascimento


Pov's: Elena

                         7 meses depois

Esses meses passaram voando, muita coisa mudou, eu vim morar com Damon, estamos mais felizes do que nunca. 

Muita coisa mudou, Katherine e Elijah estão noivos, assim como Klaus e Caroline. Jeremy e sua namorada Ana vieram morar aqui em New York, Jeremy está fazendo curso de artes. 

Eu já estou com 9 meses de gravidez o médico disse que eu posso entrar em trabalho de parto em qualquer hora ou dia, eu nunca estive tão feliz em minha vida. Damon foi a melhor coisa que aconteceu em minha vida, eu não me arrependo de ter perdido minha virgindade com ele, ele é o homem da minha vida, o amor da minha vida.

Sinto outro forte chute, confesso que venho sentindo essas contrações desde que eu acordei, eu não sei qual é o sexo do bebê, eu e Damon achamos melhor saber que surpresa. Eu e ele escolhemos os nomes, se for menina o nome vai ser Melanie e se for menino o nome vai ser Will. Eu adorei os nomes. 

-Amor? - Ouço a voz de Damon susurrando em meu ouvido- No que voçê tanto pensa? 

Me virei para ele e sorri. 

- Na vida...- Pausei- E como ter te conhecido mudou ela completamente. 

Beijei os lábios de Damon e ele colocou gentilmente sua mão na minha cintura enquanto a outra acariciava meu rosto. 

- Eu te amo!- Damon falou assim que paramos o beijo, sorri não importava o tanto de vezes que ele dissesse essas três palavras e o meu coração acelera. 

- Também te amo.- Respondi acariciando seu cabelo.

- Tá com fome? - Damon me olhou

-Sim- Falei rápido- Eu quero comer chocolate branco. 

Eu amo chocolate branco, eu tô para morrer de tanto comer, parece que meu bebê também gosta. 

- Vou pegar!- Damon me deu um celinho e foi em direção para a cozinha.

Logo ele voltou com uma barra que eu tomei de sua mão e ele riu.

(...)

Já se passava de 01:30 da madrugada e aquela dor forte continuava, me remexi novamente na cama e então sinto algo descendo entre minhas pernas. 

Ah meu Deus! 

 A bolsa estourou!

- Damon- Chacoalhei ele e nada- DAMON! - Gritei e ele acordou- Damon...A bolsa estourou. 

Damon demorou um tempo para processar o que eu disse então ele pareceu raciocinar e se levantou num pulo.

- Quê? Ah meu Deus! Respira Elena, vamos pro hospital- Ele começou a se vestir e colocar umas coisas numa maleta para levar para o hospital. 

Eu sentia uma dor enorme.

Nossa! 

Eu nunca imaginei que doía assim.

Damon me pega no colo e desçeu as escadas praticamente correndo. 

Damon me coloca dentro do carro às pressas e dirige em alta velocidade, enquanto fala coisas calmantes. 

- Ah...- Gemi de dor e ele me olhou preocupado. 

- Calma meu amor...Já estamos chegando. 

Depois de uns 10 minutos a gente chega no hospital e Damon começa a gritar. 

- ME AJUDA...MINHA MULHER TÁ TENDO O NOSSO FILHO. - Logo uns enfermeiros me pegam e perguntam se Damon quê assistir o parto, ele diz que sim mas antes ele tinha que fazer umas ligações. 

Os enfermeiros me levam para uma sala e logo desaparecem do meu campo de visão. 

- Como voçê se sente? - Só agora percebo que Damon está do meu lado, ele pega minha mão e aperta gentilmente. 

- Com dor...Dói- Susurrei. 

- Já vai passar. Eu prometo. Eu te amo Lena. 

- Eu também te amo! 

A minha médica Meredith logo chega no quarto com mais alguns enfermeiros e eles me vestem com a roupa de hospital. 

- Elena, eu quero que voçê respire fundo...- Respirei- Isso...agora quando a contração chegar quero que voçê faça força entedeu?- Assenti e logo sinto uma contratação faço força apertando a mão de Damon.- Isso Elena, com mais força- Faço mais força.

Logo veio outra e mais outra contração até que finalmente eu escuto aquele lindo chorinho de criança.

- É uma menina! - Damon grita- É UMA MENINA! NOSSA MENINHA LENA. NOSSA MEL. 

Damon me beija e sai gritando pelo hospital que nem um doido, mas logo volta. 

A enfermeira que foi limpar minha Melanie logo chega e me entrega e minhas lágrimas começam a cair, olho para o rosto de Damon que também está cheio de lágrimas ele vem para perto de mim e segura minha mão. 

- Nossa Mel- Falo e sorriu para Damon que retribui deixando um beijo na minha testa. - Eu te amo, Damon. 

- Também te amo, minha Elena


Notas Finais


O capítulo ficou pequeno.
Espero que tenham gostado.
Desculpem os erros.
Xoxo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...