História A Serviço de Hades - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Mitologia Grega
Personagens Personagens Originais
Tags Suspense
Visualizações 9
Palavras 1.096
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Fantasia, Luta, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas do Autor


Nesse capítulo conheçam
Licaão, segundo os gregos, foi a partir dele que surgiu a tão famosa lenda do lobisomem.

Capítulo 5 - Licaão, o ancestral do lobisomem


Fanfic / Fanfiction A Serviço de Hades - Capítulo 5 - Licaão, o ancestral do lobisomem

Oliver surge em Genebra, cidade a qual Hades o designou a ir, ele entra na cidade e observa que nada de estanho acontecia, nem criaturas disfarçadas se encontrará no momento. Uma moça estava cuidando das flores de sua casa, Oliver se aproxima para ver se obtém alguma informação:

- Será que eu poderia saber o nome da senhorita ? - Ela apenas o observa e não lhe diz nada, percebendo que ela não queria conversar ele resolve se apresentar como segunda tentativa - Eu me chamo Oliver, acabei de chegar a cidade, será que a senhorita não pode me Contar como são as coisas por aqui ? - Ela permanece em silêncio, mas desta vez corre para dentro de casa - Não estou cheirando mal ? Ou estou ? - Pensou consigo mesmo.

- Não se preocupe minha filha é assim mesmo! - disse um homem com um machado nas mãos ao se aproximar - A Diana é um pouco tímida, principalmente com estranhos.

- Entendo, a culpa deve ser minha mesmo, estava querendo saber de algo, acho que ela pensou que eu fosse fazer alguma coisa! - Disse Oliver.

- Então o que queria saber ?

- Nessa cidade tem acontecido algo estranho ?

- Você veio por isso então! Mais um interessado na recompensa - disse ficando irritado.

- Eu não sei de recompensa nenhuma, e nem quero saber, mas pelas suas palavras da para perceber que algo acontece por aqui, não estou certo ?

- Qual o seu nome ?

- Oliver Rilter!

- Eu me chamo Max, venha comigo para dentro.

Ambos entram na casa, ao entrar Max pede para sua filha lhe trazerem água. Oliver senta em uma cadeira na cozinha, e a sua frente fica Max.

- Você conhece o Licaão ?

- Não, o que seria ?

- Vou te contar a história dele, Licaão foi um rei na Arcádia muito querido pelo seu povo. Um fanático religioso que só pensava em adorar aos deuses. Contudo o fanatismo tomou conta desse ser e o rei tornou-se muito cruel. Não pensava em mais nada, a não ser em sacrificar pessoas inocentes e ofertá-la aos seres divinos. Isso fez com que ele perdesse a popularidade. Qualquer estrangeiro que chegasse à Arcádia era assassinado e oferecido aos deuses. Este fato era contra a lei da hospitalidade imposta por Zeus, deixando o deus supremo furioso. Licaão foi advertido, mas seu fanatismo era tão grande que ele não parou. Por isso, Zeus transformou-o em um lobo e o exilou para sempre das terras da Arcádia. E ele chegou em Genebra.

- Quer dizer então que ele se compara ao lobisomem ?

- São semelhantes, mas pode se dizer que Licaão é o original! - Disse Max.

Diana vinha ao encontro deles trazendo a água, mas ao ter ouvido o nome da besta, deixou cair no chão, ela pediu desculpas, seu pai foi ajudá-la, recolheu os copos e Max lhe fala para ir descansar, ela concorda e vai para seu quarto.

- Está tudo bem com ela ? - Pergunta Oliver.

- De certa forma sim - Disse Max com tristeza - Desde que sua mãe morreu em sua frente pelo Licaão, ela mudou, se fechou.

- Isso foi a muito tempo ?

- Já faz uma semana!

- Quando que essa besta chegou por aqui ?

- Já se faz um mês, sempre a meia - noite ele aparece.

- É bom saber, não se preocupe, matarei essa besta, ela não irá atormentar mais.

- Impossível, todos que tentaram falharam e morreram.

- Não se preocupe, eu não sou igual a essas pessoas, obrigado por me contar tudo.

- O que você irá fazer então? - disse Max.

- Esperarei até dar meia-noite, e esse bicho aparecer.

Oliver ficou na casa de Max, esperou a noite cair, o tempo foi passando até que soou meia-noite, Max deseja sorte para Oliver e vai ficar perto de sua filha, Oliver sai da casa e começa a chamar pela criatura, por um tempo ele assim ficou, até que pode-se ouvir gritos de homens, Oliver seguiu o som que levaria para uma floresta que ficava ao fundo da cidade, adentrando pela floresta ele encontrou pedaços de corpos espalhados por todo canto, realmente Licaão estava naquela floresta, Oliver grita pelo nome da besta para ver se ela estava por perto, mas quando menos se espera Diana estava atrás dele, totalmente nua.

- O que você está fazendo aqui Diana ? Cadê suas roupas ?

- Você não viu ao seu redor ? - Oliver Fica sem entender, mas logo percebe que a possibilidade de Diana ser um Licaão ou melhor dizendo, um lobisomem - Eu matei esses homens! - Disse ela calmamente.

- Mas como ? Você é a besta que assombra Genebra? 

- Sim eu sou!

- Mas e sua mãe... Você a matou ?

- Eu estava fazendo o que faço sempre até que ela apareceu, tive que mata-lá, ninguém que me viu conseguiu sobreviver, com ela não seria diferente. 

Oliver olhava claramente em seus olhos, pois a luz que a lua resplandecia  lhe ajudava a ver, e viu a frieza em seus olhos castalhos. - E seu pai ? - Perguntou Oliver - Aonde ele está?

- O matei também lá em casa se não ele não me deixaria sair, durmo sempre com uma faca então foi fácil.

- Você é idiota, matou sua própria família!!! - falou Oliver irritado.

- Não me importo! - Disse ela - Me lembro bem você dizendo que iria me matar, que você era diferente, eu quero ver se suas palavras são verdadeiras - após essas palavras, seu corpo começou a se encher de pelos, suas mão tinham garras, sua boca dentes afiados, ela se transformou, Oliver já segurava sua espada, mas não atacou, ele se segurou, porém ela não, foi para cima com muita violência, Oliver consegue se desviar e sai correndo, atrás dele vinha à lobisomem que logo lhe alcançaria, então Oliver resolveu lutar sério, pois antes ele ainda tinha piedade sobre a vica dela, mas isso passou e se tornou ódio, virou de volta e correu em direção da besta, os dois se chocaram e espada ficou clavada na barriga da fera, ela o retirou e jogou para o lado, Oliver foi para cima empurrou ao chão pegou a espada novamente, mas ela se levantou rapidamente e lhe acertou com as garras que o feriu, mas curado logo ele ficou, menos sua roupa que rasgada continuaram, ele conseguia derrota-la, pois não sabia seu ponto fraco, até que ouviu se um tiro de espingarda que atravessou a cabeça da besta que foi ao chão.  Oliver fica sem entender,  mas logo surge um pequeno grupo de três pessoas, com armas na mão e apontaram para Oliver.



Notas Finais


Quem será esse grupo misterioso ? Descubram no próximo capítulo, favoritem para não perder nada. Pessoal pesso que deixem suas opiniões nos comentários para eu saber se vocês estão gostando, ok. Amanhã novo capítulo.😉


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...