História A Sobrinha (Imagine Suga - BTS) - Capítulo 34


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Amor, Bangtan Boys, Bts, Família, Hentai, Imagine, Incesto, Min Yoongi, Romance, Suga, Você
Visualizações 965
Palavras 1.788
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello
Gente, eu tava no tédio aí comecei a escrever... Não gostei muito do capítulo, mas é isso msm
Espero que gostem :')

Capítulo 34 - Outro


S/N 

A hora parecia não passar. Eu não conseguia prestar atenção na aulas, ficava simplesmente olhando o relógio ou a janela e a professora de química parecia falar grego. 

Todos os meus pensamentos eram direcionados a Yoongi. Eu até pensava em outras coisas, mas no fim ligava a ele. Apesar da termos brigado ontem conseguimos nos entender, e meu tio terminou por dormir comigo de novo. A sensação de poder acordar ao lado dele é ótima, e agora eu só queria estar com ele. 

Pra mim eu estou me apegando muito rápido, é como se já fosse dependente dele. Mas fico pensando que talvez ele não esteja assim, talvez ele mal pense em mim, não sei... Minha mente me tortura às vezes. Mas ele está tentando mudar por mim, eu não vejo isso apenas em palavras, mas em ações também. Ontem foi a primeira vez que o ouvi falar a palavra "desculpa". 

Bom, o estranho é que meu amigo veio me ver, de tão longe, e parece que eu nem estou dando muita atenção. Por isso ficar mexendo comigo mandei mensagem pra ele hoje e ele disse que vai na minha casa, passar a tarde inteira. 

Ao bater o sinal indicando o término da aula levantei da minha carteira pegando meu material.

-S/N? - virei o rosto vendo Jimin ao meu lado 

-O-Oi Jimin. - sorri fraco, mas ele não retribuiu 

-Como você tá? - vi os alunos deixarem a sala ficando apenas eu e ele 

-Bem, e você? - olhei em seus olhos 

-Hm... Nem tanto. - desviou o olhar - O que vai fazer hoje a tarde? 

-"Nem tanto?"Por que? - franzi o cenho 

-Não é nada demais, nada com que você deva se preocupar. - sorriu fraco - Mas, você ainda não respondeu minha pergunta... 

-Ah, a tarde eu e Tae vamos ver uns filmes acho, ou dar uma volta na cidade. - explico 

-Entendi. - O clima entre nós estava ruim, estranho, mas o pior é que eu sei que isso tudo é por minha culpa.

-Você podia ir também, afinal nos nem temos saído muito.

-Acho que não vai dar, eu tenho que sair com minha mãe hoje, dentista. 

-Ok, mas se você puder ir me avisa. - ele assentiu - Já vou indo. - foi automático, eu não sabia o que fazer então decide fugir daquela conversa.

-Está bem, eu vou pegar uns livros na biblioteca. - e então seguimos direções diferentes

(...)

Coloquei minha playlist de músicas favoritas e entrei no banho. Tentava cantar algumas enquanto deixava a água cair sobre meu corpo. Vi o boxe do banheiro ser aberto e Yoongi entrar por ali. Peguei minha toalha e tentei cobrir me corpo enquanto esperava uma explicação para ele estar ali. 

-Y-Yoongi, o que está fazendo? - vejo ele descer os olhos por meu corpo 

-Vim tomar banho com você. - dito isso ele já foi tirando sua roupa

-Que? Não era pra você estar trabalhando? - pergunto vendo ele aproximar-se de mim e me empurrar até a parede 

-Sim, mas estou de folga hoje. - explica me beijando - Trabalhei só durante a manhã e resolvi tirar a tarde pra ficar com você. - distribuiu alguns chupões no meu pescoço 

-O problema é que eu vou ficar ocupada hoje a tarde. - disse entre suspiros. Ele ligou o chuveiro atrás de nós dois de maneira que a água caísse em nós ao mesmo tempo

-O que? Por que? - disse tirando logo a toalha de perto do meu corpo me expondo a ele

-Tae vai vir aqui e acho que vamos sair. - levei minhas mãos até sua nuca e o beijei intensamente

-Justamente hoje? Queria que a tarde fosse toda nossa... - fala ao separar de mim, estávamos ofegantes - Daí iríamos ficar aqui no banho por horas, mas se você quisesse eu poderia te foder em outros lugares também. - diz tirando um risinho de mim - Ou se você preferisse podíamos sair mesmo. - levanta minha perna de modo que consegui ficar em seu colo 

-Eu queria mesmo. - passei minhas mãos por seu abdômen - Mas é que eu não posso mesmo desmarcar, porque o Tae veio justamente pra ficar comigo e sinto não estou dando a ele a atenção necessária. - explico 

-Tudo bem - suspirou - Mas que horas ele vem? - pergunta passando a mão em meu corpo e o apertando. Yoongi passou então a chupar meu seio e eu ainda estava em seu colo 

-Não sei, não marcamos a hora. Mas deve estar quase chegando. - explico. Arfo quando ele morde a ponta do meu seio. Tentei me segurar na parede, colocava as mãos nos ombros dele e jogava minha cabeça para trás.  

-Bom, vamos aproveitar enquanto ele ainda não chega. - sorri malicioso. Yoongi desligou o chuveiro e me levou até a bancada onde ficava alguns produtos de cabelo. Ele tirou as coisas e me colocou ali sentada. 

-Sim, quero aproveitar o máximo possível com você. - sorri de canto olhando fixamente em seus olhos 

-Se você falar assim eu vou fazer questão de ficar muitas vezes em casa só pra comer você muitas vezes. - mordeu o lábio. 

Sorri com seu comentário e logo senti ele me penetrar. Ele segura minha cintura e passa a se movimentar mais rápido. E enquanto fazia isso deixou sua cabeça enterrada na curvatura do meu pescoço. Novamente entrelacei minhas pernas em sua cintura ouvindo ele sussurrar coisas sujas em meu ouvido e por algumas vezes gemer meu nome. Tê-lo dentro de mim é uma sensação incrível.

Mais alguns segundos depois sinto seu líquido me preencher. Yoongi se retirou de dento de mim e me deu um selinho rápido enquanto regulávamos nossa respiração.   

Yoongi

Os gemidos dele eram como música pra mim. Música de qualidade. 

As gotas de água caindo sobre seu corpo nu me deixava ainda mais louco para tê-la novamente. 

Abri suas pernas novamente, eu queria sentir seu gosto. Passei então a chupar ae clitóris e a penetrar com dois dedos sem prévio aviso. S/N arqueou as costas e por vezes rebolava contra minha boca me fazendo ter maior controle sobre o que fazia. Tirei meus dedos de dentro dela e lambi toda sua intimidade, logo em seguida a penetrei com a língua. Ela puxa meus cabelos e volta a gemer alto. Ao sentir que ela estava prestes a gozar parei o que fazia e voltei a colocar dois dedos fazendo movimentos acelerados e rápidos. S/N molhou meus dedos e seu gozo escorreu por minha mão, levei até a boca e os chupei. 

Beijei ela de novo de maneira calorosa e cheia de sentimentos. 

Ouvimos o som da campainha ecoar por toda a casa. 

-É o Tae. - ela diz meio assustada 

-Você deveria ignorá-lo. - desviou o olhar e beijou meu pescoço. 

-Preciso ir Yoongi. - me afastei dele é peguei a toalha me cobrindo 

Procurei por uma roupa qualquer e a vesti rápido logo indo até a porta e deixando Yoongi em meu quarto.

Abri a porta e dei de cara com Taehyung lá mexendo no celular.

-Nossa, você demorou pra me atender. - diz entrando em casa 

-Desculpa, eu estava tomando banho. - explico 

-Tudo bem - sorriu de canto - Está sozinha? - pergunta calmamente olha do ao redor 

-Não, meu tio está lá em cima. - explico vendo-o sentar no sofá 

-Vamos sair? Poderíamos ir no shopping não é? 

-Pode ser. - peguei meu celular perto da televisão - Só vou avisar meu tio. - ele concordou e eu logo subi as escadas

Abri a porta do meu quarto, Yoongi ainda estava lá. 

-Me deixa assim sozinho... - ele puxa meu braço e me trás para perto de si - E meu desejo por você ainda não acabou. - umedeceu os lábios 

-Eu vou no shopping, mas acho que não vou demorar. - explico mudando de assunto. Eu sabia que se dese espaço para ele teríamos outra transa 

-Certo. - assentiu, ele não parecia muito contente 

Voltei até a sala e encarei meu amigo ali.

-Já podemos ir. - sorri 

Ele levantou e foi em direção a porta, eu o segui e saímos caminhando pela calçada da mansão. 

-E aí, como você está? 

-Bem. - assenti - E você? - sorri de canto

-Estou bem, obrigada. Mas pra mim você não parece muito bem... 

-Por que? - ele demorou um pouco para me responder 

-Está meio assustada, parece estar escondendo algo. - diz sem me olhar 

-N-Não - ri fraco 

-É sério S/N. Eu te conheço a muito tempo, sei quando algo está errado. Por que não admite logo? Não confia mais em mim? 

-Confio sim, mas eu não estou escondendo nada...

-Olha nos meus olhos - parou de caminhar e se virou para mim - E diz que não está escondendo nada. - levantou meu queixo fazendo-me olhar para ele

Tentei, mas foi difícil. Acabei desviando o olhar 

-Viu só. - ele ri - Eu serei um detetive S/N... 

Por uns minutos o silêncio predominou. 

-Tae, vou te falar a verdade... Está acontecendo muita coisa na minha vida, e é tudo muito complicado. Tenho até medo de sua reação. - suspirei. Me mantive seria desde então.

-Não se preocupe com minha reação, eu só quero te ajudar. Pode me contar tudo. - explica 

-Bem, digamos que eu ame outra pessoa além do Jimin. Sabe, eu sinto que não o amo como ele merece. - ele me ouviu com calma e parecia realmente querer entender tudo - Eu já amava esse outro antes de iniciar meu relacionamento com Jimin, mas não podia, ainda não posso. E por isso tentei namorar com ele para tentar esquecê-lo. Jimin sempre foi tão bom comigo, é fofo, romântico, inteligente, amável, ele seria o namorado perfeito. E quando ele disse que me amava eu não conseguia dizer o contrário, eu concordei. 

-Eu realmente senti que não existia algo muito forte entre vocês dois... - suspirou 

-E acontece que o amor que eu sinto por o outro não passou ainda, eu não consegui esquecê-lo. Pelo contrário, com o tempo eu só o estou amando cada vez mais. E acabou que ele começou a corresponder meus sentimentos também, apesar de ele ser bem complicado estamos começando a nos entender. Ele é diferente do Jimin, eu sinto que o amo mesmo, mas não posso simplesmente terminar com o Jimin.

-Mas... Você não pode continuar um relacionamento onde você não se sente bem. Seria ruim para você, e para ele também. Vai ser difícil, mas você tem que falar isso pra ele.

-Eu sei, estou tentando encontrar alguma maneira para isso.

-Eu vou te ajudar. Prometo.

-Obrigada Tae. - o abracei forte. Só ele pra me ouvir e tentar entender sem julgar 

-Mas me diz, quem seria esse outro por quem você está apaixonada? 

-Yoongi... - respondi vendo-o arregalar os olhos   


Notas Finais


Tbm não gostei de ter colocado essa rápida cena de sexo. Na verdade, nem era pra ter... Mas se fosse eu e a pessoa que eu gosto, e se estivéssemos apaixonados... Eu teria feito, então kkk

Espero que tenham gostado do capítulo :')

Agora você escutar MC Lan (não me julguem kkk escuto funk pra não chorar ;-;)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...