História A sorte ( jisung Park ) - Capítulo 21


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7, Monsta X, Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Chen, Chenle, D.O, Doyoung, Haechan, Hyung Won, I'M, Jackson, Jaehyun, Jaemin, JB, Jeno, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jinyoung, Jisung, Johnny, Joo Heon, Jung Hoseok (J-Hope), Jungwoo, Kai, Ki Hyun, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Kun, Lucas, Mark, Mark, Min Hyuk, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, RenJun, Sehun, Show Nu, Suho, Taeil, Taeyong, Ten, Winwin, Won Ho, Xiumin, Youngjae, Yugyeom, Yuta
Visualizações 115
Palavras 1.428
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Hentai, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


AVISO ⚠️ ESSE CAPÍTULO CONTÉM HOT PESADÃO 🔞🔞 RECOMENDO VC QUE NÃO GOSTE NÃO LEIA.

Capítulo 21 - Fácil assim!


Fanfic / Fanfiction A sorte ( jisung Park ) - Capítulo 21 - Fácil assim!

O beijo tava ficando cada vez mais necessitado. Eu sabia no que ia dar eu disse. 

- jisung acho melhor a gente parar. 

Jisung- relaxa, eu tenho a sã consciência que não está hora pra isso, mais quem disse que a gente não pode brincar?! 

- aí já é outra versão.

eu logo subo sem sua barriga e ele se ajeita ficando sentado e eu em cima dele (  Eu-eu sou muito safada)

Jisung- vai brincar de cavalgar no seu cavalinho? 

- não sei... acho que meu cavalo é muito novo, não vai aguentar cavalgar agora. 

Jisung- vc está me desafiando?? 

Meu cheguei próximo do seu ouvi e sussurrei... 

- talvez. 

Meu rebolava em seu membro coberto. 

Jisung- awn... não faça isso se não quiser que eu te foda dona s/n. 

Ele deu um tapa em minha bunda fazendo de morder os lábios de dor.  

Escutar o jisung gemer baixo era tipo asmr pra mim... só que ao vivo. 

Aos pouco ele tirou meu moletom. 

Jisung- está sem sutiã, facilitou meu trabalho. 

Sem muito enrolar ele passa a língua sobre eles. Com um movimento rápido ele inverte as posições fazendo o mesmo ficar em cima de mim. 

Ele prendeu meu pulsos com suas mãos e atacou meus lábios. Logo depois ele desce pro meu pescoço, dando chupões e mordidas.

- cuidado, vc pode deixar marca. 

Jisung- essa é a ideia. 

Ele desceu mais até chegar nem meus peitos, onde o mesmo brincava com cada um da maneira mais prazerosa possível, sua língua quente em contado com minha pele gelada me fazia arrepiar toda.  

Ele vai descendo com a língua pela minha barriga e para na minha INTIMIDADE. 

Ele deixa um beijo molhado em cima da minha calcinha e depois atira. 

Jisung- tente não gemer, os hyung podem acordar. 

Eu apenas concordei e ele começou a me estimular lentamente. Eu via o olhar de satisfação dele me vendo contorcer toda por ele. 

Sem aviso ele penetra logo os dois dedos, me fazendo gemer seu nome. Como ele sabia que eu não ia aguentar ele subiu e começou a me beijar e a me penetrar com os dedos ao mesmo tempo. 

Ao meio do beijo ele disse... 

Jisung- amor tente não gemer tão alto, por mais que eu adore ouvir vc gemendo tente não gemer alto. 

- o...oppa! 

Jisung- diga. 

- quero vc dentro de mim agora. 

Jisung- vc tem certeza? 

- absoluta, por favor. 

Ele sorri tira sua calça e vai até a sua mesa do computador e pega um preservativo. 

- desde quando vc tinha isso aqui ? 

Jisung- o ten hyung  que me deu semana passada e disse “ use, é bom” então eu trouxe pra cá.

- Deus é mais. 

Soltei uma risada. 

Jisung- quer me ajudar a colocar?

Ajudei ele a colocar o preservativo é me deitei de novo. 

Jisung- me de sua mão, se dure aperte bem forte não quero te machucar ok? 

Acenei com a cabeça. 

Ele entrelaça nossas mãos e com muito cuidado ele me penetra lentamente. Por conta da dor eu deixo uma lágrima cair e aperto forte sua mão. 

Jisung- calma princesa vai passar, ok? 

Ele seca minhas lágrimas e me da um beijo. Com o tempo eu me acostumo e peço pra ele se movimentar. 

- uaa, se eu soubesse que isso era tão gostoso  assim teria feito na primeira vez. Pode ir mais rápido ? 

Ele concorda  e começa e se movimentar rápido. O quarto estáva com um cheiro muito forte. Só escutava nossos gemidos e nossas respiração, às vezes eu colocava as mãos no meu rosto. 

Jisung- n faça isso, por favor vc está estragando minha visão. 

Eu me recusei atirar. E logo ele sussurra no meu ouvido... 

Jisung- vc é muito linda, é muito gostosa vc sabe bem que eu acho isso de vc, agora não vai tirar meu trazer de ver vc gozar comigo dentro de vc. 

Ele diz tirando minhas mãos do meu rosto. 

Eu estava com a respiração ofegante e vermelha que nem uma pimenta. 

Jisung- prefiro assim. 

Ele me da um selinho e acelera nos movimentos fazendo eu gozar n seu membro. 

Jisung- awnn, aguente só mais um pouco meu amor, estou quase lá. 

Logo que ele diz isso ele chega ao seu limites. Ele sai de dentro de mim e vai lá no banheiro jogar a camisinha fora e e volta pra cama, ele pega um lenço e nos cobre. Ele coloca meu braço por de baixo da minha cabeça fazendo eu me deitar eu sei peito. 

- será que devo tomar pirula do dia seguinte? 

Jisung- não sei, acho que não mais se vc quiser que amanhã antes de ir pra escola eu compre pra vc, eu compro. 

- ok, obrigada por tornar minha primeira vez maravilhosa. 

Jisung- eu te amo, só isso já basta.  

Eu o abraço e sussurro... 

- também te amo oppa. 

Assim eu acabo pegando no sono. 

No dia seguinte foi minha rotina de sempre, antes de irmos pra escola o jisung passou na farmácia e comprou o remédio pra mim e eu já tomei logo em seguida. 

Lanna- que remédio é esse ? 

- dor de cabeça, acordei com uma dor infernal hoje. 

Anallu- sei. 

Eu guardei o remédio não bolsa do jisung, pra ninguém ousar a mexer. 

Beca- s/n, o que é isso no seu pescoço? 

- o que ?? 

Beca me entrega um espelho e tinha dois roxos no meu pescoço. O jisung olhou pra mim com olhar de “ desculpa” 

- Lanna me empresta sua base e pó, por favor ? 

Ele me empresta e eu dou um jeito e consigo sumir com os roxos. 

- obrigada. 

Jaemin- a noite foi boa em!!! 

Jeno- não quero ser tio, por favor já basta a Anallú pra me atentar. 

Anau- vai a merda Jeno hyung. 

Jisung- a gente não fez nada. 

haechen- não é o que o pescoço da nossa jagi nos diz. 

- já chega desse assunto. 

Chegando na escola eu e o jisung nossos só amigos. Não pode passar disso fora de casa. 

Sigo meu caminho pra sala e todo mundo me comprimentava e tals. Cheguei na sala toda contente até a professora passar prova surpresa. 

Eu tava ferrada, essas procas surpresa são muito boas pra ganhar ponto. 

Segurei na mão de Deus é fui, ela minha visão fui bem manda prova. O sinal bateu e eu fui pro refeitório procurar os meninos, eu sentei na mesa já fora de mim. 

- vcs também tiveram prova surpresa ? 

Tds- sim. 

Lanna- tava fácil.

- claro que tava fácil vc tá no sétimo ano. 

Nessa hora eu me descabelei toda. 

Jisung- jagi... seu cabelo tá meio bagunçado. 

Ele disse tentado arrumar. 

Jeamin- a minha também não tava difícil, geralmente essas provas supresa são fácies. 

- o taeyong, vai me bater o ten vai tirar meu celular. 

Jisung- jagi não exagere, vc foi bem. 

- aaa oppa espero que sim. 

Ficamos conversando até dar o sinal. Voltamos cada um pra sua sala. 

Professora- bom gente eu já corrigi as provas e me surpreendi com uma pessoa em especial. S/n parabéns sua nota foi a mais alta. 

- que??? 

Professora- isso mesmo, vc alcançou a média alta, vem pegar sua prova. 

Meu me levantei e todo mundo aplaudi-o. 

Eu peguei minha prova e me surpreendi comigo mesma. 

O tempo passou e na saída os meninos estavam eufóricos. 

Jaemin- jagiiii, quanto vc tirou ? 

Lanna- minha nota foi boa. 

Anallú- a minha também. 

Jisung- eu nem estudei, tirei 7,5 

- tirei nota máxima. 

Jeno- eee haechan, ela tirou e vc não. 

Haechan- vc colou só pode. 

- pior que não, quanto vc tirou? 

Haechan- 8,0 

Emily- e não tá bom não ? 

Haechan- não, queria ter tiro nota máxima.  

Rayanne- que drama. 

- vamos gente, a van tá esperando a gente. 

Chegamos na empresa e os meninos estavam em fila e nosso ceo mais o chefe tava lá. Nos curvamos e seguimos a fila. 

Chefe- vim dar um aviso a vcs... vão estreia o nv nct life. 

Por um momento meu coração quase saiu pega boca. 

Taeyong- todos?  

Ceo- sim, já foram pro dormitório de vcs e colocaram câmeras em todos os quartos. 

Nessa hora eu e o jisung arregala os olhos. 

Chefe- então é isso, sejam vcs mesmo que da sucesso. 

Ele diz isso é sai. 

- e agora?? 

Taeyong- troca de lugar comigo, até acabar. Lá no quarto tem duas camas e só vc deitar em uma e pronto. 

-fácil assim? 

Lanna- vc queria que fosse difícil ? 

- naaaao. 

Mark- então resolvido.

 

 

 

continua....


Notas Finais


Desculpa qualquer erro de português e de escrita.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...