História A Staff do Wanna One (Imagine Wanna One) - Capítulo 34


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Neo Culture Technology (NCT), Wanna One
Personagens Daehwi, Guanlin, Jaehwan, Jeon Jungkook (Jungkook), Jihoon, Jinyoung, Jisung, Jung Hoseok (J-Hope), Kang Daniel, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lucas, Min Yoongi (Suga), Minhyun, Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Seongwoo, Sungwoon, Taeyong, Woojin
Tags Imagine Wanna One
Visualizações 89
Palavras 721
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiiiiiiiiiiiii
Boa leitura. ❤

Capítulo 34 - Acidente Capítulo 34


Fanfic / Fanfiction A Staff do Wanna One (Imagine Wanna One) - Capítulo 34 - Acidente Capítulo 34

Jihoon OFF

S/N ON

Chorei o dia inteiro, ainda não acreditava que aquilo aconteceu... E agora ? Terei que arrumar outro emprego ou voltarei para o Brasil.. Fui tirada dos meus pensamentos com meu celular tocando.

Ligação ON

- S/N ?

- Sim.

- Sou eu o manager do Wanna One. Os meninos queriam se despedir de vocês. Menos o Jihoon claro, vocês não podem mais se ver.

- Tudo bem quando ?

- Pode ser agora ?

- Sim, onde ?

- Venha para a empresa, não se preocupe eu já falei com o senhor Kim, você só não pode falar com o Jihoon.

- Tudo bem. Já estou indo.

- Ok. Tchau.

- Tchau.

Ligação OFF

Legal vou voltar para aquela empresa, affs. Fui até meu quarto e troquei de roupa, vesti uma calça jeans preta colada e uma blusa branca que mostra a barriga, e o meu all star preto. Chamei um táxi e fui até a empresa, cheguei na empresa e fui até a recepção, me mandaram para a sala de dança, talvez estivessem ensaiando. Bati na porta e logo alguém veio abrir...

- S/N!!! - Seong me abraça após abrir a porta.

- Oi Seong. - Retribui o abraço.

- Oi meninos.

- Oi S/N!!! - Todos menos Seong. Procurei por Jihoon, mas ele não estava lá mesmo. Abracei todos e ficamos conversando.

- E agora S/N como vai ser sua vida ? - Minhyun pergunta.

- Bom, se eu não arrumar outro emprego logo, terei que voltar para o Brasil... Não posso ficar aqui sem emprego... - Todos me olham surpresos.

- Como assim voltar para o Brasil ? - Seong pergunta preocupado.

- É que meu visto é temporário e se eu não estiver trabalhando eles vão me deportar para meu país natal.

- Isso não pode acontecer. Jihoon vai ficar muito mal. - Jisung comenta, o bem estar dos meninos o preocupa muito.

- Você tem que arrumar outro emprego logo. - Guanlin também comenta preocupado.

- Pode deixar, eu vou receber por esse mês ainda. Passarei o resto desse mês atrás de alguma coisa... Não se preocupem meninos eu vou ficar bem. Vou sentir muito a falta de vocês.

- Nós também, nós já tínhamos nos apegado muito a você. - Sung diz.

- Bom eu tenho que ir... Digam ao Jihoon que eu o amo muito e que é pra ele seguir sua vida. Ele conhecerá uma pessoa melhor que eu, que o senhor Kim aceite como sua namorada. E obrigado por tudo meninos, eu amo vocês. - Disse já derramando lágrimas. Todos me abraçam. (Imagina 10 meninos abraçando só 1 menina kkkkk que é isso)

- Pode deixar nós vamos falar. Nós também amamos você, espero nos vermos em breve. - Jisung diz, todos ali já se encontravam em lágrimas.

- Adeus meninos.

- Adeus S/N!!! - Todos respondem juntos. Saio dali com a visão distorcida, por causa de tantas lágrimas, não via ninguém que passasse na minha frente. Quando passei pelo corredor dos dormitórios uma porta se abriu mas não liguei. Parei quando ouvi alguém falando meu nome. Me virei e um sorriso surgiu.

- S/N!!! - Jihoon me chama.

- Jihoon. - Digo sorrindo, mas me sorriso se desmancha quando lembro de tudo.

- S/N não vá por favor.

- Meu amor eu tenho que ir. Siga o seu sonho, não o troque por ninguém. Se alguém nos ver não vai ser bom. Então é melhor eu ir...

- Espera. - Ele segura meu braço e me puxa para um beijo, ficamos lá por poucos minutos até a falta de ar se fazer presenteDepois ele me abraça.

- Jihoon, eu te amo nunca se esqueça. Mas você tem que seguir sua vida e eu também.

- Eu quero você na minha vida.

- Eu também, mas eu não quero ser o motivo do fim de sua carreira. Agora eu tenho que ir. Adeus Jihoon e nunca se esqueça, eu te amo. - Lhe dei outro abraço e um beijo.

- Eu te amo meu amor. - Saí dali chorando mais ainda. Não ligava pra nada, eu só queria sair de lá, ir pra um lugar bem longe. 

S/N OFF

Narradora ON

S/N saiu da empresa em lágrimas e não percebia nada a sua volta, atravessou a rua e o sinal estava aberto, um carro vinha em alta velocidade, ela não percebeu, o carro a atingiu. Todos correram para socorre-la, o homem que a atropelou chamou a ambulância. E os meninos do Wanna One ? Não sabiam de nada. Estavam ensaiando...






Notas Finais


Eita e agora ?
Até o próximo capítulo. Beijos. 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...