História A Struggle For Change - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts
Visualizações 17
Palavras 768
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá gente, trouxe mais um Cap pra vcs! ♡

Pra quem não sabe:
S/N: Seu Nome
S/S: Seu Sobrenome
N/C: Nome Completo

Boa leitura!

Capítulo 2 - Contratada?


 " Senhorita S/S - Jennie apareceu - sua vez."

Levantei- me de onde estava sentada e a segui por um curto corredor e pararmos em frente a uma grande porta cinza, a senhorita Jennie a abriu e fez sinal para que entrasse, assim fiz.

- Senhor Park, essa é a Senhorita S/N.

- Claro, sente-se - falou o homem de pele clara, cabelos escuros e trajava um terno preto - pode se retirar senhorita Kim - dito isso a mulher se retirou - podemos começar.

Eu estava nervosa não sabia o que dizer, engoli em seco e respirei fundo.

- Aqui está meu currículo, senhor - falei entregando a pasta a ele.

Ele deu uma olhada nos meus documentos e no meu currículo.

- Você faz 18 anos quando? - falou sem me encarar.

- Mês que vem...- meu Deus, será que por eu ser de menor não vou consegui ficar com o emprego? Agora estou mais nervosa ainda.

- Nunca trabalhou com nada?

- Eu ajudava meu avô na farmácia dele, mas não era bem um emprego - meu avô era dono de uma farmácia, mas ele se aposentou e vendeu o estabelecimento.

- Gosta de crianças?

- Sim, principalmente se forem daquelas bem carinhosas - falei soltando um sorriso de lado.

- Você pretende fazer faculdade?

- Sim.

- Dê que? Algo relacionado a crianças?

- Sim e não, eu pretendo fazer faculdade de enfermagem.

- Quando pretende começar?

- Já fui aprovada na Universidade e mês que vem eu ja começo.

Devolveu-me minha pasta com meus pertences e se levantou, finalmente me encarando.

- Ok então, terminamos - falou e eu me levantei também - Vamos.

O segui até a sala onde eu estava antes e sentei-me, ele falou alguma coisa para sua secretária, inaudível, e ela apenas assentiu.

- Então - Senhor Park começou - pelo que vi e ouvi, vocês todas são muito capacitadas ao cargo, mas só uma poderá ocupa-lo. Então, a babá escolhida foi a Senhorita S/S. Muito obrigado pela disponibilidade de todas vocês é estão dispensadas - terminando sua fala se retirou da sala.

Eu? Certeza? Eu fui a escolhida? Caramba eu não estava acreditando, as outras mulheres pareciam pareciam não ter gostado muito - afinal não foram escolhidas - mas já estava a se retirar.

- Senhorita S/N - Jennie veio até mim - me acompanhe por favor - assim fiz.

Voltamos ao escritório do Senhor Park e eu me encontrava sentada - de novo - frente a frente com ele.

- Então, a Senhorita trabalhará dás 7:00 da manhã, até o horário em que eu chegar em casa, as vezes chego cedo, as vezes não, depende do dia. Certo? - apenas assenti - Terá dias em que a Senhorita terá que dormir aqui, pois certos trabalhos meus eu necessito viajar. Certo? - assenti novamente.

- E em questão ao salário?

- Claro, a parte mais importante, Você receberá 336 430,323 ₩ - (autora: equivalente a R$1000) - e o valor irá subir conforme seu trabalho for bem feito. Certo?

- Sim Senhor, e quando eu irei começar?

- Depois de amanhã, tudo bem por você?

- Claro - falei sorrindo - algo mais?

- Sim, preciso que você assine esse contrato - falou me entregando um papel junto com uma caneta. Dei uma lida rápida para conferir e assinei, logo o devolvendo - Pronto, tudo resolvido - falou se levantando e eu o acompanhei - nos vemos depois de amanhã Senhorita S/N - falou me estendendo a mão.

- Até mais - falei apertando sua mão e logo saindo de sua sala e em seguida da casa. Chamei um táxi que não demorou muito a chegar, em questão de minutos já estava em casa.

Cheguei em casa fui para a cozinha comer alguma coisa pois não comi nada o dia todo, olhei o relógio na parede e já eram 15:17, deixei minha coisas em cima do balcão e fui até a geladeira, abrindo-a avistei um bolo cenoura com cobertura de chocolate, o peguei e o coloquei em cima do balcão logo pegando um prato e me servindo.

Terminei de comer, lavei as coisas que tinha sujado, peguei minhas coisas e subi para meu quarto, acho que meus avós tinham saído, pois não os vi em parte alguma.

 Como eatava cansada, tomei um banho bem relaxante e deitei-me para dormir.

Eu estou tão anciosa para começar a trabalhar... Como será que é o filho do Senhor Park? Será que é bonito igual a ele? Credo S/N, pare de pensar essas coisas! - me repreendi - logo pegando no sono.


Notas Finais


Obg por ler!
Se gostou favorita e comente oq achou!
Tchauzinho, até o próximo cap♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...