1. Spirit Fanfics >
  2. A Submissa >
  3. Castigada

História A Submissa - Capítulo 6


Escrita por:


Capítulo 6 - Castigada


Fanfic / Fanfiction A Submissa - Capítulo 6 - Castigada

Ele se foi e Rosa passou a noite ao meu lado cuidou dos vegões das minhas costas e sei que ele esteve na madrugada ouvi vozes e sentir o maldito cheiro.

Acordei Rosa tinha trago o café e cantava próximo a já ela e sorriu.

— Any,eu disse pra você não falar com ele quando tiver no quarto do castigo,porque falou?  Você

se esqueceu das regras,posso te falar de novo.

— Eu só queria sair deste lado da casa,lá do outro lado elas parecem ser felizes da pra ouvir elas cantarem e as risadas.

— Any,mais e tudo no tempo dele,ele decide a hora de você ser dele e como será, mais não pode direcionar uma palavra com ele e nem olhar o olho lembre-se disto.

Dias depois sai pro jardim com Rosa e corria pelo jardim e tinha pequeno cachorrinho,tem muitos pássaros e lindo levantei o vestido que cobria meus joelhos e pulava como criança,e começou a chover eu corria embaixo da chuva e amarrei o vestido deixando as minhas pernas aparecer e quando olhei na janela do casarão ele estava na janela,só vi seus cabelos escuros eu o provoquei me virei de costas e dancei comecei a cantar e Ucker se aproximou e me puxou pelo braço.

— Any entra ele mandou você entra por favor!

A minha vontade era da uma banana pra ele,que ódio corri muito pelo jardim de raiva ele me machucou por nada,vai pro inferno com suas regras.

Cheguei no meu quarto e Rosa já estava na minha espera,e tinha uma nova roupa pra usar na cama eu estava toda molhada porém muito feliz.

— Rosa o que ouve?

Ela me olhou nos olhos e começou a me ajuda a me trocar eu olhei que ela tinha sido castigada também.

— O que ele fez com você? Está calada.

— Ele quer te ver,porque você provoca minha filha.

Eu tomei um banho sorrir,não estava nem aí mais já que eu tinha que fazer vamos logo e quero sair deste quarto estou enjoada de ver as mesmas coisas me arrumei toda e ela me deu uma pequena calcinha preta com meia até os joelhos,ela me deu um beijo no rosto e descemos juntas até o quarto do castigo.

— Fica tranquila,não vai acontecer nada eu já passei por coisas pior.

Cheguei na porta e ela abriu e voltou sentou na pequena cadeira do lado de fora,eu estava anciosa pra ver seu rosto porque o cheiro era maravilhoso e Rosa entrou e me vendou de novo que ódio, e me colocou de joelho em algo macio,e sentir a minha capa cair e sua respiração ofegante ao meu ver nua ,ele me rodeou de novo e sentir ele me encosta as pontas dos dedos em meus seios e passou em minhas costas,e sobre os meus cabelos ele se aproximou ficou próximo e sentir sua mão pega a minha é colocou em seu pênis,eu segurei e ele me fez acaricia-lá e sentir ele crescer em minha mãos e puxou a minha cabeça e colocou na minha boca,e se mexia eu abri bem a boca e chupei como se estivesse comendo uma banana eu sempre gostei de lamber  banana,desci e subi a boca e lambia usei o pênis dele como eu chupava pirulito só ouviu os gemidos dele,me segurou pelos cabelos e fudia a minha boca me deixou excitada aquilo tudo eu segurei na boca e ajudei a segura com as mãos e movimentos rápido na minha boca sentir ele mais excitado e tremia sentir seu líquido em meus lábios e ele gemeu alto,me levantou e me colocou de joelho em algo bem macio e pegou meus braços e amarrou em algo de madeira e apoiou meu cotovelo em algo tipo almofadas

abriu as minhas pernas eu de quatro ele me bateu com algo que parecia uma cinta eu gritei ao sentir a primeira vez,a segunda vez que bateu eu gemi é desceu sua boca pelo meu corpo e ele lambia e enfia a língua na xoxota e os dedos só na porta não introduzia o dedo só brincava,eu não sei o que ele queria mais estava me deixando excitada com as brincadeiras ele passava a língua nas beiradas da minha xoxota e lambia sugou e mordia,sentir sua lingua na minha bunda e ele chupou tudo senti sua lingua no meu ců que cócegas ele e nojento demais,ele lambia e se movimentava o meu clitóris eu não aguentei e gozei ele chupou tudo não deixou escorrer e saiu,Rosa me levou de volta ao quarto eu estava mexida com tudo isto é novo pra mim,me troquei e fiquei na janela vendo a noite naquele lugar batia os barulhos das ondas nos muros,deitei e fiquei pensando na minha família e adormeci,estava cansada.


Notas Finais


Ele mandou pra você,pelo jeito logo sai deste quarto.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...