História A Suicida. - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias A Orfã, Angelique Boyer, Harry Styles, Isabelle Fuhrman, Justin Bieber, Megan Fox, Paulina Goto, Vera Farmiga
Personagens Isabelle Fuhrman, Justin Bieber
Tags Drama, Suícidio, Violencia
Visualizações 203
Palavras 898
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi 👋 pessoal!.
Estou postando esse capítulo hoje porque irei demorar um pouquinho a postar.
Pois tenho MUITOS trabalhos de escola pra fazer...

E será dividido em 3 partes, ou seja essa é a parte 1.

Sei que não está MUITO grande, mas...

Escrevi com todo amor e carinho 💜💜💜💜💜💜💜💜💜💜💜💜.

Espero que gostem.
Lhes desejo uma boa leitura 📖!.

Capítulo 16 - 3 dias de torturas - Parte 1.


Fanfic / Fanfiction A Suicida. - Capítulo 16 - 3 dias de torturas - Parte 1.

Meu pai havia viajado naquela noite 

Eu sabia que algo de bom não estava por vir... 

Então pedi muito a Deus para que me protegesse naquela noite e nos outros dias que estavam por vir... 

**************************************

Eu estava dormindo tranquilamente quando dei um pulo da cama!. 

Havia tomado um susto!. Estava toda molhada e com um pouco de frio!

Quando olhei vi que as duas estavam alí... Megan e Teresa. 

Eu desesperada comecei a falar: 

- Por que me acordou desse jeito Megan?. Eu estou atrasada pra escola, é isso?. 

- Não querida!. Hoje você não vai pra escola... Nem você e nem a Teresa. Pelos próximos 2 dias que vão restar você vai ficar aqui, em casa!. 

- Por que?. 

- Nós temos diversas " surpresas" pra você - Disse Teresa. 

- Por isso tire esse pijama e nos encontre em 10 minutos lá na sala querida. 

- Sim senhora... 

Então Megan e Teresa saíram do meu quarto... 

O que iria acontecer?. 

**************************************

Eu me troquei e desci em dez minutos como haviam me pedido. Assim que eu cheguei a Megan começou a falar :

- Bom Esther hoje vamos ter uma tarefinha especial para você!. 

- Que " tarefinha "?. 

- Você vai descobrir ainda minha querida... 

- Mãe essa casa está muito suja, seria bom se alguém a limpasse. 

- Bom, temos a Esther princesa.

- Olha, eu limpei essa casa a uns 2 dias atrás!. Como é possível que esteja tão suja agora?. 

- Não tem problema!. Você limpa de novo!. E também percebi que já está acumulando poeira de novo. 

- Mas... 

- Sem mas Esther!. A mamãe disse que você ia limpar e você vai limpar!. 

- Está bem... Vou ir pegar os produtos de limpeza... 

- Ei nada disso!. Você vai usar essa pequena coisinha aqui - Disse a Megan me mostrando uma escova de dentes . 

- Megan não tenho como limpar a casa inteira com uma escova de dentes!. 

- Mas você vai ter que se virar!. Eu e a Teresa iremos sair para fazermos algumas comprinhas. Até voltarmos quero que tudo esteja brilhando!. E se você não conseguir vai ver o castigo que te espera!. 

- Bay Bay maninha - Disse Teresa me dando Tchau 👋. 

Então elas 2 saíram... 

Como vou limpar tudo isso com 1 escova de dentes?!. 

Que Deus me ajude!. 

**************************************

Havia se passado algumas horas e eu estava na metade da casa ainda!. 

Então escutei um barulho de porta se abrir... 

Ali percebi que todas as minhas esperanças de não levar esse temido castigo, tinham se acabado... 

Então ela entrou no banheiro de onde eu estava: 

- Terminou tudo querida?. 

- Não... É que... 

- COMO ASSIM VOCÊ NÃO TERMINOU?!. EU TE DEI MAIS DE 2 HORAS PRA VOCÊ FAZER ISSO!. 

- Me desculpe, mas infelizmente não consegui. Megan você tem que me entender. Eu estou com fome, bastante fraca e também estou limpando essa casa toda com uma escovinha de dentes!. 

- O problema é seu!  Agora lide com as consequências. Teresa filha, pegue uma corda e uma fita adesiva por favor - Disse gritando. 

- Sim mamãe - Respondeu Teresa.

- O que você vai fazer Megan?. 

- O que você menos espera, queridinha!. 

*********************************A Megan e a Teresa  amarraram as minhas mãos com uma corda e colocaram uma fita adesiva na minha boca. 

Elas me levaram para a sala e então pude ver que tinha uma certa porção de milho no chão. 

- Olha aqui sua pirralha você vai ficar ajoelhada aqui por 1 hora. E nem adianta gritar não vão te ouvir!. Agora é só esperar a hora chegar... 

Elas me colocaram de joelhos em cima dos grãos de milho. E a Teresa não poderia perder a oportunidade de falar: 

- Deve estar muito confortável, né maninha?!. - Disse rindo - Então, aproveite!. 

Elas saíram me deixando sozinha... 

E quanto mais o tempo passava doía cada vez mais... 

Eu não poderia gritar, mas conseguia gemer de dor. E lágrimas desciam pelo meu rosto me deixando vermelha... 

Depois que o tempo passou a Megan veio e me tirou do lugar em que eu estava. Me desamarrou e tirou a fita da minha boca... 

Assim que eu pude me mover, olhei para os meus joelhos e vi que estavam marcados, vermelhos e chegaram até a sangrar um pouco. Além da própria dor que eu sentia... 

- Filha, já está tudo pronto?. Sim mãe já pode vir!. 

Megan me puxou pelo braço e me levou até a porta do porão da casa, e lá estava Teresa segurando a porta, sabe?. A deixando aberta. 

- O que você pretende fazer Megan? - Perguntei. 

- Isso - Respondeu me dando um empurrão para dentro do porão. 

Elas fecharam a porta. Assim que eu percebi, corri para a porta e comecei a bater, gritar e chorar muito: 

- ME TIRA DAQUI MEGAN, POR FAVOR!!!. 

- TERESA ME AJUDE!. 

- POR FAVOR NÃO ME DEIXEM AQUI!. 

Então escutei a voz da Teresa me responder: 

- É melhor você economizar sua voz porque ninguém vai te escutar!. E isso... É só o começo. 

Desisti de gritar... Ela tinha razão, ninguém iria me ouvir!. 

Então desci as escadas do porão e vi que estava imundo cheio de baratas e ratos. 

Resolvi me sentar em um canto. Me encolhi e comecei a chorar... 

Queria tanto a minha avó comigo... 

Quando tudo isso iria acabar?. 

Então adormeci... 









Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...