História A suicida e o popular - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 77
Palavras 574
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leitura ❤

Capítulo 4 - Capítulo 04


Nao sei oque fazer,sera que sou apaixonada por ela mas conheci faz pouco tempo.

*Vision Emma*

Quando acordei rafael nao estava mais la,olhei a hora no meu celular era 22:45 entao fui na cozinha e peguei algumas coisas pra mim comer e fui pro quarto assiti um pouco de series e fui dormir.

*06:10 Da manha*

O despertador toca eu levanto faço minhas higienes e troco de roupa.

No cabelo quiz deixar solto mesmo peguei a minhas coisas e deci pra cozinha minha mae e o andre ja estavam sentados.

-Precisamos conversar peste.-Falou minha mae enquanto eu sentava na frente deles dois.

-Fala sou toda ouvidos.-Falei isso tomando um gole de suco.

-Nao vou gostar disso mais a casa vai ser sua por 2 meses ou ate mais.-minha mae falou isso eu quase pulei de felicidade.

-Vao pra onde?-perguntei comendo um biscoito.

-Rio de janeiro resolver alguns poblemas.

-A casa vai ser  minha.

-Nao quero essa peste sozinha nessa casa.-Falou andre com cara de bravo.

-Primeiro que a casa nem e sua e da minha mae e alias por que casou com meu pai voce nunca gostou dele so queria a herança.-Falei isso levantando a voz.

-Olha a boca menina que quem manda em voce sou eu e sim eu amava seu pai nao queria a herança dele.-Ela levantou veio ate mim e falou.-Ninguem gosta de voce nem a sua própria amiga niguem gosta de voce!

-Eu nao sou idiota igual voce pra gostar de babaca como esse que te trai toda vez quando voçe vai trabalhar!-Eu levantei e fiquei olhando pra ela  derrepente ela me da um tapa na cara.-Por isso que te odeio!!

-VOCE NAO SABE DE NADA!!

Empurrei ela pra mesa e sai correndo bati a porta com força e sentei na calçada e começei a chorar ate que algum carro para.

-Ei por que ta chorando?.-Aquela voz era do rafael.

-Me deixa.

-Nao vou te deixar quero te ajudar quero que voçe pare de se cortar.

-Eu nao consigo,eu sofro com isso tudo oque acontece eu quero me cortar!

-Vem ca!-Ele me levantou e me deu um abraço eu me sentia protegida perto dele me sinto feliz pela primeira vez.-Vamo pra um lugar.

-Mas e a aula?-perguntei olhando pra cima rafael e alto eu so meio baixinha.

-Nao tem poblema faltar um dia so.

-Entao ta bom.

  Entramos no carro o caminho todo fiquei mechendo no celular com o radio ligado do carro,quando eu estava quase dormindo rafael fala que chegamos.

-Chegamos.-disse saindo do carro e olhando a vista.

-Que lugar e esse?-Disse com os olhos meio embaçados.

-Meu lugar favorito da cidade.

-Lindo mesmo!

Eu sento no chao e rafael senta do meu lado ficamos olhando a vista ate ele me chamar.

-Emma por que faz isso?-Perguntou colocando a mao dele no meu rosto.

-Tudo minha vida,minha mae
tudo que ja perdi meu pai e tudo tudo,Eu nao tenho ninguem que eu possa contar meu segredos ou ate amar.

-Voce tem em que confiar tem eu e  a sofie.

-Eu sei disso mas acho que nao vou  consegui parar de fazer isso.

-Voce consegue eu sei disso.-Ele chegou mais perto e delicadamente tocou os meus labios com os dele...Foi mágico!o cheiro dele,o toque dele na minha cintura que delicadamente ia descendo para minha bunda...Não,não foi um beijo safado se é isso que voce e sta pensando!

ele encerrou o beijo com um Selhimho apaixonado e seguido de um "eu te amo" ele me beijou novamente...dessa vez mais rapido...mas sem tentar fazer nada...Aahh como eu amo esse menino...o beijo molhado e apaixonado dele me encantava,e eu so conseguia pensar em "como nao fiz isso antes?"


Notas Finais


Desculpa algum erro😊


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...