História A suicida e o popular (imagine yoongi) - Capítulo 46


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Visualizações 214
Palavras 623
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 46 - QUE DEUS GREGO DA PORRA


Fanfic / Fanfiction A suicida e o popular (imagine yoongi) - Capítulo 46 - QUE DEUS GREGO DA PORRA

As vezes temos vergonha de quem somos não deveríamos ter pós isso é o que faz a nossa diferença no mundo as pessoas só te zoam por que queriam ter a coragem que você tem de não ter vergonha de ser quem você é 


Yoongi on 

A s/n sai dos meus braços e fica um pouco vermelha 

S/n: ah... Oi yoongi.. - ela fala em um tom pouco baixo 

Eu: você deveria tomar um pouco mais de cuidado e prestar mais atenção quando atravessa a rua 

S/n: a-aah vou tomar pode deixar - ela dá um sorriso me olhando um pouco e cora olhando novamente para baixo

Eu: então... Eerr tchau - aceno para ela que faz o mesmo para mim 

Sigo o meu caminho indo até a minha casa, eu realmente queria ficar na rua.... Chego em casa e vejo o meu pai jogar uma garrafa vazia de whisky em minha direção eu rapidamente me abaixo fazendo a garrafa ir em direção a parede e se quebrar 

P/Y( pai do yoongi): onde é que a minha putinha estava? - fecho os meus olhos com força sentindo a tristeza me dominar e eu começo a tremer 

Em uma oportunidade corri para o meu quarto, sim eu sou abusado pelo o meu pai, um amigo meu me pergunta o porquê de mim não o denunciar ou bater nele para ele parar 

Eu não o denuncio por que ele faz chantagem emocional comigo, eu não o bato pós ele só faz isso quando eu estou dormindo e eu acordo com as mãos amarradas e os pés também é por quê sempre que eu o vejo eu ainda consigo ver aquele cara cuidou de mim quando eu era pequeno eu ainda consigo ver aquele sorriso com qual ele dava quando eu voltava da escola e ele me perguntava como tinha sido, só que essa imagem está desaparecendo a cada dia mais 

Depois de entrar no meu quarto tranco a porta mesmo sabendo que isso não iria adiantar por muito tempo

Escuto o meu pai bater na porta e gritar com agressividade, pego o meu celular rapidamente ligando para o taehyung o meu melhor amigo

Ligação on 

Eu: taehyung por favor me ajuda! - falo com uma voz chorosa porém sem chorar 

Tae: já estou de frente a sua casa pula pela janela do seu quanto, pega só a sua mochila e o uniforme - pego a minha mochila e boto a minha farda dentro logo depois pulo a janela e vejo o taehyung me esperando corri até o mesmo é o abraço, ta bem ... Isso parece muito gay 

Tae: vem, vamos para casa - ele fala me puxando pelo braço 

Depois de alguns minutos chegamos na casa do taehyung e eu vou tomar um banho passando todos os produtos que tinham no banheiro já que o taehyung me trata como de casa, depois de alguns minutos saio com uma toalha amarrada na cintura e vejo uma garota com uma garrafa de refrigerante tomando o mesmo no canudo olhando para mim de cima a baixo e eu coro, pera... É a s/n 

S/n: man.... Que Deus grego da porra - a mesma da um grito alto 

Tae: garota.... Meu boy, tá? da licença - o mesmo a impurra a fazenda se melar com o refrigerante e da um passo em falso tipo.... A sua perna direita pisou no seu pé esquerdo e assim ela quase caiu, ela olha para o taehyung e derrama o resto do refrigerante nele 

S/n: tô de olho no teu boy não filha da puta.... Até que vocês dois ficam bem juntos 

Eu: EU SOU HÉTERO!!! EU CURTO UMAS PPKS - depois de perceber o que eu falei eu coro e tampo a minha boca





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...