1. Spirit Fanfics >
  2. A supernatural world >
  3. Capítulo 1

História A supernatural world - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Capítulo 1


Fanfic / Fanfiction A supernatural world - Capítulo 1 - Capítulo 1

Any 

Ca estou eu,indo pra escola numa segunda feira,que e o dia mais odiado por muitos e por mim  principalmente,que tédio.

Tchau mãe -digo saindo pela porta da frente.

Tchau filha cuidado qualquer coisa me liga-diz lá de dentro.

Tá bom,bjs tchau te amo-digo indo até a garagem de casa e pegando ,a minha bicicleta,subi em cima dela ,e fui caminho a escola,a rua estava deserta, não tinha nenhuma alma penada alí.

A escola era um pouco longe da minha casa, então peguei o meu fone ,e botei uma música pra animar.

Sempre escuto uma música pra acalmar o estresse,pra eu não fazer nenhuma besteira, não consigo controlar os meu poderes,a única pessoa que sabe sobre isso e a minha mãe, tento ser uma pessoa normal,uma coisa que eu não sou, sempre tento controlar,para que nada saia do controle.

Não sei nada sobre a minha mãe,nunca conversamos sobre isso,a não ser quando os poderes começaram a aparecer,eu fiquei muito assustada.

Nunca tive um pai, não sei nada sobre o mesmo, não sei se estar vivo,ou morto eu não sei , a única coisa que eu sei e que a minha mãe tem os mesmos poderes do que o meu.

Pra chegar na escola ,mais cedo,eu corto caminho pela floresta,eu tirei o fone do ouvido,e fui entrando na floresta com a bicicleta.

O único barulho que se ouvia alí,só era dos galhos do chão,se esmagando por causa da bicicleta.

Eu olhei pro lado rápido,parecia que eu tinha visto um vulto,e isso foi o suficiente pra eu me distrair e cair da bicicleta.

Aí merda-cai de lado e a bicicleta pro cima .

Presta atenção any lerda -falo pra mim mesma , levantando do chão e verificando se não fiquei russa.

Droga a minha perna está toda branca,tô parecendo pedreiro,passo a mão pela perna.

Subi em cima da bicicleta,e olhei em volta,deve ser paranóia minha .

Continue seguindo caminho, até a escola ,e já estava quase chegando.

Virei a esquina e avistei alunos do lado de fora conversando,fui pedalando até um lugar vazio que tivesse algo para prender a bicicleta.

Achei um lugar, peguei a bicicleta e uma corrente e um cadeado e tranquei pra dentro da escola.

Fui atrás dos únicos melhores amigos que eu tinha naquela escola,que são yudchi e Raíssa, ninguém naquela escola era simpático,todos arrogante,e sim eu moro nos Estados Unidos,e não , não e igual aos filmes que agente ver .

Procurei eles pela escola inteira , depois fui no pátio,e eles estavam de costas .

Booooo-digo assustando eles.

Que me matar do coração? E só falar "Raíssa não gosto de vc"-diz fazendo drama .

Que parar de fazer drama?- digo me sentando no banco.

Drama , você chama isso de drama ,e se eu infartasse?-diz

A para -digo.

Como foi o final de semana de vcs?-pergunta olhando pra cada um,como ela muda de humor tão rápido .

O meu foi normal-digo dando de ombros

Normal, o seu normal e ficar dentro de casa igual a um zumbi?- fala.

Ihhh me deixa-reviro os olhos

Você tem que sair se socializar com as pessoas .

Não quero obrigada,yudchi tá TD bem tá no mundo da lua.

Que eu tô bem -fala desfazendo a cara de paisagem.

Triiiimmmm.

Que ódio, tchau pra vcs -saio dali e vou pro meu armário botando ,a minha mochila lá e pegando o necessário ,pra aula de inglês ,que ótimo.

Não que seja ruim , mais também não e bom.

Horas depois

Sai de dentro da escola ,e fui até a bicicleta, pegando a chave e destrancando ,e subindo em cima dela ,e saindo dali, seguindo pelo mesmo lugar.

Entrei na floresta ,e não vi nada de anormal ou sobrenatural ali.

Chegando em frente a minha casa,desci da bicicleta e jogando ela no chão ,e tirando o tênis na porta e entrando .

Mãe-grito andando pela sala .

Tô aqui no quarto -diz.

Ata pensei que vc não estava em casa-digo indo pro meu quarto , entrando tirando o uniforme e indo tomar banho .

Demorei um tempo no banho e escovei os dentes,botei uma calça moletom e um casaco moletom, deitei na cama e dormi .

3 horas depois.

Me virei de lado ,dando de cara com a parede .

Aí - digo massageando suavemente o local,pra amenizar a dor,deve já ser de noite,Me viro de barriga pra cima ,e olho pro lado rápido,e vejo alguma sombra no canto do quarda roupa ,virei o rosto rapidamente pro teto,e tomei coragem e encarei de novo o canto do quarto,e não tinha mais nada ali.

Any será que você bateu a cabeça e perdeu os neurônios?,eu tô ficando maluca,só pode -falo pra mim.

Levanto da cama e vou pra fora do quarto ,desci  as escadas ,passei pela sala não tinha ninguém, fui pra cozinha fazer algo pra comer.

Depois que eu comi ,fui pro quarto deitei na cama ,e fiquei mexendo no celular .

50 minutos depois.

Que tédio , não tem nada pra fazer ,vou andar por aí ,desço as escadas ,e vou pra entrada até que.....


AONDE A MOCINHA PENSA QUE VAI? -diz praticamente gritando .

Vou dar uma volta .

Uma hora dessas?-pergunta.

Eu tô no tédio ,eu só vou ali e já volto.

Nada disso já estar tarde -fala 

Senhora eu vou voltar antes de você piscar um olho ,só vou pegar um ar -falo abrindo a porta.

Senhora e a tua mãe -diz tacando o chinelo em mim ,mais eu consegui desviar saindo pela porta.

Mas vc e a minha mãe ,ent você e a senhora da história. -digo calçando o tênis ,e preparada pra correr com a bicicleta.

Como e que e - diz abrindo a porta com o chinelo na mão.

Tchaul -digo subindo na bicicleta e pedalando o mais rápido possível ,pro chinelo não acerta em mim .

Volta aqui ,any Gabrielly Rolim soares - diz tacando o chinelo .

Entrei por uma trilha diferente ,do que eu pegava pra ir pra escola ,fui a metade do caminho da trilha ,dava só pra ouvir , grilos e corujas,e outros bichinhos,paro no meio da trilha pra pegar um ar .

Sinto que tem alguém atrás de mim, paralisei no mesmo lugar ,fiquei um bom tempo ali parada, até tomar coragem e olhar pra trás, não tinha nada alí.

Any vc tá definitivamente ,maluca e melhor eu voltar .-falo sozinha .

Resolvi andar com a bicicleta,e ela não queria andar ,que droga porq logo agora .

Desci dela ,e chutei ela , virei ela na direção de volta ,botei a mão no guidão e no banco traseiro ,e fui empurrando ,por um bom tempo até ,chegar em frente a minha casa , guardei a bicicleta dentro da garagem ,e tirei o tênis e entrei dentro de casa.








Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...