História A Suprema Carol - Capítulo 39


Escrita por:

Postado
Categorias Saga Crepúsculo, The Vampire Diaries
Personagens Alec, Benjamin, Jane, Personagens Originais
Tags Alcateia, Amor, Aventura, Beta, Bruxas, Escolhida, Fantasia, Feitiços, Loba, Lobos, Magia, Poder, Poderes, Princesa, Princesa Dos Lobos, Princesa Dos Vampiros, Superpoderes, Suprema, Vampiros
Visualizações 2
Palavras 1.938
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 39 - Carol cuida do Zack


Fanfic / Fanfiction A Suprema Carol - Capítulo 39 - Carol cuida do Zack

Carol narrando:
Assim que chegamos a casa, pusemos logo o Zack na enfermaria, e dei lhe a formula para ele não virar lobo, com tanto agitação não tinha dado, liguei o ás maquinas do coração e da tensão e senti alguém atrás de mim, olhei era o Embry

-como ele está Carol?

-bem Embry vai sobreviver mas esteve muito fraco e ainda está, foi a um centímetro da morte.

-já sabes o que vais fazer com o Jake ?

-para já mandei exila-lo na prisão da alcateia, depois não sei, tenho pena dele, ao mesmo tempo raiva entendes? ele me ajudou muito mas tento crer que isto é uma fase eu quero acreditar nisso.

-queres ajuda com o Zack?

-para já ele fica aqui na enfermaria e vamos revisando para ter sempre alguém com ele, ele pode piorar a qualquer momento, agora fico eu.

-não é melhor descansares foi um grande susto, eu fico com ele, vai descansar o Rafa andava louco a ver de ti.

-ficas com ele um pouco então, eu vou comer e ver do Rafa, eu já volto.

-vai descansada eu fico com ele - dei um beijo na bochecha do Zack e outro no Embry e sai em direção á cozinha e gritei:

-ESTOU VIVA E BEM - assim o Rafa vinha logo ter comigo, e eu escusava de andar a ver dele.

-precisavas gritar mãe? - Era o Scott

- sabes do teu pai? ele andava desesperado a ver de mim assim era mais rápido

-deve estar no ginásio e o Zack ?

-está com o Embry daqui nada ficas com ele?

-claro que sim mãe - e saiu

-Carol - era o Rafa correu e me abraçou - estava tão preocupado contigo, saíste e não dizeste nada?

-o Zack estava a morrer eu fui com o Luke, o Diogo e o Scott salva lo, tu estavas na ronda, tem calma está tudo bem

-eu soube pelo Alex na ronda e como ele está?

-está mal, está na enfermaria muito fraco perdeu muito sangue, ele quis mata-lo mesmo.

-e tu que vais fazer com ele?

- não sei para já mandei o exilar depois se vê agora deixamos as desgraças e quero um beijo decente Rafael Mars - demos um beijo ardente as nossas línguas dançavam em sintonia entramos no quarto, fomos até cama tiramos a roupa e nos amamos.

-tinha saudades nossas sabias? Com tanta coisa acontecer nem tempos tido tempo para nós.

-Carol eu amo te e com tantas confusões é normal mas eu acho que o fato de sermos companheiros ajuda nos entendermos - disse o Rafa

-eu concordo, mas temos que voltar a vida tenho que explicar tudo ao Matt com calma senão como eu o conheço ele mata o Jake.

-já lhe contaste que ele te tentou bater?

-não vou explicar tudo quando ele chegar de casa da família da Alli, não lhe vou ligar não tem sentido visto que o Zack está a recuperar - depois levantamo nos tomamos um banho sai enrolada na toalha, escolhi umas calças pretas, uma t-shirt branca vesti o meu casaco vermelho, o Rafa vestiu uma camisola preta e umas calças pretas ficou frio de repente.

Saímos do quarto, vi o Matt na sala, ele já voltou pensei que ia ficar lá mais tempo e chamei-o ate ao escritório entramos e mandei o sentar.

-que foi mana, a tua cara não é das melhores? o que aconteceu na minha ausência?

-ontem aconteceu uma coisa grave eu não deixei ninguém te ligar mas agora tem de ser, mas tens que me prometer calma

-esta bem eu tenho calma eu podia ter sabido ontem, prometeste nao me esconder mais nada mana.

-ontem mudamos algumas regras da alcateia, e o Jake passou se e tentou bater me e ainda me ofendeu...

-o quê? Eu mato o Carol

-tu prometeste calma, o Zack me defendeu assim como todos os lobos, mas hoje ele quase que matou o Zack foi por um centímetro que o Zack não morreu Matt, eu mandei exila lo.

-eu mato aquele desgraçado Carol, nem tentes me impedir, como esta o Zack?

-mal ele perdeu muito sangue mas vai recuperar.

-porque não me contaste antes Carol? Eu mereço saber das coisas podias ter ligado?

-que de ia adiantar Matt vires mais cedo estavas com a família da Alli desculpa

-eu desculpo te eu entendo e agradeço muito mas eu vou mata lo na mesma, ninguém te ofende e tenta-te bater.

-calma Matt, eu vou pensar no que fazer com o Jake, não lhe faças mal, nós não somos como ele Matt

-eu preciso de libertar o meu lobo estou cheio de raiva, eu tenho que sair daqui - e saiu porta fora

-Luke vai com ele por favor - e saiu atrás do Matt, sentei no sofá ao lado do Rafa e ele disse:

-não correu bem

-ele ficou furioso Rafa, não porque eu omiti mas pelo que o Jake fez, ele quer mata lo, eu tenho medo

-o Luke vai acalma lo tem calma queres ir ver do Zack? Eu acompanho te

-vamos obrigada Rafa - fomos até ao pé do Zack entrei na enfermaria ele estava ainda a dormir, olhei o Embry e perguntei

-como ele tem estado Embry?

-agitado, eu ia mesmo te chamar talvez seja melhor dares lhe um calmante.

- vou examina lo para ver o que se passa - eles saíram, eu examinei o Zack tudo parecia normal, dei lhe um pouco mais do meu sangue, fiz lhe carinho na cara e ele abriu os olhos

-oi meu alfa, como te sentes?

-muito cansado Carol, exausto para dizer a verdade

-perdeste muito Zack, agora tens que recuperar as forças vai levar dias até que te sintas bem novamente, mas descansa a alcateia está com o Alex e com a Kate.

-tenho tido pesadelos horríveis.

-o Embry tem estado aqui e ele me contou que estavas agitado, eu imaginei que eram pesadelos mas esta tudo bem eu estou aqui Zack, a minha alcampira vai proteger te.

-já o apanharam?

-não ainda não mas eles estão á procura- nisto toca o meu telemóvel olho o visor era o Diogo

Atendendo:
C: estou Diogo Apanharam no?
D: sim, ele já está exilado na alcateia vou agora para ai, como esta o Zack?
C:a recuperar, mas esta agitado vai levar dias até recuperar.
D: estou a ir até já Carol
C: até já Diogo
Desligando

-pronto mais calmo?

-um pouco Carol, ele não era assim tão mau, não entendo como ele me pude enganar tanto.

-ele nunca foi assim porque sempre teve o posto de alfa, mas agora que o perdeu mostrou a verdadeira cara, vou mandar preparar qualquer coisa para te alimentares, venho já -saí pedi á minha mãe que prepara se qualquer coisa para o Zack, ia a voltar para a enfermaria quando a Alli me chamou

-Carol

-diz Alli tudo bem?

-o Matt não voltou estou preocupada.

-tem calma o Luke foi com ele, ele precisa aliviar depois do que lhe contei, e eu tentei evitar mas dados os últimos acontecimentos não pode adiar mais.

-porque adiaste ? Por minha causa?

-não, vocês foram para a casa da tua família eu não quis ligar para dizer algo que não se pode mudar eu sou suprema tenho que lidar com problemas todos os dias daqui, de outras alcateias, dos vampiros e é difícil sabes se eu não tivesse ajuda da minha alcampira para tudo isto eu não era capaz eu faço tudo mas mesmo tudo pelo meu irmão Alli - disse e entrei na enfermaria, sentei me ao lado do Zack, ele estava dormir outra vez, passado pouco tempo a minha mãe entrou com a comida para ele, acordei o e pedi lhe para ele comer, ele comeu tudo com muito custo mas comeu.

-obrigada Carol, não é melhor ires descansar deves estar cansada estás aqui á tanto tempo comigo?

-eu já vou, vou só esperar o Diogo, ele quer ficar aqui contigo, eu prometo depois vou descansar mas olha que eu adoro estar aqui contigo ouviste?

-eu também quero que estejas aqui mas a Nick precisa de ti

-cheguei Zack - era o Diogo

-ola Diogo, bem eu até me levantava mas é impossível sabes - disse o Zack

- pelo menos continuas com um sentido de humor e tu Carol deves estar cansada porque não vais descansar?

-o Zack disse me o mesmo, ficas com ele, depois á noite outro lobo fica com ele, eu não quero sozinho por enquanto e descansa Zack está bem - dei lhe um beijo na bochecha dele, outro na bochecha do Diogo e sai da enfermaria, fui direta ao quarto descalcei me fui até á Nick já dormia o Rafa adormeceu a, deitei me na cama, pela deusa da lua como precisava disto.

-cansada amor?

-sim precisavaa do teu peito para dormir - deitei me no peito do Rafa e adormeci.

No dia seguinte
Levantei com muita preguiça, fui até ao berço da Nick ela dormia que nem um anjo, fui até á casa de banho fiz as minhas higienes voltei ao quarto e vi o Luke sentado na cadeira de amamentar a olhar a Nick.

-vou comer estou cheia de fome, tomas conta dela Luke, também quero ver do Matt

-eu fico com ela, o Matt está na sala esteve toda a noite com o Zack - Eu assenti e sai do quarto assim que cheguei á sala vi o Matt corri e abracei o.

- fiquei tão preocupada contigo Matt como estás?

-mais calmo quando cheguei estavas a dormir, eu fiquei com o Zack de noite e fiquei mais calmo por vê-lo a recuperar, e tu ?

-estou bem com muita fome, mãe podias cozer uns crossaints para mim apetece me.

-claro que sim filha eu vou cozer espera um pouco - disse a minha mãe esperei um pouco comi os 4 crossaints mistos , bebi um sumo de laranja e uma taça de sangue humano para ter força e fui ver do Zack, assim que cheguei vi o Brian.

-Oi Brian ele está agitado?

-não tem estado calmo Carol, acordou há pouco mas depois voltou a dormir - disse o Brian

-obrigada Brian podes esperar lá fora, vou examina'lo depois voltas? aproveita e pede á minha mãe comida para ele - ele assentiu e saíu

-Zack, estás a ouvir me - disse enquanto o tentava acordar

-oi Carol - disse sussurrando

-estás bem? estás a sussurrar

-estou com sono muito sono

-isso é da medicação que te dei, vou examinar te e dar as formulas depois podes voltar a dormir alfa, olha a alcateia está bem, os teus betas tomam conta dela não te preocupes, eu quero que descanses está bem?

-obrigada Carol - sorri examinei o mordi o meu pulso e dei a beber ele ainda está fraquinho, dei lhe as formulas, a formula que o Embry criou dá-lhe uma sonolência juntamente com a de acalmar lobo coitadinho.

-Pronto Zack agora vais comer e depois podes voltar a dormir está bem?- dei lhe um beijo na bochecha e fui ver do Brian, ele estava na cozinha com o tabuleiro da comida, disse que podia entrar e levar o pequeno almoço do Zack e pedi que lhe desse ele foi todo contente até á enfermaria. Fui até ao meu quarto ver da minha filha, entrei o Luke estava a vesti la, devia ter dado banho pela toalha que vi em cima da cama, nem imagino como estará a minha casa de banho.

-deste lhe banho Luke? Nem imagino a minha casa de banho - ele me olhou riu se e disse

-dei sim Carol mas está tudo bem não sujei quase nada, espero que gostes da roupa que escolhi para ela - Olhei a estava linda

-esta muito bonita Luke obrigada por cuidares dela

-eu vou estar sempre aqui Carol, para ti e para ela - Disse o Luke


Notas Finais


Por hoje é tudo, segunda há mais


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...