História A Suprema Hibrida (Revisando) - Capítulo 22


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Alfa, Bruxos, Lobisomem, Romance, Supremo, Supremoalfa, Vampiro
Visualizações 98
Palavras 2.259
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 22 - Capitulo 21 - Primeiro Encontro e um Pedido


Fanfic / Fanfiction A Suprema Hibrida (Revisando) - Capítulo 22 - Capitulo 21 - Primeiro Encontro e um Pedido

Capitulo 21

Willian

Acordo e sento algo peludo no meu braço, quando olho estava o lobinho na minha cama perto de mim, pego ele.

Eu : como vc entrou aqui pequeno.

Ele estava bem sonolento, o deixei na cama. Fui para o banheiro fazer minha higiene. Termino e procuro a minha roupa, visto.

Au Au Au Au.

Parece que ele acordou.

Eu : vamos amigão lá para baixo.

Au Au Au

Ele pula da cama, abro aporta, ele saio correndo para a cozinho, desço as escadas e vou para a cozinho.

Edward : minha coisa mais fofa do mundo.

Ele pega o lobo e fica fazendo a carrinho. Pego a comida dele, coloco no pote e troco a água.

Eu : solta ele para correr.

Edward : ok ok.

Quando Ed coloca ele no chão, sai disparado para comer.

Eu : pelo jeito estava com fome.

Depois de comer, espero a empregada para cuidar dele, não quero chegar aqui com minha casa de pernas para o ar.

Quando a mulher chegou, eu saio de casa, vou para a garagementro entro no carro e saio com o carro e espero o Ed vir. Ele chega e vamos para a empresa.

Chegando na empresa, estaciono o carro vou para o meu andar, pego os meus compromissos com a secretaria e vou para o meu escritório.

Essa manhã foi pedindo e mandando as pessoas fazer algumas coisas para mim, resolver problemas tanto humanos e sobrenaturais, montanhas papeladas na minha mesa, eu já estava a tempo de explodir ou de arrancar a cabeça de alguém, minha cabeça esta latejando, eu estou muito estressado todas pessoas que entraram aqui eu descontava tudo nelas.

Eu preciso da Luna.

Luna 

Acordo, me levando já pensando que hj vou jantar com o Willian, sou feliz, ainda preciso saber que roupa eu vou.

Vou para o banheiro fazer minha higiene. Termino, volta para o quarto e procuro um roupa, me visto.

Desço para a cozinha, começo a fazer o meu café da manhã. Manda e Nick desceram.

Eu : bom dia.

Manda/Nick : Bom dia

Termino de tomar o café, vou para a faculdade.

Chegando na faculdade vejo os meus amigos. Vou até eles.

Eu : bom dia

Os três : bom dia

Fomos para a aula. Sentamos nas cadeiras.

Marcos : é hj não é?

Eu : do que vc esta falando ? - me fiz de desentendida.

Marcos : eu seu que vc sabe, vc ta animada ?

Eu : ok ok, sim eu estou, ainda preciso ver a roupa que eu vou.

Marcos : meu amor, nos revolvemos isso. Quando acabar o horário de trabalho nos vamos ao shopping.

Eu : ok.

A manha estava tranquila, até que chega alguém indesejado perto de mim.

Lucas : olá, Luna.

Eu : serio, porque você não me deixa em passas.

Lucas : Eu ainda fazer você corre atrás de mim. Eu sei que gosta de mim, admita, vc só se faz de difícil para a chamar a minha atenção.

Eu : me poupe Lucas, você só pode estar sonhando, Ah me lembrei a sua namorada veio tirar satisfação comigo, dizendo que estou correndo atrás de você, e que isso é um mentira das grandes.

Lucas : Namorada ? ah vc esta falando daquela garota, eu terminei com ela, eu só penso em você agora.

Eu : hahahaha você é muito cara de pau, garoto, você só fica insistindo, porque eu não caio na sua lábia. Vai embora que isso esta ficando irritante .

Lucas : eu vou mais eu volto, você vai cair de amores por mim.

Eu : continue sonhando.

Ele sai da sala, isso já estava me irritando, ele não para de encher o saco.

Marcos : Ele é insistente, né

Eu : sim, e já estou no meu limite.

O resto da manha foi tranquila, sem perturbações. Terminando as aulas, vou para casa. Chegando vou me arrumar mas antes fiz a comida. Termino de me arrumar e desço.

Logo em seguida o Nick chega, almoçamos e formas para a empresa. Chegando vou para o meu andar, vou para a minha mesa.

Marcos : Luna, bom dia.

Eu : Boa tarde, Marcos.

Marcos : ficou sabendo dos rumores ?

Eu : do que ? acabei de chegar.

Marcos : que o Willian esta uma fera.

Eu : mas o que aconteceu ?

Marcos : não sei só ouvi rumores que ele esta estressado, e esta descontrolado em todo mundo que entra lá. Porque você não vai lá acalmar a sua fera, Bella ?

Luna : muito engraçado, Marcos. Mas vou lá saber o que esta acontecendo.

Saio para o elevador, entro e aperto o botão. Chegando no andar, desço do elevador, chego perto da secretaria.

Eu : oi, eu fiquei sabendo que o Senhor Duken que ele esta estressado e ta descontando em todo mundo.

Secretaria : vc não imagina , todos que entram saem com medo.

Eu : nossa eu vou falar com ele, vai que tenho sorte.

Secretaria : boa sorte.

Eu : obrigada.

Bato na porta.

Eu : sou eu a Luna, posso entrar ?

Willian : Sim, entre.

Entro, ele estava atrás da mesa, sentada com as mãos nas cabeça.

Eu : Eu fiquei sabendo que você não esta muito bem.

Willian : Eu estou estressando só isso, fiz muitas coisas.

Eu : Willian você não esta bem, por que não descansa um pouco, você tem um sofá no seu escritório, deita um pouco e eu falo para a sua secretaria para não deixar ninguém entrar.

Willian : não, eu tenho muito coisa para fazer.

Eu : Willian Duken, vc vai agora descasar, ninguém merece vc estressado, se vc nao deitar eu não janto com vc.

Willian : você não faria isso – disse preocupando.

Eu : sim eu faço.

Eu estava saindo do escritório.

Willian : Luna espere, ok eu faço, mas você tem que ficar aqui comigo.

Eu : eu tenho que ir trabalhar.

Willian : fica pfvr – ele fez uma cara de cachorrinho pidão

Eu : esta bom.

Me sento no sofá , ele logo em seguida vem se senta e deita a cabeça no meu colo , folgado, começo a fazer carinho na cabeça dele.

Willian : Só você para me acalmar, nunca ninguém conseguiu.

Ele dormi, ate que é fofinho, continuei fazendo carinho, ele estava dormindo tranquilamente.

Depois de uns minutos ainda estava lá com ele, me aproximei do seu rosto e dou um beijo demorado nos seus lábios.

Eu : vc esta tão fofinho.

Willian : por que parou ? - fez um cara de cachorro triste

Eu : quer disser que o senhor esta acordado.

Willian : eu acordei como o seu maravilhoso beijo.

Eu : já que o senhor descansou, eu já vou.

Me levanto do sofá, mas ele me puxar e eu sento no seu colo com uma perna de cada lado.

Willian : ainda não.

Ele se aproxima do meu rosto e nos começamos a nos beijar, eu coloco os meus braços em volta do seu pescoço e o puxo para mais perto, ele começa a descer a mãos ate minha bunda e aperta, eu rebolo em seu colo, sinyo algo dero, entre os beijos eu solto um gemido, esta muito intenso. Nos pararmos pela falta de ar.

Eu : é melhor eu ir, se eu não trabalho e vc também.

Willian : esta bem, mais é maldade me deixar excitado.– ele disse meio triste

Me levanto e ele também .

Willian : Luna não se esqueça do nosso encontro, eu vou te buscar na sua casa ás 8:00

Eu : esta bem.

Saio da sala.

Secretaria : conseguiu ?

Eu : sim conversei, ele estava muito estressado por causa do trabalho.

Vou para o elevador, aperto para ir ao meu andar, chegando, saio e vou ate minha mesa.

Marcos : e ai Bella, conseguiu acalmar a fera ? – disse com um sorriso malicioso.

Eu : para de pensar besteira e sim eu conversei com ele.

Marcos : vou fingir que estou acreditando.

As horas se passaram, e o horário de trabalho se terminou

Marcos : vamos Luna, precisamos ir ao shopping.

Descemos para o primeiro andar e fomos para frente do prédio esperando o Nick com o carro. Quando ele chegou entramos.

Marcos : Nick vamos para o shopping precisamos comprar algumas coisinhas.

Chegando no shopping avistei a Ana e Cris .

Eu : o que vcs estão fazendo aqui ?

Ana : o marcos nos ligou contando tudo .

Eu : marcos

Marcos : eu precisava de reforço, vamos logo não queremos deixar o seu deus grego esperando.

Nos entramos no shopping, fomos em milhares de lojas, entrando e saindo igual uns locos, Cris ficou com o Nick o tempo todo, quando acabamos fomos para casa, e eles me arrumaram.

Os três : vc esta maravilhosa

Eu : obrigada por vcs me ajudarem, eu amo vcs

Nos abraçamos. A capainha toca.

Ana : deve ser o Willian.

Vou ate a porta, e abro, quando ele vê que sou eu, ele abre a boca.

Eu : fecha a boca se não vai babar.

Willian : e com, vc esta Linda.

Eu : obrigada.

O marcos grita.

Marcos : usem preservativo não quero ser tio tão sedo.

Eu rio e mando ele calar a boca.

Descemos e entro no carro dele. Ele começa a dirigir, depois de uns minutos e muita curiosidade.

Eu : Willian, onde nos vamos ?

Willian : curiosa, vc vai ver.

Depois de mais uns minutos eu vejo uma casa muito linda, que casa é essa ?

Eu : Willian, onde estamos indo ?

Willian : para a minha casa.

Eu : Willian ....

Willian : relaxa Luna.

Chegamos mais perto da casa e ele estaciona o carro e eu saio, ele coloca a sua mão nas minhas costas me guiando para a porta, entramos era lindo dentro.

Eu : nossa que lindo.

Willian : que bom que gostou.

Depois vejo algo pequeno correndo em minha direção, um cachorro? Não um pequeno lobo. O pego.

Eu : que cozinha mais fofo, ele é seu.

Willian : sim, eu o achei na floresta, a sua mãe foi morta for caçadores.

Eu : que horrível, como alguém consegue fazer isso, qual é o nome dele?

Willian : eu ainda não dei, quer da um a ele.

Eu : sim, que tal hummm..... Grey.

Willian : pode ser

Eu : Então Grey vc é a cozinha mais fofa – apertei ele.

Willian : vai me trocar por ele

Eu : claro que não – dou um selinho nele.

Willian : agora solta ele, temos que jantar.

Solto ele, o Willian entrelaça as nossa mãos e me guia novamente, ate chegar em um lugar aberto, com uma mesa, estava lindo.

Ele puxou a cadeira para me sentar e depois foi para a sua.

Willian : abra.

Tinha um negocio de prata na minha frente, a comida deve estar dentro, eu abro era salmon grelado, adoro. Começo a comer.

Eu : esta um delicia

Willian : serio ?

Eu : sim.

Depois de comer e conversa, ele trouxe a sobremesa, bloco com sorvete. Terminamos de comer tudo. E vejo um sorriso de satisfação o rosto de Willian.

Willian : agora Luna eu quero te pedir para vc se levantar.

Me levanto e ele também.

Willian : eu sei que eu e vc nós conhecemos a pouco tempo, e já passamos por algumas coisas, mas desde o dia que eu te vi naquela balada eu nunca tirei vc da minha cabeça, talvez seja a ligação que nos dois temos, mas eu sei que eu nunca teve esse sentimento por ninguém neste mundo desde minha existência, e eu tenho certeza de  um coisa que não tem como disser que eu esteja errado, eu te amo Luna, e é a unica que eu amei neste mil anos, vc aceitaria ser minha namorada ?

Ele esta ajoelhando no chão, com uma caixa de anel na mão.

Eu : mais vc nem sabe se eu sou a sua companheira de verdade.

Willian : não importa, eu amo vc, isso não é suficiente ?  vc aceita ser minha?

Eu : sim, eu aceito eu te amo.

Ele coloca o anel de compromisso no meu dedo e eu coloco no dele, ele me pegou pela cintura e me rodou no ar.

Ele me colocou no chão e me beijou com muito desejo, e eu respondi estava muito feliz, paramos.

Eu : Willian já esta tarde eu preciso ir embora.

Willian : Luna fica comigo hj.

Eu : Willian...

Willian : eu juro que não vou fazer nada que vc queira.

Eu : esta bem.

Já era quase meia-noite.

Fomos para o quarto.

Eu : Willian eu não tenho roupa.

Willian : não se preocupa eu tenho roupas pequenas que não servem em mim.

Ele foi no guarda roupas e pegou um pijama e me deu. Fui para o banheiro me trocar. Terminei e sai, as roupas ficaram grande.

Willian : vc estava fofa. – ele me abraça e me da um selinho.

Ele já estava trocado e sem camisa, meu deus que corpo.

Willian : fecha a boca que vai entrar mosca.

Eu me deito na cama e ele me abraça por atrás, estamos de conchinha. Ele chega perto do meu ouvido.

Willian : eu te amo.

Eu : eu também te amo. – nos dois dormimos.

Me desculpe pelos erros de português

Me desculpem pela demora.

Obrigada pelos comentários.

Obrigado por estarem seguindo a historia.

 Se alguém preferir eu escrevo no wattpad também.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...