História A tal babá (Imagine Park Chanyeol) - Capítulo 19


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Chanyeol
Visualizações 219
Palavras 946
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


boaaa noite 💜

Capítulo 19 - Ep19


Fanfic / Fanfiction A tal babá (Imagine Park Chanyeol) - Capítulo 19 - Ep19

*Pv Ana On'n*

Sinto meus olhos se abrindo lentamente e então meus sentidos logo se iniciam, e quando me dei conta, já estava totalmente acordada. Levanto rapidamente sentando sobre a cama. Olho ao meu redor e vejo claramente que estou em um quarto de hospital. E as lembranças de Chanyeol vieram em minha mente. Tentei me levantar, e assim que me coloquei em pé tudo ao meu redor começou a girar, estava prestes a dar de cara com o chão. Quando dois braços me seguraram. Olhei para cima vendo um homem que logo pela suas vestes poderia ser o médico. Ele me coloca novamente na cama.

- Não pode se levantar. - Falou 

- Onde está Chanyeol? Meu marido! Onde está minha filha! ? - Perguntei confusa e apavorada 

- Tente se acalmar, você tem que ficar em descanso - Falou me fazendo ficar nervosa 

- Não! Eu quero minha filha e Chanyeol! Meu marido! - Gritei.

- Se ficar calma, irei levá-la até seu marido - Falou vindo até mim.

- Eu ficarei, mas por favor me leve até eles - Pedi 

- Agora precisa ir até eles em uma cadeira de rodas. Não está em condições de ficar em pé - Falou 

- Quem levou um tiro foi Chanyeol, não eu! Ele precisa de mim - Falei 

- Mas quem está grávida é você! E trate de se acalmar - Falou me fazendo ficar confusa 

- Eu... - Fui interrompida 

- Sim, a senhora está grávida - Respondeu 

- Gra-Gravida ? - Perguntei ainda em choque com a notícia 

- Sim - Respondeu simplista 

~ Quebra de tempo ~

Após ficar mais calma, o médico que descobri que seu nome era Oh Sehun. Me levou até o quarto de Chanyeol. E no caminho até lá me contou que eles haviam operado Chanyeol e que tudo ocorreu bem. E isso foi um alívio para mim. Quando estávamos chegando ao quarto de Chanyeol. Ouvi risada de criança. Eu conhecia muito bem, a dona desse sorriso. Minha filha. Pedi para que Oh Sehun me deixasse ouvir por alguns minutos atrás da porta. Aquele som dos meus dois amores. E uma sensação de paz imensa me invadiu por inteiro. Abri a porta e vi que Chanyeol ainda na cama, brincava com Cho-Hee que sorria lindamente. Eles dirigiram o olhar para mim e o tempo pareceu parar.

- Omma!! - Gritou 

Sehun me levou até eles. E Chanyeol colocou Cho-Hee em meu colo. Me dando um beijo demorado em seguida. Minha filha me abraçava fortemente. E eu não me aguentei e acabei chorando. Chanyeol sorria feliz assim como eu. 

- Omma, Cho-Hee sentiu saudades e ficou tristinha - Falou 

- Omma também sentiu saudades da minha filhinha - Falei.

Com um pouco de dificuldade me levantei e novamente coloquei Cho-Hee de volta no colo de Chanyeol. E o abracei. Soltamos o abraço e sorrimos um para o outro.

- Eu pensei que fosse te perder - Falei com a voz embargada chorando em seguida.

- Eu te amo muito Ana, e jamais te deixarei - Falou e em seguida encostamos nossas testas em um forma de afeto.

- Eu estou grávida - Falei baixo 

- GRÁVIDA ? - Perguntou supreso 

- Sim - Respondi sorrindo 

- Eu vou ser appa pela segunda veez! - Gritou 

Cho-Hee nos olhava confusa e então a peguei nos braços.

- Cho-Hee, você irá ter um irmãozinho - Falei 

- Irmãozinho? - Perguntou confusa

- Sim - Respondi 

- Cho-Hee terá um irmãozinho - Falou batendo palmas, com suas pequenas mãozinhas.

[...]

Duas semanas depois...

Duas semanas haviam se passado após o incidente que aconteceu. Depois de dois dias, yeol recebeu alta e voltamos para nosso lar. Chanyeol foi a o túmulo de sua omma e se despediu. Admirava ele, pois apesar de todas as maldades, ele a perdoou. E que a mesma possa descansar em paz. Chanyeol ficou com toda a empresa, se tornando CEO de tudo aquilo. Em menos de duas semanas ele vendeu a antiga mansão de sua mãe, e comprou uma casa enorme mobiliada. Nos mudamos e Cho-Hee adorou o nosso novo lar. Chanyeol ficou melhor por completo, e estava animado com minha gravidez.

E nada melhor que passar um tempo em família, nós três. Sim, eu e Chanyeol decidimos ir para uma casa de praia a qual ele herdou de seu appa. E assim fizemos. Colocamos as malas dentro do carro e partimos rumo a casa de praia. Depois de algumas horas dentro do carro, onde ficamos cantando canções que Cho-Hee amava. As vezes ela se irritava com Chanyeol pois ele adorava fazer isso, irritá-la. Enfim, chegamos a casa de praia, e nem esperamos sequer mais um minuto. Fomos até a piscina que tinha a água tão bonita e morna ao mesmo tempo. Chanyeol pulou na piscina e logo depois pegou Cho-Hee fazendo a pequena se divertir nas águas. Fiquei observando os dois na beira da piscina. Mas logo Chanyeol me puxou pela perna e me fez cair na água. E ali começamos uma "guerra" d'água. Cho-Hee e Chanyeol contra a tal babá de duas crianças malucas. 

Deixamos a piscina e fomos diretamente para a praia que era deslumbrante e encantadora. Cho-Hee ficou encantada pois era sua primera vez vendo o mar. Ela correu com Chanyeol pela beira da praia e escreveu nomes aleatórios na areia. Chanyeol me pegou pela cintura e me levou até a água, logo agarrei sua cintura com minhas pernas e nossas intimidades se chocaram. Nos beijamos profundamente e podíamos ouvir os gritinhos de felicidade de Cho-Hee na areia. Tentamos fazer castelos que mas pareciam pequenas bolas de areia e tiramos fotos que iriam ficar conosco pelo resto de nossas vidas. Aquele sem dúvida. Foi o dia mais feliz de todos.





Notas Finais


Espero que tenham gostado. Beijos 😙💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...