História A Toast With Love!! - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Deidara, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Guren, Haku, Han, Hanabi Hyuuga, Hidan, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Kabuto, Kakashi Hatake, Kankuro, Karin, Kiba Inuzuka, Konan, Konohamaru, Kurenai Yuuhi, Kushina Uzumaki, Maito Gai, Minato "Yondaime" Namikaze, Nagato, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Personagens Originais, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shion, Shizune, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju
Tags Deidaraxsakura, Gaino, Itasaku, Naruhina, Narusaku, Nejixsakura, Sasosaku, Sasusaku
Visualizações 177
Palavras 3.533
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi pessoal, já faz tempo não? Me desculpe a demora, estive muito ocupada... mas saibam que eu não desisti de escrever, então não desistam de ler por causa da demora, sem mais demora aí está mais um capítulo, espero que gostem! Bjs Bjs ♡♡

Capítulo 6 - Almoço de Domingo!!!


Fanfic / Fanfiction A Toast With Love!! - Capítulo 6 - Almoço de Domingo!!!

Depois do convite inesperado do Sasuke, o resto da semana passou rápido e logo era domingo, confesso que estava um pouco assustada com o fato de ir para um almoço na casa dos Uchiha, mas nada que fosse me fazer desistir, ainda mais depois do próprio Sasuke Uchiha ter me chamado. Termino de me arrumar, minha tia me da carona até a casa dos Uchihas. Ao chegar lá toco a campainha e noto que os demais convidados já haviam chegado.

Uns segundos depois a porta é aberta e eu sou surpreendida.

- Ita...Itachi... o que... o que você está fazendo aqui? - falo paralisada

Ita - Sakura... sabia que era você a filha dos Haruno - fala sem aparentar estar sequer um pouco surpreso

- err... não me diga que você é um Uchiha? - pergunto um pouco preocupada

Ita - sim, eu sou o filho mais velho dos Uchiha! - diz ele sorrindo, até que eu olho e vejo o provavelmente filho mais novo

Sasuke - porque estão demorando tanto, os outros estão esperando... - diz nos encarando

Ita - foi mal... acabamos nos empolgando com a conversa... vamos Rosa! - diz ele sorrindo e estendendo seu braço para eu pegar e é exatamente isso que eu faço

- Claro Ita... e oi pra você também Sasuke! - falo sorrindo com sarcasmo, quando entramos me deparo com Neji e Deidara - agora pronto, meu primeiro amor, o cara que eu transei no elevador, e o meu amigo que pra variar eu fui pra cama, todos juntos em uma única sala - penso me amaldiçoando

Deidara - eai rosada quanto tempo... - diz ele sorrindo como se não tivesse me visto na boate ontem a noite

 - do que você está falando, nós nos encontramos ontem - falo sorrindo, ainda com Itachi, me surpreendo quando um homem vem em minha direção e me abraça, fico um tanto surpresa, ele se afasta e me olha sorrindo

Fugaku - como você se parece com a sua mãe, estou tão feliz por te conhecer Sakura-chan... - diz ele ainda sorrindo

 - por favor, me chame apenas de Sakura, sr.Uchiha...

Fugaku - e a senhorita pode me chamar de Fugaku... ou melhor me chame de tio! - diz ele sorrindo

- é claro tio...! - falo e sorrio também

Itachi - desculpe os modos do meu pai rosa, mas é que ele estava realmente ansioso pra te conhecer...

Fugaku -  então vocês já se conhecem? De onde? - perguntou curioso

Saky/Ita - vizinhos/elevador... - falamos totalmente corados

- quer dizer, nos conhecemos no elevador do prédio e descobrimos que somos vizinhos... - falo ainda vermelha

Itachi - é como ela disse... - fala também vermelho

Fugaku - entendi... - diz eu e Itachi suspiramos aliviados - bem, agora que estamos todos aqui podemos ir comer - diz ele me acompanhando até a cozinha, no caminho falo com Ino, Hinata, Neji, Deidara e os outros, logo depois nos sentamos com: eu no meio dos irmãos Uchiha, Deidara na minha frente com Neji do seu lado, Hinata ao lado de Deidara, Ino ao lado de Hinata

- eu mereço isso - penso enquanto comia, observo todos na mesa quando vejo uma mulher muito bonita ao lado de Fugaku - pensei que sua mãe tivesse ido embora - sussurro para Sasuke

Sasuke - e ela foi, aquela é Mikoto, está com meu pai faz alguns anos... - diz ele aparentando estar pensativo

Sakura - hum... - volto a comer, depois que terminamos, os garotos vão jogar vídeo game, os adultos conversavam e eu e as meninas também conversávamos enquanto observava os garotos jogando

Depois de um tempo Fugaku vem até mim e pede pra eu o acompanhar até sua sala.

Fugaku - acho que podemos conversar um pouco a sós... - diz ele sorrindo - eu estou realmente feliz em saber que a filha da Mebuki está bem!

- obrigado pela preocupação... - falo sorrindo um pouco envergonhada

Fugaku - você se parece bastante com sua mãe, embora a cor do seu cabelo seja igual a do seu pai! Não sei se você sabe mas eu e eles estudamos juntos quando eramos adolescentes... - disse pegando uma foto e me mostrando, na foto havia ele, minha mãe e meu pai - a diferença é que ela tinha algumas tatuagens, a preferida dela era uma flor vermelha no lado esquerdo do quadril...

- eu sei, na verdade eu fiz a mesma tatuagem que ela, no mesmo lugar, mamãe me dizia que a rosa vermelha era a flor preferida dela, por que na língua das flores significa "amor"! - falo com um pequeno sorriso

Fugaku - sei... Você parece mais com sua mãe do que eu poderia imaginar... eu sinto muito pelo que aconteceu com eles... - diz com uma expressão triste

- é... eu também sinto! - falo e sorrio triste

Fugaku - err... Vamos mudar de assunto, Sasuke me contou que você salvou ele quando ele se afogou a nove anos atrás, devo te agradecer por isso! 

- não precisa me agradecer, não foi nada... - falo com um sorriso forçado tentando disfarçar

Fugaku - pelo contrário... eu não iria aguentar perder meu filho, naquele tempo a mãe dele havia acabado de ir embora sem dizer nada, ele estava numa fase difícil e digamos que eu só tenha piorado tudo por causa da minha ausência... o único amigo que ele tinha era o Cruel, seu gato de estimação, ele não falava com ninguém, e nem comia direito, era muito apegado a mãe... - diz ele pensativo

- eu sinto muito pelo que aconteceu... - falo desviando o olhar para baixo pensativa

Fugaku - isso já é passado, Sasuke já superou o que aconteceu com a mãe e ele gosta muito da Mikoto, o que me deixa aliviado, eu ainda não contei para ninguém, mas a verdade é que vou pedir ela em casamento, mas estou um pouco assustado, ultimamente ela tem agido estranho, a Mikoto está sempre sorrindo, mas de uns dias pra cá eu não tenho visto o sorriso dela, acho que ela está cansada de mim... - diz ele suspirando

- eu fico feliz que você tenha superado o que aconteceu, então não se preocupe, tenho certeza que ela te ama, assim como o senhor ama ela! - falo sorrindo

Fugaku - você é realmente uma boa garota Sakura! - diz ele sorrindo - acho melhor voltarmos agora, suas palavras me deram confiança para pedir a Mikoto em casamento, eu não posso esperar mais, ou vou acabar perdendo uma mulher maravilhosa! -  fala se levantando

- vamos... mas antes pode me dizer onte fica o banheiro? - pergunto e ele aponta para o final do corredor

Fugaku - é só ir reto na penúltima porta a direita, eu estarei te esperando lá em baixo... - diz ele guardando a caixinha de aliança no bolso

Vou em direção ao banheiro mas antes de chegar nele acabo ouvindo alguém falando. 

??? - eu não sei mais o que fazer Sasuke... eu amo o seu pai, mas ele não me ama! Eu vou embora, não aguento mais... - diz a voz de uma mulher chorando

Sasuke - eu entendo o que você está sentindo Mikoto, mas tente ficar calma, esse é apenas o jeito dele - diz Sasuke tentando acalma-lá

Mikoto - Sasuke, eu amo seu pai, e amo você e seu irmão, nada me deixaria mais feliz do que fazer parte dessa família... mas se seu pai não me ama, não tem por que eu continuar aqui! - diz ela e eu fico preocupada e acabo entrando no quarto por impulso

- você não pode! - falo sem pensar

Sasuke - Sakura... o que está fazendo aqui? - perguntou ele me encarando

- isso não importa agora - falo e vou até ela - Mikoto eu sei que não nos conhecemos, mas por favor me escuta... isso é um mal entendido... - falo desesperada

Mikoto - como você pode saber disso? - diz ela me olhando

- como eu sei não importa, mas antes de ir embora espere até o final do dia... se até lá a senhorita não mudar de ideia pode fazer o que quiser, mas por favor aguente só mais um pouco! - falo séria

Mikoto - eu não sei por que você está dizendo isso, mas tudo bem, até o final do dia... - diz ela se acalmando - se me derem licença, eu vou retocar a maquiagem, os convidados ainda estão aqui, então não posso aparecer lá assim - ela sorri e sai do quarto

Sasuke - o que você está fazendo? Por que disse aquilo - diz ele preocupado

- está tudo bem... acredite em mim Sasuke - falo sorrindo

Sasuke - está bem... eu acredito, acho melhor nós voltarmos agora!

- espera só um minuto... falo e olho no espelho pra arrumar meu baton, pronto vamos!  - falo e voltamos para onde o resto do pessoal estava, uns minutos depois Mikoto também desce, e eu vou até Sasuke

Fugaku - LICENÇA... GOSTARIA DE PEDIR A ATENÇÃO DE TODOS POR UM MOMENTO - diz ele em voz alta e todos ficam em silêncio o observando - tenho algumas coisas para dizer... hoje eu fiz esse almoço para a filha de dois grandes amigos meu Haruno Sakura, obrigado por aceitar meu convite e agradeço também a presença de todos vocês... mas esse não é o único motivo por eu ter lhes chamado aqui a verdade é que tenho algo a dizer pra uma pessoa muito especial, a pessoa mais gentil, bela, carinhosa e amorosa que eu já conheci, a ela que veio de repente e me encantou com seu sorriso, e roubou meu coração... a mulher que eu amo... - diz ele indo até Mikoto que já estava com lágrimas nos olhos - eu sei que estou meio atrasado mas Satsuki Mikoto, você aceita casar comigo, e fazer esse homem a pessoa mais feliz do mundo? - diz ele de joelhos com a caixinha de aliança aberta em sua mão

Mikoto - você está falando sério!? - diz ela em lágrimas - é claro que eu aceito, eu também te amo muito... - disse enquanto ele coloca a aliança em seu dedo, logo se levanta e a abraça, todos começam a aplaudir

- eu disse que estava tudo bem... - falo sorrindo olhando para Sasuke

Sasuke - obrigado Sakura... - diz ele sorrindo enquanto me olhava

- não fiz isso por você... - falo virando o rosto para o outro lado

Sasuke - eu sei, mas mesmo assim obrigado! - diz ele sorrindo, essa foi a primeira vez que vi ele sorrir

Deidara - Sakura... posso falar com você? - pergunta ele sério

- claro, mas se for sobre o que aconteceu, eu já disse que está tudo bem... - falo me afastando de Sasuke e indo com Deidara para outro lugar

Deidara - não... Não é sobre aquilo, é outra coisa... - diz ele me olhando sério - preciso saber se você ainda sente alguma coisa pelo Sasori?

- sinceramente... eu não sei, aconteceu tanta coisa ultimamente que não tive tempo pra pensar sobre isso, mas acho que no fundo eu ainda sinto algo por ele - falo e o olho - por que está me perguntando isso?

Deidara - Sasori me pediu pra não te falar nada até que ele já estivesse no avião, mas não posso fazer isso - diz ele receoso - Sakura, o Sasori realmente te ama... aquele dia ele disse que não se importava mais com a aposta por porque queria ficar com você... 

- porque está me contando isso agora? - pergunto séria

Deidara- por que ele está se mudando... ele está indo pra França estudar pra ser um pâtissier... alguma coisa assim, e ele está indo indo pra lá hoje, sendo mais específico daqui a exatamente uma hora e meia - diz ele e eu fico em choque

- está me dizendo que ele vai embora sem me dizer adeus? - pergunto com lágrimas escorrendo pelo meu rosto

Deidara - sinto muito! - diz ele fitando o chão

- eu quero... eu quero muito ver ele - falo sem pensar

Deidara - se você for agora talvez chegue lá a tempo... 

- mas como? Eu não posso simplesmente sair daqui... - falo desesperada

Sasuke - eu levo você! - diz ele se aproximando

- não pedi sua ajuda... - falo fria olhando pra ele

Sasuke - ainda bem que eu não perguntei se queria... - diz sério - e eu não estou fazendo isso por você, apenas quero sair daqui e vou aproveitar você pra fazer isso! 

- ótimo, esse jeito desprezível combina melhor com você! - falo sorrindo irônico limpando minhas lágrimas - é melhor irmos agora! - falo puxando ele, vamos até o sr.Fugaku e digo digo que algo urgente surgiu, e Sasuke diz que iria me dar carona

  Saímos com o carro e depois de uma hora chegamos no aeroporto, desço correndo do carro e entro a procura de Sasori, no meio da correria tiro meus saltos que estavam me atrapalhando e continuo correndo com eles na mão, pergunto para um dos seguranças onde era o embarque para França e logo depois corri até o local, quando cheguei Sasori estava prestes a entrar no avião, vou até ele passando por todos na fila e o abraço por trás.

- não acredito que você realmente estava indo embora sem se despedir de mim! - falo chorando

Sasori - Sakura!? - diz ele se virando pra mim - o que você faz aqui? Quem te contou?

- o que eu faço aqui? Acha mesmo que eu iria deixar você ir embora sem antes falar comigo? Você deve imaginar quem foi que me contou... - falo o encarando

Sasori - me desculpa... Não imaginei que você faria algo assim, pensei que me odiasse! - diz com um olhar triste

- eu te odeio! Mas eu te odeio por que te amo, e o que aconteceu realmente me machucou, mas o que eu poderia fazer? Desde aquela vez em que eu e você nos beijamos naquela chuva, meus sentimentos por você haviam mudado, por esse motivo eu terminei com meu namorado por que meu coração batia cada vez mais forte quando eu estava com você, entenda de uma vez, tudo que aconteceu, é por que eu te amo, e não iria deixar você ir embora sem antes saber disso! - falo com lágrimas escorrendo pelo meu rosto

Sasori - Sakura... - fala, ele parecia estar surpreso, na verdade até mesmo eu estou - eu também te amo, de verdade eu sempre te amei, e aquela vez em que te beijei foi por que eu já te amava... eu acho que devia ter dito isso a muito tempo, talvez as coisas teriam sido diferente... - diz e me beija, mas um beijo rápido

- não importa agora... - falo mais calma - eu já disse o que precisava, me sinto feliz só de ter lhe contado isso, e mais feliz ainda de poder ouvir os seus verdadeiros sentimento... agora você tem que ir, vá atrás do seu sonho, eu estarei torcendo por você! - falo sorrindo

Sasori - você sempre diz o que eu quero ouvir... Obrigado - diz ele sorrindo

- não se esqueça de mim, está bem? - falo olhando em seus olhos

Sasori - nem se eu quisesse, jamais poderia te esquecer! - diz ele e beija minha testa depois vai embora, quando me viro noto algumas pessoas me encarando com lágrimas nos olhos, finjo não notar e vou em direção a saída, quando chego lá vejo Sasuke encostado na porta do carro

Sasuke - finalmente voltou... pensei que tinha ido embora também - diz abrindo a porta do carro pra eu entrar

- pensei que só estava me usando para sair daquele almoço... - falo entrando no carro, enquanto ele entrava também

Sasuke - é eu mudei de idéia... - diz ele dando partida

- obrigado, de verdade... - falo e ele pega um lenço em seu terno e me entrega

Sasuke - não foi nada... - diz mas antes de terminar eu o interrompo

- me desculpa... - falo olhando em seus olhos

Sasuke - te desculpar, pelo que? - perguntou confuso

- pelo tapa... e por todo o resto, sobre te odiar, aquilo que você me disse, eu sei que você estava certo, mas mesmo assim... eu passei a vida toda culpando um garoto que entrou no rio para salvar seu gato, mesmo você não tendo culpa de nada, eu só estava tão desesperada pra culpar alguém é acabei te culpando... mas depois de conversar com seu pai, eu estou feliz por ter te salvado naquele dia, agora eu penso que pude evitar que um pai perdesse seu filho! - falo olhando em seus olhos e sorrindo

Sasuke - você não tem que se desculpar, não devia ter dito aquelas coisas pra você, e não tem problema nenhum querer culpar alguém, seus pais morreram, você não pôde nem se despedir deles, e ainda por cima tinha apenas oito anos, qualquer pessoa em seu lugar não aguentaria o que você suportou e suporta até hoje! Então está tudo bem você se deixar ser mimada um pouco! - diz ele  e bagunçando meu cabelo

- nunca pensei que diria isso mas... obrigada Sasuke! - falo sorrindo sincera

Sasuke - não foi nada... eu quem devia lhe agradecer por ter salvo minha vida! - diz ele ainda sorrindo

- de nada... e Sasuke, agora que resolvemos tudo, podemos ser amigos!? - pergunto o olhando

Sasuke - por que não? Nunca pensei que diria isso, mas vai ser bom ter você como amiga Sakura Haruno! - disse sorrindo e no caminho de volta pra minha casa fomos conversando sobre coisas aleatórias - está entregue - diz ele parando o carro em frente ao meu prédio

- Sasuke... Você disse que está tudo bem se eu for mimada de vez em quando, certo? - pergunto o encarando

Sasuke - sim, por que? - perguntou confuso

- então você pode ficar comigo mais um pouco? Não quero ficar sozinha... - falo desviando o olhar

Sasuke - se é isso o que você quer, eu fico - diz ele estacionando o carro, nós descemos e fomos para o meu apartamento, eu troquei de roupa e depois fui para sala onde ele estava

- quer beber alguma coisa? - pergunto me sentando ao seu lado no sofá e ligando a TV

Sasuke - não, estou bem... - disse sem tirar o olhar da televisão

-... Então, você já decidiu o que vai fazer depois que terminar o ensino médio? - pergunto tentando puxar assunto

Sasuke - vou fazer faculdade, me formar em administração e herdar a empresa do meu pai... - fala e olha pra mim - e você? 

- vou fazer faculdade de medicina... quero ser pediatra - falo sorrindo - mas é você, vai herdar herdar a empresa do seu pai por que quer, ou por que ele mandou? - pergunto séria

Sasuke - você... - fala e dá uma leve risada - é a primeira vez que alguém me pergunta isso, as pessoas sempre falam em como o filho mais novo irá assumir a empresa, ninguém nunca me perguntou se eu realmente queria isso... - diz ele olhando em meus olhos, o que me fez corar um pouco, então eu desvio o olhar

- es... estou apenas preocupada, não acredito que alguém como você possa assumir uma empresa - falo atrapalhada, o que faz ele rir

Sasuke - o que... Por que você ficou vermelha? - diz ele rindo

- eu não estou não... - falo desviando o olhar

Sasuke - você está sim... - diz ele apertando minha bochecha, e eu faço o mesmo com ele - está bom... Você venceu! - diz ele me soltando

- ótimo, mas você ainda não respondeu minha pergunta! - falo sorrindo

Sasuke - no começo eu não tinha vontade, mas com o passar do tempo eu percebi que não poderia viver daquele jeito pra sempre, então passei a levar a sério, e quero assumir a empresa do meu pai! - diz ele sério - agora que você conseguiu minha resposta, me diz por que motivo quis ser médica, ainda mais pediatra? - perguntou sorrindo me olhando

- esse era o sonho de uma amiga minha... ela sempre falava que quando crescesse iria fazer faculdade de medicina, mas no dia em que havíamos recebido a notícia em que tínhamos conseguido passar na escola em que queríamos... fomos comemorar, eu, ela e a Hinata, mas na volta um acidente aconteceu e ela morreu no meu lugar... Desde então eu passei a estudar para que o sonho dela fosse realidade, isso é o mínimo que eu posso fazer, mas agora não faço isso apenas por ela mas por mim também, quero ser médica pela Anna, e ser pediatra por escolha própria! - falo sorrindo - foi mal, acabei falando sem parar...

Sasuke - tudo bem... fico feliz que você confie em mim para me contar isso - diz bagunçando meu cabelo - agora vejo que você tem um objetivo por trás de suas escolhas, essa sua amiga deve estar feliz por você estar fazendo isso pensando nela... - falou passando a mão no meu rosto

- eu espero que sim... - falo calma - obrigado por me ouvir... - falo sentindo meus olhos pesarem

Sasuke - eu que tenho que te agradecer... - diz e isso foi tudo que consegui ouvir antes de apagar, mas sinto que ele havia falado algo que não fui capaz de entender - não durma quando tem alguém falando com você... garota tola... eu ainda sou um homem, não fique tão vulnerável assim, eu posso te atacar...!


CONTINUA...! ♡★



















Notas Finais


aí está mais um capítulo, espero que tenham gostado até o próximo!
Bjs bjs bjs!
♡♡♡♡♥♥♥♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...