História A Traição - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Adrian Harris, Aiden, Alan Deaton, Allison Argent, Araya Calavera, Benfeitor, Bobby Finstock, Breaden, Brett Talbot, Chris Argent, Claudia Stilinski, Cora Hale, Corey Bryant, Danny Mahealani, Decaulion, Derek Hale, Dr. Valack, Enis, Erica Reyes, Ethan, Garrett, Gerard Argent, Hayden Romero, Isaac Lahey, Jackson Whittemore, Jennifer Blake, Jordan Parrish, Kali, Kate Argent, Ken Yukimura, Kira Yukimura, Laura Hale, Liam Dunbar, Lydia Martin, Malia Tate, Marin Morrell, Mason Hewitt, Matt Daehler, Melissa McCall, Meredith Walker, Natalie Martin, Noshiko Yukimura, Paige, Personagens Originais, Peter Hale, Rafael McCall, Scott McCall, Sheriff Noah Stilinski, Stiles Stilinski, Talia Hale, Theo Raeken, Vernon Boyd, Victória Argent, Violet
Tags Allison Argent, Boyxboy, Derek Hale, Gay, Isaac Lahey, Jackson Whittemore, Liam Dunbar, Lydia Martin, Mason Hewitt, Possessivo, Scott Mccall, Stiles Stilinski, Teen Wolf, Theo Raeken, Thiam, Traição
Visualizações 55
Palavras 2.210
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Lemon, LGBT, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Preparados para chorar???
leiam esse capítulo escutando: something's Gotta Give - da camila cabello.
https://open.spotify.com/track/7IL3UOlcJ6nmcCMwpnlfcA?si=Z5UjZANRSD6MjmAcH7wmJg

Capítulo 3 - Chapter Three


Três dias se passaram, era quarta feira e tudo estava uma correria, Liam e os outros funcionários levavam as coisas para o salão, Josh estava se aprontando com a avó e nada de Thel, Liam sabia que o garoto iria chorar muito pois seu pai prometeu que voltaria à tempo, esquecendo-se disso Liam terminou de arrumar o salão e viu que estava tudo perfeito.

Foi para casa onde tomou um banho rápido e se trocou de roupa colocando um moletom e uma calça skinny. Ligou para sua mãe para dizer que já estava pronto e partiu para a festa.

Crianças corriam por todo lado e Liam sorriu abertamente ao ver seu filho correndo e brincando com as outras crianças, seus colegas de escola e primos da família, Maria se aproximou dele e começou a falar coisas envolvendo Theo.

-Ele não voltou até hoje Liam? - Perguntou indignada.

-Não, e quando eu tento ligar, só da desligado! - Bufou irritado ao lembrar da situação.

-Oh querido, quem sabe ele não quer fazer uma surpresa?... Talvez ele chegue! - Colocou sua mão sobre as costas de Liam.

-Tomara Maria, porque se ele não chegar, Josh vai ficar muito triste!

Maria apenas concordou e suspirou saindo de perto de Liam, ele voltou a olhar seu garoto e resolveu comer algo. Enquanto comia assistiu seu filho se aproximar dele com um biquinho nos lábios.

-Papai, papa Theo non vai vim pra festa do Josh? - Perguntou com ar de choro.

-Olha bebê, talvez ele chegue de surpresa yeah? - Pegou o garoto no colo e o mesmo suspirou concordando - Vá brincar vai!, daqui a pouco vamos cantar o parabéns.

E assim foi a tarde de Liam e de seu filho, se divertindo no aniversário.

Mais à noite Liam assistiu seu filho chorar a noite toda, Theo não havia chegado como Maria esperava e Josh estava triste, Liam foi para o quarto do menino mas assim que ia entrar seu celular tocou, no visor tinha o nome "BabyCakes", era Theo e Liam estava pronto para matá-lo, atendeu o celular.

-Olha só, você está vivo! -Disse seco.

-Não seja rude amor, liguei para saber como estão as coisas ai! - Ele disse simples.

-Sabe como estão?... Péssimas Theo e a culpa é sua! -quase gritou.

-Minha porque?, eu não fiz nada!

-Theo, o aniversário do seu filho foi hoje e você não estava aqui, a dias atrás Josh estava doente e só queria você, eu tentei te ligar mas você não atendeu, você ta machucando o garoto e não vê! - Um silêncio se instalou.

-Me... Me desculpe amor... Juro que depois compro um presente para ele!

- Ele não precisa de presentes, ele precisa do pai, de você Theo! Seu filho está chorando por sua culpa. Era para você ter voltado, vai morar ai agora? - Seu tom de voz almentou, Liam estava com muita raiva.

-Deixe-me falar com ele... - Theo pediu e Liam suspirou alto entrando no quarto de seu filho.

O coração de Theo pareceu se quebrar ao ouvir os soluços do garoto do outro lado da linha.

-Josh, seu pai quer falar com você! - Liam disse se sentando na cama.

-Josh non tem outro pai, Josh só tem o papai Lee, papai Thel abandonou Josh e eu non gosto mais dele! - O garoto disse abafado por conta do travesseiro e Liam saiu do quarto do mesmo.

-Ele não quer falar com você! - Liam voltou a falar com o mais velho - E nem eu, passar bem Theo, espero que esteja se divertindo!

Liam não deu chance de Theo responder pois desligou o celular na cara do mesmo, Liam estava ferido e as palavras de seu filho foram demais para ele.

Do outro lado Theo preparava sua mala, ele iria voltar para casa e reconquistar o amor de seu filho que era a coisa mais importante para ele, Mia falava coisas como "ele irá te perdoar, fica mais" só que desta vez Theo não se convenceu e apenas disse que voltaria para casa!

Um mês depois

Theo estava em sua casa, não estava tudo como antes, ele dormia no quarto do hóspedes e seu filho mal falava com ele, tudo estava da pior maneira possível e Theo sabia que era o culpado de tudo, Maria lhe deu uma bronca e ele recebeu um puxão de orelha de Lydia.

Liam se levantou com dificuldade pois a preguiça era tanta que seu corpo se recusava a sair da cama, mas a campainha tocava então ele decidiu atender a mesma o mas rápido possivel para o barulho não acordar Josh, Hoje era dia de folga dos empregados então Liam foi até a porta e quando abriu a mesma deu de cara com uma garoto não muito alta, Loira de olhos azuis e de lábios bem vermelhos, ele colocou seu melhor sorriso.

-Olá, quem é você? - Perguntou gentilmente.

-Olá! Eu sou Mia! - Sorriu simpática - Harry está?

Louis ficou curioso, por qual motivo aquela mulher que ele nunca tinha visto na vida estava à procura de Theo.

-Infelizmente não, Harry foi trabalhar cedo - Mentiu fazendo uma falsa voz de desapontamento - Era só com ele?

-Na verdade eu posso deixar com você! - Sorriu e foi até o carro de onde tirou uma pequena mala - Harry deixou essas roupas na minha casa enquanto ele esteve na Califórnia!

Espera...Como assim? Thel disse que havia ficado em um hotel.

-Oh sim, pode deixar comigo! - Liamo já estava se exaltando.

-A propósito, qual seu nome? - Ela parecia curiosa.

-Liam! - Disse simples colocando a mala no sofá.A garota fez uma cara de surpresa e sorriu.

-Ah sim, você é o irmão de Theo certo? -Liam se espantou.

-Como foi que disse? - Ele perguntou indignado.

-Sim, Theo havia me dito que tinha um irmão chamado Liam, não é você?

-Oh claro, sim o "Irmão" de Theo!

-Bom, foi um prazer conhecê-lo, quando Harry chegar diga à ele para me ligar, estarei no hotel esperando por Harry!

Liam não disse nada apenas fechou a porta e pegou a mala seguindo direção para o quarto que Theo se encontrava....

°•°•°•°•°•°

Loving you, I thought I couldn't get no higher

(Te amando eu pensei que não poderia ir mais alto)

Liam entrou no quarto de Theo e jogou a mala de roupas sobre o mesmo que acordou assustado.

Your November rain could set the night on fire, night on fire. But we could only burn so long

(Sua chuva de novembro poderia incendiar a noite, incendiar a noite,mas nós só poderíamos queimar por um tempo)

-Mas que porra Liam! - Ele se levantou gritando.

-Isso ai foi a mala que sua amiga trouxe pra você! - Falou calmo - Que história é essa de que eu sou seu irmão Raeken?

Counterfeit emotions only run skin deep Know you're lying when you're lying next to me, next to me

(Falsas emoções são apenas superficiais sei que você está mentindo quando está deitado ao meu lado, ao meu lado)

-Eu... Porra...Mia veio aqui?

-Como sabe que foi Mia?... Eu nem disse o nome dela!

How did we get so far gone?

I should know by now

You should know by now

We should know by now

(Como chegamos tão longe?Eu já deveria saber, você já deveria saber,nós já deveríamos saber.)

Liam havia encurralado Theo nesta questão, o mais velho se levantou e se aproximou de Liam que se distanciou.

-Me desculpa Lee... Eu não queria! - Começou a chorar.

Something's gotta give, something's gotta break

(Alguém tem que ceder, alguém tem que quebrar)

But all I do is give, and all you do is take

(Mas tudo que eu faço é dar, e tudo que você faz é tomar)

-Não queria o que Theo? - Liam estava confuso.

-Eu fiquei na casa de Taylor... Nós... Ficamos...

Something's gotta change, but I know that it won't

(Alguém tem que mudar, mas eu sei que não vai)

No reason to stay is a good reason to go

(Nenhuma razão para ficar é uma boa razão para ir)

Is a good reason to go

(É uma boa razão para ir)

-Espera!...Você está me dizendo que me traiu? - Liam se exaltou - Eu não acredito que você fez isso comigo! - Gritou começando a chorar.

I have never heard a silence quite so loud

(Nunca ouvi um silêncio tão alto)

I walk in the room and you don't make a sound, make a sound

(Eu ando pelo quarto e você não faz um som, não faz um som)

-Eu não queria Liam, estava bêbado, foi só um escorregão, eu juro que não queria, me perdoa por favor! - O maior tentou se aproximar do maior que novamente se afastou.

You're good at making me feel small

(Você é bom em fazer eu me sentir pequeno)

If it doesn't hurt me, why do I still cry?

(Se isso não me machuca, por que eu ainda choro?)

-Bebida não é desculpa. Você não pensou no seu filho...Você não pensou em mim... - Sussurrou- Você deixou de ir no aniversário de seu filho porque estava se pegando com aquela garota?- Theo não o respondia - Pegue suas coisas e vá embora da minha casa, vai procurar Mia... Fique com ela! - Liam disse calmo saindo do quarto do cacheado.

If it didn't kill me, then I'm half alive, half alive

(Se isso não me matou, então eu estou meio viva, meio viva)

Is a good reason to go…

(É uma boa razão para ir…)

Seu coração estava despedaçado, Theo não teve consideração nem de seu filho e isso matou sua alma de todas as formas possíveis. Lia. passou pelo quarto de seu filho onde escutou o mesmo chorando, entrou no quarto do mesmo tentando disfarçar sua tristeza.

-O que foi amor? - Perguntou calmo se sentando ao lado do garoto que pulou no colo do pai.

-O papa brigou com você? - Josh o olhava com os olhos marejados.

-Oh babe, papai só se desentendeu com ele okay? - Viu o garoto assentir.

-Agora desça e peça pegue um biscoito na geladeira pra você comer que tal? - O garoto pulou de seu colo voltando a sorrir.

-Morango? - Perguntou animado.

-Claro - Riu se levantando-

Viu o garoto descendo animado novamente e a partir daquele momento decidiu que dedicaria tudo para a felicidade de seu filho, claro que ele estava afetado pelo que Theo havia feito, mas Liam sabia que precisava ser forte por seu filho.

°•°•°•°•°•°

Mais tarde Theo estava na casa de sua mãe, Maria estava lhe enchendo de broncas e a mulher teve que segurar Lydia que queria partir para cima do garoto. Todos da casa estavam com raiva e tristes, Theo estava destruído, ele ligou para Liam mais de vinte vezes naquela tarde e o garoto nunca atendia, e o pior, Mia o ligava toda hora, mas o garoto só dizia que não estava a fim de sair e desligava, tudo começou com Mia e é nela que vai acabar, foi o que Theo pensou até receber uma notícia que piorou seu dia...

°•°•°•°•°•°•°

Com a ajuda de Mason. Liam conseguiu se animar, claro que ele não estava muito feliz mas Mason faz mágica, o levou para um parque onde ficaram brincando e conversando, Liam voltou para casa e tomou um banho demorado, assim que foi pra sala sua mãe o ligou e depois de horas conversando ele recebeu a notícia de que daqui três mêses ela faria um jantar para comemorar o aniversário do mesmo, claro que ele apenas concordou e desligou o celular.

Ele pensava em Theo, ainda não conseguia acreditar que o cacheado havia o traído, o problema era com ele?... Ele não dava amor o suficiente?... Foi o que rodeou sua mente, isso estava demais para ele e mais uma vez, desabou, seu choro podia ser ouvido da cozinha onde algumas empregadas estavam preocupadas, Danielle foi até o mesmo e começou a conversar com ele.

°•°•°•°•°•°•°

Theo estava na sala, conversava com Mia, perguntou à ele porque ela havia voltado e a garota disse que descobriu que estava grávida, o mundo de Theo acabou de cair, Lydia disse que iria ver Liam pois não aguentava ficar no mesmo ambiente que Mia, Theo não aceitou o fato de a garota estar grávida afinal à um mês eles não se relacionam, o que impede de ele achar que está sendo engado?.

Maria como a pessoa correta que é disse que o filho teria que assumir caso o filho fosse realmente dele, claro, a mulher não foi com a cara da Loira assim que olhou a mesma já viu que ela não é uma boa pessoa. A loira insistia em perseguir Theo para todo lugar e ele estava intediado. Ele estava trabalhando quando a loira chegou em sua sala querendo conversar sobre um possível namoro ou até um casamento, o garoto apenas negou e disse que não estava preparado para isso até porque ele tinha um marido, claro que ele não mencionou isso à Taylor mas ele teve que explicar o fato de sua mãe ter mencionado Josh.

-Você tem um filho, Theo? - Ela perguntou curiosa.

-Sim Mia, tenho um filho! - Suspirou.

-Ótimo, ele vai adorar ter um irmãozinho ou irmãzinha. - Ela disse animada.

A janta seguiu com Mia falando sem parar, Maria queria a esganar mas antes de fazer algo, Lydia chegou com Josh em seu colo.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...