1. Spirit Fanfics >
  2. A Traidora (Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba) REESCREVENDO! >
  3. O começo da vingança

História A Traidora (Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba) REESCREVENDO! - Capítulo 1


Escrita por: Lucille_Chris

Notas do Autor


Boa leitura

⚠️ Um pequeno aviso: Esse capítulo pode conter algum pequeno gatilho para as pessoas ⚠️

Espero que gostem da reescrita

Capítulo 1 - O começo da vingança


Fanfic / Fanfiction A Traidora (Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba) REESCREVENDO! - Capítulo 1 - O começo da vingança

◇ No Santuário do Paraíso Eterno ♧

☆ Noite - 08:30 P.M ♤

Aika: on

Eu estava vendo o céu estrelado na janela do corredor do Santuário, enquanto eu penso na minha mãe e nas vítimas que matei horas atrás

–– Me perdoa humanos... Eu não queria fazer isso. Digo sem nenhuma expressão no rosto, com falso arrependimento e eu limpo minha boca cheia de sangue

Alguns minutos depois...

Mãe: Filha, o que aconteceu dessa vez? Minha mãe aparece com um olhar de tristeza pelos humanos e ela começa a olhar o céu estrelado comigo

–– Nada demais, eu só matei alguns humanos. Digo com frieza e sem sentimentos

Mãe: Eu sinto muito por essas pessoas, mas eu sei que não é sua culpa por nascer assim, filha. Ela faz um afago nos meus cabelos negros

–– Okaasan, eu posso não ter sentimentos mas eu acho que eu te amo. Digo séria e olhando para a minha mãe

Minha mãe me abraça com muito carinho e amor, mas eu não correspondo o abraço

Mãe: Eu também te amo, filha. Ela me dar um beijo na testa e ela dar um sorriso amável

(O que é o amor? Eu acho que eu nunca vou saber)

Douma: Moshi moshi, Aika-chan. O Douma aparece e ignora a presença da minha mãe

–– O que você quer, tio Douma? Digo com seriedade e olhando para o loiro

Douma: Calma, minha cara, eu só quero avisar que o mestre Kibutsuji me ordenou que eu te levasse para a reunião dos 12 kizuki. Diz o mesmo com seu sorriso 

Antes que eu pudesse responder uma mulher apareceu e ela estava com o pescoço sangrando

Mulher: Por favor... me ajude. Ela diz em total desespero e se escondendo atrás de mim por causa do Douma. – Esse monstro tentou me matar

Eu reviro os olhos, eu pego o pulso dela para ela ficar na frente e eu pego o pescoço dela

–– Humana idiota e ingênua. Eu quebro o seu pescoço, eu jogo ela no chão e eu piso no corpo dela como se fosse um tapete

–– Bom, eu tenho escolha de não ir para essa reunião? Pergunto mesmo sabendo da resposta

Douma: Não!

–– Vamos logo então. Assim que eu falei nós fomos invocados pela Nakime para irmos pro Castelo Infinito

...

♤ No Castelo Infinito ■

(Faz anos que não venho aqui)

Eu me deparo com as outras luas superiores e com as luas inferiores

As Luas: Moshi moshi, Aika-chan. Diz os onis me chamando a atenção e eu os olho com desprezo

–– Não falem comigo. Digo com frieza. – Eu não quero gastar minha saliva para falar com vocês, seus seres patéticos e fracos

(Eu quero tanto matar eles)

As Luas começaram a se ajoelhar, eu olho para o lado e percebo que o Muzan chegou

–– Moshi moshi, Muzan. Dou um sorriso de deboche. – É um desprazer te ver, idiota

Muzan: Você sabe que eu posso te matar por me desrespeitar, né? Diz ele me encarando e eu reviro os meus olhos

–– Eu não tenho medo de você, Muzan. Cruzo os meus braços. – E eu pensei que eu fui clara quando eu disse que não queria te ver

O Muzan me ignorou e começou a reunião

Que sortuda... Pensou as luas ao presenciar a situação à frente deles

...

□ Noite - 12:00 A.M ♡

Muzan: Saíam daqui! As luas foram embora imediatamente

–– Que covardes... Murmuro baixo, eu viro as costas para ir embora e eu começo a caminhar para sair daqui

Muzan: Você fica! Ele fica na minha frente e me pega pelo pescoço

–– Me solta, seu... Ele fez um sinal para eu ficar calada e eu cuspo na cara dele

Muzan: Quem você pensa que é para me enfrentar? Diz com uma calma que me impressionou e limpando o seu próprio rosto

–– Seu pior pesadelo, seu maldito. Ele começou a perfurar o meu pescoço com suas garras e eu tentava me soltar

–– V-v-você vai p-pagar, M-Muzan. Ele me jogou com tudo no chão e eu vi que respingos de sangue caia do meu pescoço

Muzan: Somente saia daqui. Ele me encarou de novo. – Você vai ser útil para mim, por isso eu não vou te matar agora. Ele estrala os dedos e a Nakime toca o seu biwa

| Fora do Castelo Infinito |

Eu cai numa floresta, eu me levantei e comecei a caminhar para ir pro Templo do Douma

(Eu quero acabar com você... Você vai pagar!)

Eu começo a tossir, eu caio no chão de novo e eu coloco um pano na minha boca

–– Que doença é essa? Sussurro para mim mesma, eu me levanto e começa a caminhar novamente

...

No meio do caminho eu me deparo com alguns caçadores de oni, eu me escondo e eu começo a escutar a conversa deles

1° Caçadora de oni: Você acredita que dar pra matar os onis com essas nirichins? Digo ela bastante animada e falando com o outro caçador

2° Caçador de oni: É muito legal essas nirichins. Ele balança a nirichin. – E vamos enfrentar vários onis. Os dois somem do meu campo de visão e eu vou para o Templo do Douma

[...]

○ No dia seguinte □

♧ Numa Montanha ♤

Eu estou andando pela montanha com a minha sombrinha depois de tomar banho num lago

–– Que banho delicioso. Falo comigo mesma, paro de caminhar e eu olho para o céu

(Deve ser incrível sentir a luz do sol na pele)

Eu suspiro, afasto esse pensamento e eu continuo a caminhar

...

1° Pessoa aleatória: Você vai participar da Seleção Final? Isso chamou minha atenção e eu decido para de caminhar para escutar a conversa

2° Pessoa aleatória: Claro que sim, vai ser muito fácil

(O que é a Seleção Final?)

Eu continuo meu caminho e tentando controlar a minha fome por ser de dia

Alguns quilômetros à minha frente eu me deparo com uma casa e eu decido ir para essa casa para "pegar" alguma nirichin para matar os onis

°•° QDT •°•

☆ Na Casa do Ketsueki ♡

–– Aonde está? Aonde está? Digo vasculhando as coisas da casa e bagunçando tudo

(Que droga... Eu acho que não está aqui)

–– Como eu vou conseguir essa nirichin? Sussurro para mim mesma e continuando a minha procura

Eu percebo que alguém está abrindo a porta da casa e eu me escondo num baú

?? –– Tem alguém aí? Eu escuto passos, eu abro um pouco o baú e eu vejo que ele tem uma nirichin guardada na bainha

(Uma nirichin?)

?? –– Eu sei que você está aí! Pode sair. Eu engulo seco, eu saio do baú e o homem se depara comigo

?? –– Quem é você? Por que você está aqui? Ele fica na minha frente e me ameaça com a sua nirichin no meu pescoço

–– Meu nome é Sugihara Aika e eu vim aqui para roubar a sua nirichin. O mais alto se surpreende com a minha sinceridade

?? –– E o que você pretende fazer com uma nirichin? Diz o mesmo desconfiado de mim e eu reviro os olhos com um pouco de raiva

–– Ser uma caçadora de oni e matar uma pessoa em particular. Digo uma meia-verdade e olhando para o homem

?? –– E você acha que é só pegar uma nirichin e você já é uma caçadora? Fico surpresa e eu confirmo com a cabeça

–– E não é assim? Ele nega com a cabeça e ele tira a nirichin do meu pescoço

?? –– Eu vou poupar a sua vida. Fico confusa por ele decidir fazer isso. – Entretanto, eu vou te treinar para você ser uma caçadora de oni e para eu te perdoar

–– Qual é o seu nome? Eu fico de costas para ele e começando a arrumar a bagunça que eu fiz

?? –– Ketsueki Nensho

Por que ela está com uma mecha branca na sua nuca? Pensou o Ketsueki olhando para a oni de costas e ele começa a arrumar a sua casa junto com a Aika


Notas Finais


Até a próxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...