1. Spirit Fanfics >
  2. A Três é Mais Gostoso >
  3. Oneshot - Capítulo Único

História A Três é Mais Gostoso - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


OLÁ LEITORES! Matheus aqui!

Há um bom tempo atrás postei uma fic do Jared e do Stephen, dando uma dica sobre uma possível participação do Jensen na próxima. Pois bem, essa não é uma continuação daquela, mas tá ai o trio prometido!

Espero que gostem!!!!

Capítulo 1 - Oneshot - Capítulo Único


Jared, Jensen e Stephen

A TRÊS É MAIS GOSTOSO

 

- Então isso é uma festa de despedida dos protagonistas de Supernatural? - Perguntou Stephen ao entrar na casa de Jensen Ackles no Canadá. O que o rapaz chamou de festa na verdade se resumia em um Jared Padalecki semi nu no sofá tomando cerveja e um Jensen Ackles, também usando apenas sua cueca jock, deixando sua bunca completamente a mostra, fazendo o mesmo e comendo vários salgados.

 

- Tava esperando o que? - Jensen perguntou, andando até a cozinha com sua bunda a mostra. - Prostitutas e drogas? Talvez quando a gente tinha 20 e pouco anos. Depois dos 35, já era.

 

Stephen riu e deixou os fardos de cerveja que trouxe na bancada, indo até o sofá com eles.

 

- Regras, entrou na casa, tira a roupa. - Jared disse, olhando para o loiro. Sem pestanejar, Stephen retirou a camisa que usava e mostrou seu corpo escultural. Ficou como seus anfitriões, apenas com sua cueca boxer branca e se sentou no sofá.

 

Jensen voltou da cozinha com mais salgados e colocou na mesa de centro, fazendo questão de ficar de costas para Stephen e abaixar o máximo, fazendo com que o homem visse seu buraco rosado.

 

O pau de Stephen respondeu a visão, dando uma leve crescida no volume de sua cueca. Jared notou a excitação, mas não disse nada. Apenas notou o corpo de Stephen, 1.85 m de muito músculo e definição, coxas largas e fortes e braços grossos. Típico corpo de super-herói. Ele via pelo volume que se formava na cueca do ator que ele não deixava a desejar naquele ponto também.

 

Jensen se sentou ao lado de Jared, colocando sua perna esquerda sobre as coxas do maior e beberam, conversaram, cantaram por muito tempo da noite. O álcool subiu pela cabeça deles, do jeito que os intérpretes do Winchester tinham planejado.

***

Jared e Jensen tinham descobrido o sexo gay em 2007, dois anos que trabalhavam juntos. Eles dividiram casa por um tempo e nesse tempo se viram nus em diversos momentos. Um dia, quando chegaram mais cedo da gravação, Jared acabou por ver Jensen se masturbando na sala e, com certa naturalidade, se juntou a ele. Aquela primeira punheta, com direito a mão amiga, se desenvolveu em boquete nas semanas seguintes, até o momento que Jared aceitou ser passivo. A única condição foi que Jensen deixasse ele meter na próxima. Assim feito, Jensen enfiou seu grosso pau no cu de Jared, e dois dias depois era Jared que estava metendo em Jensen.

 

Anos depois de várias transar maravilhosas, Jared e Jensen pensaram em tentar coisas novas e decidiram trazer mais alguém para suas brincadeiras. Jared era mais chegado em Stephen e fez uma primeira investida para saber se ele seria a presa certa. Em um determinado dia, ou melhor, noite, Jared e Stephen foram em um bar na cidade de Toronto, no Canadá, e beberam algumas cervejas. Quando Stephen anunciou que iria ao banheiro, Jared o seguiu. O mictório ocupava toda uma parede e apenas três cabines eram privadas, Jared torceu para que Stephen fosse para o mictório e se alegrou ao ver que o loiro fez aquele caminho.

 

Parado ao lado dele, Jared abaixou seu zíper e mostrou seu invejável membro, era um membro longo e grosso, não circuncisado e com algumas veias saltadas, ele puxou a glande e se permitiu olhar para o membro do amigo. Stephen tinha um membro menor que o dele, mas ainda de um tamanho considerável. Era grosso e circumcisado. Jared terminou de mijar e balançou sua rola, chamando atenção do loiro que começou a ter uma ereção.

 

- Gostou? - Jared pergutou, vendo que Stephen estava vidrado na rola balançante dele.

 

- Você deu sorte ai. - Stephen riu e guardou seu pau meia bomba, envergonhado.

 

Semanas depois, as gravações estavam chegando ao fim e ambas as séries se preparavam para o anúncio de que a próxima temporada seria a última. Jared e Jensen prepararam uma festa de despedida, somente entre os três.

***

Os três já estavam bem alterados quando decidiram jogar “eu nunca”, um jogo bobo de adolescentes que eles se permitirar jogar naquele estado. Os shots estavam postos e as perguntas começaram.

 

- Eu nunca bati punheta com outro cara. - Jensen disse, e os três beberam.

 

- Um com o outro? - Stephen perguntou, e a resposta foi uma pegada que Jensen deu no pau duro de Jared por cima da cueca.

 

- Eu nunca manjei rola. - Jared perguntou, e os três beberam.

 

- Eu nunca quis transar com meu amigo. - Stephen foi o primeiro a bebe u o líquido, olhando fixamente para Jared.

 

- Acho que podemos deixar a brincaderia de lado, e começar algo de verdade. - Jared disse, agarrando Jensen e beijando-o calorosamente. Seus corpos semi nus se encostam e eles se vem grudados um no outro, as mãos percorrendo as costas alheias enquanto as língus se curzar entre as bocas.

 

Stephen vê a cena boquiaberto e com muito tesão, ver aqueles dois belos homens se pegando na sua frente é a melhor cena que já vira. As mãos fortes de Jared apertavam o corpo de Jensen e desciam até sua bunda desnuda, apertando-a enquanto Jensen unha as costas do maior. Seus paus duros se encostam, o de Jared já fugindo da cueca, e o de Jensen quase rasgando a jock.

 

Stephen parece estar vendo um porno ao vivo e começa a apertar o pau duro por cima da boxer, seus olhos ainda fixos na cena. Ele retira a peça de roupa e começa masturbar seus grossos 17 centímetros. Ele via o buraco de Jensen ser invadido pelos longos dedos de Jared e os gemidos abafados do rapaz o fazia delirar de prazer.

 

O beijo foi interrompido, Jensen se ajoelhou na frente de Stephen e admirou o pau do rapaz. Era muito parecido com o dele, mas era levemente mais fino, a glande rosada e chamativa fazia com que Jensen quisesse devorá-lo de uma vez só, mas começou apenas com uma punheta.

 

- Belo pau Amell. - Jensen disse, olhando para o rapaz que sorria e observava a cena com muito prazer.

 

- Chupa logo Jen! - Jared disse e ele obedeceu, engoliu a rola com facilidade, chegando, encostando o nariz na pelugem loiro escuro recém aparada. Suas mãos massagearam as bols fartas e sua boca lambusava o membro. Seus movimentos de vai e vem eram interrompidos para que ele pudesse lamber o membro e logo voltava a engolindo.

 

Stephen gemia alto com o boquete, Jensen parecia ter treinado muito e conseguia fazer ele sentir prazeres completamente novos. A succção era abrulhenta e prazerosa, mas o melhor de tudo era ver um rapaz tão belo engolindo seu pau com muita vontade.

 

Jared, cansado de só olhar, retira sua cueca e o enorme membro de 23 centímetros surge na cara de Stephen. O rapaz prontamente começa a masturbá-lo, sentindo o peso do pau que o maior carrega. Ele puxa a pele que cobre a glande e vê a cabeça rosada fazendo contraste com o pau moreno. Sua boca parece ser atraída para o pau e logo se vê chupando com a mesma vontade que Jensen chupa o seu.

 

O boquete de Stephen é um tanto inexperiente. O rapaz havia chupado poucos paus, mas nenhum chegou a ser tão grande quanto o de Jared. Ele colocava mais da metade na boca, para não engasga, e preferia trabalhar na glande, fazendo o maior gemer com suas chupadas.

 

As posições mudam e Jensen faz com que Stephen fique de joelhos, o rapaz obedece sem pestanejar e logo se vê com dois paus na cara. O maior, que já havia chupado, e um de 19 centímetros, mas grosso que o dele. Ele vai primeiro no pau de Jensen, chupando com prazer e admirando toda a perfeição do ator. Jensen Ackles é o pacote completo, bonito, gostoso e pauzudo. Ele chupa até o talo enquanto masturba o enorme mastro de Jared.

 

- Esse cara sabe chupar. - Jensen diz.

 

- Achou que ia trazer um amador? - Disse Jared, sentindo o pau ser envolvido pela boca de Stephen. - Fiz minha pesquisa, Grant disse que ele chupa bem, mas poderia praticar um pouco mais.

 

Stephen ouviu aquilo como um desafio, e sugou a glande de Jared com força, fazendo o maior retirar o pau de sua boca de tanto prazer que sentiu com aquela chupada.

 

- Porra, assim eu gozo! - Disse, colocando de novo o pau na boca do rapaz.

 

Jensen riu e começou a passar sua rola no rosto do loiro, buscando espaço para que Stephen pudesse lamber as duas glandes, enquanto eles se beijavam.

 

Logo eles estavam emaranhados em um beijo triplo. Os três paus duros roçando um no outro enquanto suas línguas se uniam no ar. Logo Jensen acabou por beijar Stephen enquanto Jared alisava a bunda dos dois. Em seguida, Jared tomou a boca de Amell e o beijou calorosamente.

 

As mãos de Stephen foram até a bunda de Jared, queria enfiar seu dedo naquele homem e pensava em comê-lo, mas logo sentiu a mão de Jensen o impedindo.

 

- O cu do Jared é só meu. - Ele disse, sério. - Mas o meu é livre.

 

Eles riram e Jensen se inclinou, colocando mais uma vez seu cu a mostra. Stephen se abaixou e posicionou seu pênis e entrou com muita facilidade, metendo até o fundo e ouvindo um gemido baixo do rapaz.

 

- Arrombado. - Disse, começando a se movimentar dentro dele.

 

- Jared me comeu ontem. - Explicou, sentindo os movimentos ficarem mais rápidos.

 

- Bom pra mim, que posso começar a te foder com força. - E assim foi feito, Stephen agarrou a cintura de Jensen e meteu com força todo o seu pau, fazendo o rapaz sentir toda sua extensão. Seu corpo se chocava com força no de Jensen, que gemia a cada impacto. Só parou quando Jared pôs a rola em sua cara e ele se viu obrigado a chupar, enquanto os movimentos ficavam mais bruscos e selvagens.

 

Jared sentia tesão em ver Stephen metendo, e quis mais do que nunca foder o rapaz. Foi para trás dele, segugrando sua cintura com suas mãos fortes e começou a beijar a sua nuca, enquanto sua rola passava pela bunda do rapaz.

 

- Eu vou comer seu cuzinho. - Jared sussurou no ouvido de Stephen, mordiscando a orelha dele.

 

- Mete tudo! - Stephen disse, virando seu rosto e dando um beijo rápido no maior.

 

Jared, então, se abaixou e posicionou o pau na entrada do loiro, sentiu certa dificuldade em entrar, Stephen era bem apertado mas aguentou bem a penetração, sentiu um ardor misturado com excitação e isso fez com que ele dimissuie as estocadas em Jensen.

 

O calor apertado que envolvia o pau de Jared era estimulante e o fez queret meter mais fundo, e assim o fez, colocando todo seu comprimento dentro do rapaz, que gemeu ao sentir seu buraco ser preenchido.

 

- Acho que precisamos ficar mais confortáveis. - Jensen disse, retirando o pau de Stephen de seu cu e puxando os dois para o quarto.

 

Jensen deitou na cama, deixando seus chamativos 19 centímetros para que Jared sentasse. A penetração foi fácil e o maior gemeu ao sentiu a grossura invadindo seu interior. Stephen sentou de frente para Jared, enfiando quase todo o pau do maior em seu cuzinho apertado, e assim ficaram por um bom tempo. Stephen sentava com vontade na enorme rola e Jensen fazia movimentos mais contidos dentro de Jared. Os três gemendo em unissom, seus corpos suados e melados cada vez mais unidos.

 

Stephen foi o primeiro, ele se masturbava com muito tesão e sentiu sua porra voar pelo corpo do maior, seu leite viscoso e branco chegou até os lábios de Jared, que lambeu para sentir o gosto do loiro.

 

Stephen abandonou o pau de Jared, estava cansado e assistiu os minutos finais daquele menage. Jensen começou a foder Jared com mais força e o maior gemia alto, sendo o segundo a gozar. Stephen não perdeu a oportunidade e envolveu o grande membro com sua boca, sentindo o gosto da porra de Jared. Em seguida, resolveu fazer um boquete em Jensen. Jared assistia a cena maravilhado enquanto Jensen gozava fartamente na boca do loiro.

 

- Você gosta mesmo de leite de macho, hein? - Jared disse, andando com seu pau meia bomba até a cozinha.

 

- Você não faz ideia.

 

Jensen os seguiu, suava muito e seus cabelos estavam pingando de suor, seu pau ainda estava duro e ele não parecia saciado. Beberam mais um pouco de cerveja e Jared percebeu que o amigo ainda estava excitado.

 

- Não foi o suficiente Jen? - Perguntou Jared, vendo o pau pulsante.

 

- Acho que sou passivo mesmo, preciso dar meu cu pra me satisfazer. - Jensen disse, sorrindo.

 

Com aquela deixa, fizeram mais uma rodada de sexo selvagem e bruto, Jensen aguentou a rola de Jared com muito prazer e muitos gemidos e chupou com gosto o pau de Stephen. Pela segunda vez naquela noite, eles gozaram e beberam mais, ficando mais do que claro que aquilo iria se repetir muitas vezes durante o último ano de gravações deles, e até além disso. A amizade dos três havia ultrapassado uma barreira que não tinha como voltar, a amizade mais do que colorida.

 

FIM


Notas Finais


Gostaram????
Espero que sim!!
Deixem sugestões para as próximas fics!!!!
Até a próxima!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...