1. Spirit Fanfics >
  2. A trindade, trevas e luz >
  3. Uma chance!

História A trindade, trevas e luz - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - Uma chance!


Fanfic / Fanfiction A trindade, trevas e luz - Capítulo 4 - Uma chance!

Ao olhar para sua mão John viu o desenho de um triângulo, isso lhe remeteu ao passado e pensamentos dolorosos lhe vieram à mente, não apenas dolorosos mas de raiva e frustração também. Sem se dar conta segurou o jovem rapaz pelo pescoço e o prensou contra a parede com força.

-QUEM FALOU ISSO PRA VOCÊ??? ONDE VIU ESTE SÍMBOLO!!??

-Eu, eu o vi... Ele, ele veio falar comigo... Não consigo... Resp..pi..rar...

-VOCÊ ESTÁ MENTINDO!!!

Lennon aproximou seu rosto do garoto o olhando nos olhos e com a outra mão pegou uma arma.

-John! O que você está fazendo?! Solta ele!!! – Harrison se aproximava.

-VOCÊ SABIA GEORGE?! SABIA DISSO!!???

-Não, ele não me disse nada! Você tá sufocando ele!!!

-Vou te perguntar só mais uma vez garoto – Engatilhou a arma enquanto falava – Onde você viu este símbolo? Não mente pra mim ou acabo com você aqui mesmo!

Dizendo isso afrouxou um pouquinho a mão permitindo que o moreno respirasse brevemente.

-Não sei o nome dele, ele veio até mim e pediu ajuda, me disse o seu nome e desenhou na minha mão com sangue, depois eu acordei.

Lennon se aproximou perigosamente dele que por um instante chegou a fechar os olhos então subitamente o soltou.

-Só pode ter sido um sonho, é só uma coincidência! – Dizia o acobreado saindo porta afora.

Harrison se aproximou de McCartney colocando a mão em seu ombro sinalizando para que o mesmo fosse até Lennon.

Paul seguiu lentamente até onde ele estava e parou ao lado do padre que tragava seu cigarro.

-Quer saber o que aconteceu com ele?

-Se não quiser contar não tem problema padre...

-Seu nome é Richard, mas eu o chamava de Rings porque ele gostava de usar muitos anéis – John começava a se emocionar enquanto falava - era o mais devoto de nós três, um homem bom, na verdade bom até demais! Estávamos em missão pra exorcizar uma garota, e eu cometi um erro! Por causa do meu erro Rings perdeu sua alma e seu corpo agora é apenas uma casca vazia... Por isso eu disse que não pode ser ele quem você viu, quando tudo deu errado ele optou por salvar a garota ao invés de si.

-Eu sinto muito, mas me pareceu tão real, ele parecia fugir de algo, e dizia como se suplicasse por ajuda “John Lennon!” “Johnny “ então pegou minha mão com pressa e fez o símbolo, não consigo esquecer aquele rosto.

-Não pode ser, talvez... Talvez.

O acobreado custava acreditar no que ouvia e tomou uma decisão.

-HARRISON! VAMOS ATÉ ELE!

Entraram no carro de Lennon e seguiram apressados pela rua escura o mais rápido que podiam, algum tempo depois chegaram ao que parecia uma casa antiga, havia um casal idoso no lugar.

-Boa noite senhora Elsie, Senhor Richard – Harrison cumprimentava o casal - precisamos vê-lo.

McCartney seguiu o primeiro padre e Lennon ficou atrás como se estivesse com receio de entrar.

-Vamos Johnny.

O acobreado respirou fundo e por fim entrou, haviam inúmeros crucifixos espalhados pela casa incluindo também muitas velas. Paul observava tudo ainda parado perto da porta, ao tentar dar o primeiro passo sentiu como se seu corpo estivesse sendo bloqueado.

-Eu espero vocês aqui, não consigo passar, assim como não posso entrar em sua igreja padre.

-Quem é este rapaz padres? Por que o trouxeram aqui? – O senhor Starkey questionava.

-O seu filho falou com ele em um sonho, talvez possa ajudar, por isso eu e o John viemos aqui.

-Tem algo de errado com ele! Algo ruim! Por isso não consegue entrar! E se ele estiver aqui pra dominar o corpo do meu filho!?? Algo ruim está com ele!

Aquele olhar de acusação fazia Paul dar alguns passos para trás, estava assustado. E foi então que Elsie caminhou até ele segurando em sua mão.

-Você pode entrar!

-O que você fez mulher!? Você permitiu que algo ruim entre aqui!

-Se tiver ao menos uma chance de salvar meu filho eu vou tentar meu velho! Agora vamos!

Subiam todos em silêncio, haviam muitos símbolos na porta e por todo o lugar, em cada pedacinho do quarto. Logo adiante um jovem sentado em uma poltrona olhando pro nada, apenas piscava.

-É ele! Ele apareceu no meu sonho!

-Senhor e senhora Starkey, precisamos que saiam.

-Por que? O que vão fazer com o meu filho?

-Vem meu velho! Vamos orar!

A esposa segurou nas mãos do marido o conduzindo pra fora do quarto fechando a porta.

-John você tem certeza de que foi uma boa idéia trazer o Paul até aqui? E se for um truque daquele espírito maligno pra se apossar do Rings?

-Eu também não sei Geo, só senti que precisava trazer ele. Afinal nós já tentamos de tudo!

Ao olhar pro lado viram que McCartney estava ajoelhado em frente a Richard que continuava imóvel segurando em suas mãos e então Paul começou a falar com aquela voz que há muito tempo não ouviam.

-Johnny?! Geo!!!! Vocês vieram! Temos pouco tempo!

-RINGS!!!????



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...