História A última esperança. - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias Death Note
Personagens L Lawliet, Light Yagami, Matt, Mihael "Mello" Keehl, Nate "Near" River, Watari
Tags Death Note
Visualizações 81
Palavras 1.610
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boaaa tarde meus amores, mais um capítulo aqui pra nós, espero que vocês gostem, boa leitura a todos! 😍❤❤😘😘👌👌

Capítulo 20 - Sign of The Times!


Fanfic / Fanfiction A última esperança. - Capítulo 20 - Sign of The Times!

Autora pov,s on


Mello estava ajudando Near a tirar as malas do porta-malas do carro, logo os dois entraram dentro da casa de campo, que Lawliet havia alugado pra eles passarem o final de semana.

Mello sorriu, vendo seu pequeno colocar uma roupa mais fresca, composta por uma regata branca, e uma calça de moletom cinza, Near sorriu dócil olhando-o com amor.

- Uau Near, está maravilhoso. - L falou, ao entrar no quarto, onde os garotos iam ficar.

- Para de graça Lawliet. - Nate falou rindo.

- Não é nada de graça, você é lindo mesmo, puxou ao p... - Lawliet cortou a palavra, ao ver o rumo que a conversa estava indo. Mello encarou-o.

- Puxei a quem ?

- A-a n-ninguém, aos seus pais, suponho. - L falou, sentindo-se nervoso. Near olhou-o estranho, já notara que Lawliet estava esquisito desde a viagem, o mesmo estava nervoso, e as vezes se perdendo nas próprias palavras, e isso não era normal, nem mesmo para um gênio.

- Hum... sei. - Falou, desconfiado.

Mello trocou olhares com Lawliet, e o detetive só pedia ajuda, com o olhar.

- Near, amor vamos pro jardim ? O Matt está lá.

- Vamos.

Antes de sair com Near, Mello olhou mais uma vez pra Lawliet, vendo o mesmo muito apreensivo.


Autora pov,s off


Matt pov,s on


Estava sentado no jardim, esperando por Near e Mello, os dois estavam demorando pra aparecer, só foi pensar nos dois, e os dois apareceram na minha frente, sorri pra eles!

- Matt! - Near falou sorrindo, sentando-se nas minhas pernas. Beijei seus lábios suavemente, sobre o olhar do loiro.

- Hey pequeno, você está se sentindo bem ?

- Estou ótimo Matt, e feliz que teremos um tempo só pra nós três. - Falou sorrindo maliciosamente.

- Hum... Mas que ovelhinha mais sapeca.

Ele riu, sua risada é simplesmente fofa! Contagiante.

Mas aí, uma dúvida me bateu a cabeça, Near tem passado muito tempo com Mello ultimamente, será que...

- Near.

- Sim ?

- Você e o Mello, vocês já...

- Sim... N-nós já fizemos amor. - Falou vermelho, Mello também corara. Fiz cara de magoado.

- Nossa, e nem me esperaram...

- Desculpa Matt, mas a gente não planejou, simplesmente aconteceu.

Near tentou se justificar, que bonitinho!

- Estou brincando meu pequeno príncipe, seu ruivinho aqui, não liga pra essas coisas não, e afinal, você também ama o Mello. - Disse sorrindo, Nate sorriu e me beijou, com mais voracidade, segurei em seus lindos cachos brancos, os puxando devagar, eram tão suaves e perfumados, cheirinho de Near, era um cheirinho de bebê, meu bebê albino!

- Te amo Nate!

- Também te amo Matt. Amo você e o Mello. - Falou nos olhando, Mello sorriu, sentado-se ao meu lado. Era incrível, a naturalidade que nós três dávamos a nossa relação tripla, eu amo Near, e amo Mello, Near me ama, e Near ama Mello, Mello ama Near, mas não sei se Mello me ama...

- Que foi ruivo ?

O loiro me perguntou, abrindo a boca pela primeira vez, desde que chegou aqui com Near.

- É que eu, e-eu...

- Você o quê Matt ?? - Near perguntou, me olhando com seus lindos olhinhos. Não resisti, acabei dando um selinho demorado nele.

- Eu estava pensando uma coisa... Near você ama nós dois, eu amo vocês dois, mas... Mello te ama...

- Eu também te amo ruivo. - Mello falou, me deixando surpreso.

- Como ?

- Você entendeu baka, eu amo vocês dois também.

- Então me dá um beijinho aqui.

- Aff, baka.

Nós três rimos!

Near estava com um sorriso lindo, um tanto emocionado, vimos uma lágrima descer pelo seu rosto.

- O que foi Near ?? - Mello perguntou, preocupado. Não que eu não estivesse, claro que eu estava preocupado também.

- Eu amo vocês, vocês se amam, e vocês me amam, tem como não se emocionar ??

Eu e Mello sorrimos pra ele, abrançando-o logo em seguida, beijamos ambos os lados do seu rosto.

- Amamos você Near. - Falei, junto com o loiro, em sincronia.


Matt pov,s off


Near pov,s on


Eu não podia está mais feliz que isso, meus dois amores também se amam, afinal, tudo o que eu planejei e pensei deu certo, desde o início, em que descobri está doente, e percebi que Matt e Mello me amavam, eu pensei nisso, quando eu morrer, o Mello vai ter o Matt, e o Matt vai ter o Mello, os dois não vão precisar ficar sozinhos, ia minha ausência, vai ser preenchida pelo amor deles dois, que unidos formaram três em um, porque o meu amor por eles dois, nunca morrerá, por mais que o meu corpo morra...

Limpei as lágrimas que escorreram pelo meu rosto, olhei para os dois sorrindo, eu os amo mais que tudo.


Música on


Sign of The Times/Sinal dos tempos!


Just stop your crying
It's a sign of the times
Welcome to the final show
Hope you're wearing your best clothes
You can't bribe the door on your way to the sky
You look pretty good down here
But you ain't really good

Pare de chorar

É um sinal dos tempos

Bem-vindo ao último show

Espero que esteja usando suas melhores roupas

Não dá para subornar a porta que dá entrada para o céu

Você parece muito bem aqui em baixo

Mas você não está bem de verdade

We never learn, we've been here before
Why are we always stuck and running from
The bullets?
The bullets
We never learn, we've been here before
Why are we always stuck and running from
The bullets?
The bullets

Nós nunca aprendemos, já passamos por isso

Por que estamos sempre presos, fugindo

Das balas?

Das balas

Nós nunca aprendemos, já passamos por isso

Por que estamos sempre presos, fugindo

Das balas?

Das balas

Just stop your crying
It's a sign of the times
We gotta get away from here
We gotta get away from here

Just stop your crying
It will be alright
They told me that the end is near
We gotta get away from here


Pare de chorar

É um sinal dos tempos

Temos que fugir daqui

Temos que fugir daqui

Just stop your crying
Have the time of your life
Breaking through the atmosphere
Things are pretty good from here
Remember everything will be alright
We can meet again somewhere
Somewhere far away from here

Pare de chorar

Tudo vai ficar bem

Eles me disseram que o fim está próximo

Temos que fugir daqui

Pare de chorar

Se divirta o máximo que puder

Atravessando a atmosfera

E as coisas parecem boas daqui

Lembre-se que tudo ficará bem

Podemos nos encontrar novamente 

em algum lugar

Em algum lugar longe daqui

We never learn, we've been here before
Why are we always stuck and running from
The bullets?
The bullets
We never learn, we've been here before
Why are we always stuck and running from
The bullets?
The bullets

Nós nunca aprendemos, já passamos por isso

Por que estamos sempre presos, fugindo

Das balas?

Das balas

Nós nunca aprendemos, já passamos por isso

Por que estamos sempre presos, fugindo

Das balas?

Das balas

We don't talk enough
We should open up
Before it's all too much

Pare de chorar

É um sinal dos tempos

Temos que fugir daqui

Temos que fugir daqui

Pare de chorar

Tudo vai ficar bem

Eles me disseram que o fim está próximo

Temos que fugir daqui

Nós nunca aprendemos, já passamos por isso

Por que estamos sempre presos, fugindo

Das balas?

Das balas

Nós nunca aprendemos, já passamos por isso

Por que estamos sempre presos, fugindo

Das balas?

Das balas

Will we ever learn?
We've been here before
It's just what we know

Stop your crying, baby
It's a sign of the times
We gotta get away
We got to get away
We got to get away
We got to get away
We got to get away

We got to, we got to
We got to, we got to
We got to, we got to

Nós não conversamos o suficiente

Deveríamos nos abrir

Antes que tudo fique além da conta

Será que algum dia vamos aprender?

Já passamos por isso

É simplesmente o que sabemos

Pare de chorar

É um sinal dos tempos

Temos que fugir

Temos que fugir

Temos que fugir

Temos que fugir

Temos que fugir

Temos que, temos que fugir

Temos que, temos que fugir

Temos que, temos que fugir


Música off 


Near pov,s off 


Lawliet pov,s on 


- Ai Light-kun, eu quase estraguei tudo.

- Calma Lawly, você está muito tenso, senta aqui amor.

Sentei-me ao seu lado na cama, Light começou a fazer uma gostosa massagem em meus ombros, fechei os olhos apreciando os seus toques, senti seus lábios no meu pescoço, causando-me uns leves e bons arrepios.

- Light... - Murmurei de olhos fechados.

- O quê meu amor ??

- Me beija ?

- Te beijo, te como, faço o que você quiser meu Lawliet chibi.

Acabei soltando uma risada, Light segurou meu rosto, beijando-me logo em seguida, sua língua pediu passagem pra adentrar minha boca, a qual eu logo concedi, me sentei em seu colo, abraçando seu pescoço, senti as mãos de Light, passeando pelo meu corpo, apertando cada parte que tocava, acabei gemendo, ao senti-lo apertar o meu mamilo, que já estava ficando rijo.

- Humm... L-Light-k-kun...

Light voltou a me beijar avidamente, nossas línguas bailavam, numa dança perfeita, cheia de sincronia...

Toc... toc... toc...

Fomos interrompidos por batidas na porta, olhei com cara de pesar pra Light, bem na hora que iríamos nos divertir.

Light se levantou abrindo a porta, revelando Near, que nos olhava com um olhar malicioso.

- Hum... Atrapalhei algo, num foi ?

- Foi/Não. - Falei junto com Light.

- Não, ele não atrapalhou nada. - Disse corado, olhando pra Light.

- Atrapalhou sim, nós íamos fazer am...

- Light!!!

- Tá bom, tá bom parei.

- Como se eu não soubesse o que vocês iriam fazer. - Falou, e acabou rindo, da nossa pequena discussão.

Olhei pra ele corado, Light sustentava um pequeno sorriso nos lábios, com certeza estava se divertindo com o meu constrangimento.

- Vocês são piores que eu e o Mello juntos, bom, eu vim chamar vocês dois pra jantar, e fui eu que fiz a janta hoje. - Nate falou orgulhoso de si mesmo. 

- Então Light-kun, vamos ver se o Near-chan está aprovado ??

- Vamos ^^ 

Near sorriu, antes dele sair do quarto, Light o levantou no colo, fazendo-o gargalhar, correu com o mesmo pra cozinha, entre risadas gostosas, meus dois amores, meu filho, e meu namorado. Espero que Near me perdoe, quando descobri a verdade entre nós...


Lawliet pov,s off 


Notas Finais


Foi isso aí pessoal, espero que vocês tenham gostado do capítulo, muito obrigada a quem leu, e me perdoe se houver algum erro ortográfico, amanhã terá capítulo da fic 'Meu querido albino', e se der tempo, postarei dessa também, fiquem com kami-sama e até mais, bjos pra todos! 😍😍❤❤😘😘😘👌👌🌷


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...