1. Spirit Fanfics >
  2. A Última Olimpiana >
  3. Seth and Horus

História A Última Olimpiana - Capítulo 20


Escrita por: e jubscamren


Notas do Autor


Olá meus/minhas semideuses como estão? Voltamos e sim um pouco demorado mas os próximos capítulos serão nesse intervalo de tempo por agora ok? AUA acabará daqui 6 capítulos então já se preparem hehehe. Ps: amanhã tem capítulo novo de Supergirl 🥰Aproveitem ⚡️

Capítulo 20 - Seth and Horus


Fanfic / Fanfiction A Última Olimpiana - Capítulo 20 - Seth and Horus


Ragnar POV


Solto um sorriso tão prazeroso ao ver o medo de muitos, vivi por tantos anos esperando esse momento... A queda daqueles que mataram minha irmã gêmea, foi por culpa dos Deuses que minha cara metade e única família foi arrancada de meus braços e até hoje as cenas da sua cabeça sendo decapita me perturbam, até tentei seguir em frente só que essa sensação de ódio e vingança me dominou.


- Vamos lá minhas crianças. - Abro os braços, fecho os olhos deixando o dom me dominar abrindo-os em seguida vendo alguns pontos vermelhos. Seguro minha espada com mais força lutando com aqueles que não sentem tanto medo como os demais, Seth já estava subindo o elevador e aqui embaixo o caos já estava acabando com toda a cidade, pessoas mortas ou desmaiada por todos os lados. 


- Parado aí. - Ergo a sobrancelha com o tom de voz agressivo na mulher parada atrás de mim apontando uma espada gravejada com pedras vermelhas. 


- Insolente, quem acha que é? - Tento projetar meu poder em sua direção só que não estava dando muito certo e isso é estranho. 


- Dinah Jane Hansen, filha de Ares. E você Ragnar Farkhutdenov, Filho de Deimons. - Sorriu fazendo uma bolha com o chiclete.


- Como sabe quem eu sou. - Falo irritado dando alguns passos pra frente. 


- Sua irmã não está muito feliz com as suas escolhas. - Aperto os dentes em uma linha reta partindo pra cima da loira com ataques mais fortes do que rápido sobre a mesma que defendia muito bem, não é à toa que é cria de Ares. Sinto um ardência atrás das pernas, a filha da puta tinha conseguido me acertar afinal, caio com um joelho no chão apoiando a ponta da espada no asfalto. - Renda-se. 


- Como ousa me pedir isso? - Olhei pra ela irritado. - Como ousa falar da minha irmã?


- Acredite posso falar dela e sei que a mesma não está feliz com a pessoa que você se tornou. - Rosnei bravo. - A dor transforma as pessoas em suas piores versões, eu sei disso e já vivi mas não é o melhor caminho. 


- Me poupe de sermões. - Me levantei com raiva. - Minha irmã está morta e agora estou tendo o prazer de ver todos pagarem. 


- Acha que ela está feliz com isso? - Começamos a andar em círculos nos preparando para atacar. - Ela não ia querer uma guerra e muito menos vingança. 


- Cala-se! - Fui pra cima da garota sentindo nossas espadas se chocaram. 


A briga pela vitória se deu início e eu sentia minha raiva cada vez mais presente, não deixaria que essa insolente falasse da minha adorável irmã. Pude ver a distração da mesma então desarmei ela que caiu em seguida, sorri vitorioso indo até a garota. 


- Seth dominará o Olimpo e vocês cairão. - Gargalhei. - Não terão perdão ou redenção, a morte é a certeza. 


- Tem razão Ragnar, a morte é a certeza. - Olhei confuso pra garota porém meus olhos se arregalaram quando uma flecha atravessou meu peito. 


Retirei a mesma olhando pra ela, conhecia aquela flecha. Me virei vendo a filha de Apolo sorrindo pra mim, a mesma que ataquei na cidade dos mortos e que me cegou com aquele brilho insuportável. 


- Eu disse que não era ninguém e sim Camila Cabello. - Cai de joelhos sentindo a escuridão começando a me abraçar, mas eu por incrível que pareça eu estava em paz pois encontraria minha irmã. 



Camila POV


- Como soube que eu estava aqui? - Ajudei Dinah a se levantar. 


- Normani me avisou que você havia ficado pra lutar com um garoto estranho e eu presumi que foi o mesmo que atacou Lauren e eu quando fomos ao Egito. - Dei de ombros. - Precisamos ir, a coisa está bem feia e eu sinto que vai piorar. 


- Sofia ainda... 


- Não. - Suspirei correndo em seguida com ela ao meu enlaço. - Mas vamos trazê-la de volta. 


**


- Se abaixa. - Puxei a garota pela camisa acertando uma flecha em uma das fúrias que vinha na direção dela. - Fique atenta, mantenha o foco. 


- Estou tentando mas... 


- Sem mas. - Peguei seu rosto entre minhas mãos. - Ei não desista ok? Nós vamos trazer a Sofia de volta. 


- Eu à amo Mila. - Suspirei assentindo. 


- Eu sei meu anjo, vejo isso e ela também ama você. - Sorri vendo a garota mais à frente possuída. - E sei que não acabará aqui, vamos! 



Sofia POV


- MATEM TODOS, VAMOS ENTRAR. - Sorri vendo a batalha acontecendo sabendo que nenhum deles seria forte o suficiente para me impedir. 


O caos estava feito, a destruição havia chego e se dependesse de mim ficaria para sempre porque meu governo não seria passageiro. Subi os degraus da escada do Olimpo sentindo-me ansioso cada vez mais, o trono seria meu. 


- PARE! - Me virei vendo a garota loira me olhando com raiva. - Não vai à lugar algum. 


- Ainda nessa tentativa falha de resgatar sua amada? - Gargalhei. - Desista criança, Sofia está morta. 


- Sofia nunca desistiria de mim. - Puxou sua espada me olhando com raiva. - Não irei desistir dela também. 


Gargalhei vendo a garota correr até mim, eu sabia que poderia acabar com ela apenas em um estalar de dedos mas um pouco de diversão não faz mal né? Peguei uma espada que estava jogada no chão e então iniciei o ataque contra ela cortando a sua pele vendo o sangue na espada me fazendo sorrir, a mesma levou a mão ao braço cobrindo o sangue com raiva. 


Segurei sua mão quando ela tentou me golpear novamente com a espada e então sorri desferindo um chute vendo ela cair um pouco longe de mim. 


- Tão fraca, é mesmo filha de Afrodite? - Ela me olhou com raiva me fazendo sorrir. - Levante-se e lute como uma guerreira. 


- DESGRAÇADO. - A mesma correu até mim novamente dessa vez sem nenhuma arma. 


Uma luta corporal deu início e eu sentia a raiva dela o que me fez questionar se deveria ou não matá-la afinal isso poderia ser útil pra mim e pro meu reinado. Meu corpo bateu contra a pilastra quando um dos seus golpes me atingiu e eu sorri levando as mãos até meus lábios limpando o sangue que escorreu deles. 


- Agora sim, criança. - Ela se irritou mais ainda. - Estou cogitando tê-la ao meu lado, sua íra é impressionante. 


- Jamais ficarei do lado do mal. - Os punhos fechados me fizeram sorrir, ela estava se controlando para não machucar o corpo da amada. - Não governará o Olimpo, eu mesma matarei você. 


- Já chega! Não tenho mais tempo pra isso. - Cansado daquilo usei dos meus poderes para jogar a garota longe que rolou as escadas do Olimpo caindo em seguida. - Vamos lá! - Me virei pra entrada do mesmo sorrindo. 



Dove POV


Meu corpo e mente entrou em uma exaustão tão grande durante a batalha tentando manter o Olimpo à salvo que uma hora depois de uma luta entre Seth e eu simplesmente apaguei mas não totalmente, parecia que eu estava sendo telespectadora de mim mesma, meu rosto sério focando nos adversários e dançando entre eles como se fosse a coisa mais simples do mundo. Reconheci a adaga em minha mão sendo com a que ganhei relacionada à Horus e Osiris e foi aí que tudo fez sentido e as peças do quebra-cabeça foram se juntando, não era mais eu que estava comandando meu corpo e sim Horus filho de Osiris e o Deus que sempre bateu de frente com Seth. 


Olho ao redor vendo Lauren e Camila lutando uma do lado da outra não deixando nenhum semideus passar a diante, a sala dos tronos estava poucos metros de onde estávamos e não tinha nenhuma divindade presente o que me fez lembrar de um fala de algum semideus sobre eles terem problemas maiores com monstros antigos.


- Ai. - Sinto uma dor e volto minha atenção pro meu corpo caído de joelho na frente de Sofia que havia se virado antes de entrar no Olimpo e me olhava com um sorriso debochado no rosto. 


A mesma levou a espada até seu rosto passando a língua sobre o meu sangue já que havíamos entrada em uma batalha antes, era nojento. 


- Vai Horus levanta porra! - Murmurei alto pra mim mesma sabendo que ele poderia escutar minha voz em seus pensamentos. Dei pulinhos quando o mesmo levantou mesmo sangrando, segurou a adaga mais firme bem a tempo de amparar o ataque de Seth mesmo ele estando no corpo da Sofia ele tinha tanta força que notava que vinha de alguém além. 


- SOFIA LUTE. - Consegui me verbalizar segurando em seu braço procurando alguma coisa em seus olhos, suspiro vendo a mesma vacilar um pouco mas logo voltar com a expressão dura. 


Foco minha mente conseguindo tomar alguma das ações do meu corpo por completo, somos mais forte trabalhando junto. Abaixo bem a tempo vendo uma flecha passar de raspão pelo meu cabelo, nem deu tempo de levantar pois sinto o corpo de Sofia encima do meu segurando meu pescoço com força. 


- A-amor... - Tento dizer mas seus olhos cheios de ódio mostrava que não era minha mulher, a pessoa que escolhi pra caminhar junto comigo. Fecho os olhos deixando Horus tomar conta por completo ao pegar a adaga com os dedos firmes enfiando na garota acima de mim. - Morra Seth. 


Minha voz saiu mais grossa que o normal, sinto as mãos no meu pescoço perderem a força e então abro os olhos sentido toda a pressão encima de minhas ações, os barulhos pararam, o vento parou e tudo ao redor parou até o meu coração no momento que sinto o sangue molhar minhas mãos. 


- D-desculpa. - Deixo as primeiras lágrimas caírem seguro seu corpo sobre o meu deitando sua cabeça em minhas pernas, aliso seus cabelos com as mãos trêmulas. - E-era preciso, desculpa. 


Abraço com força o corpo sem vida sentindo como se  meu coração não batesse mais, tamanha era a dor que eu sentia no momento ao sentir o corpo mole sem vida da minha garota. 


- Dove. - Escuto a voz de Booboo meio vacilante atrás de mim mas não queria saber mais de nada. Deixo um beijo na testa da minha garota puxando o corpo mais pro meu não querendo deixar ninguém tirá-la de mim. 


- Você prometeu. - Acusei o mesmo. Peguei a adaga  só que assim que toco na mesma sinto uma corrente elétrica passar pelo meu corpo e tudo apagar. 


Notas Finais


É gente... e não me xinguem porque isso foi ideia da Juh inclusive já xinguei ela por vocês 💁🏻‍♀️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...