1. Spirit Fanfics >
  2. A Última Princesa da Máfia! >
  3. A Chave de tudo!

História A Última Princesa da Máfia! - Capítulo 20


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem! Agora coisa ta esquentando então logo tem mais!
Boa Leitura!

Capítulo 20 - A Chave de tudo!


Fanfic / Fanfiction A Última Princesa da Máfia! - Capítulo 20 - A Chave de tudo!

~~~Cap 20~~~ 

 

O dia já havia se iniciado como de costume a mansão dos Nolan já estava movimentada. Elijah agora ajudava Alunne em tudo, pois a pequena já conseguia fazer as coisas sozinhas e estava limitada a apenas algumas coisas como carregar peso ou se esforçar de mais. A recuperação estava indo muito bem e ela sabia que em breve teria de voltar para casa onde ela não queria nem se quer imaginar ver seu irmão mais velho novamente. Era culpa de Noah tudo o que aconteceu com ela e por mais que gostasse do irmão a sua raiva de ter sido traída por ele era muito maior. 

-Está pensativa desde a hora que acordou! Elijah cutuca a bochecha de Alunne a fazendo despertar de seus devaneios e o encarar seriamente. 

-Elijah, você acha que eu seria uma pessoa muito ruim por odiar o Noah?! A pequena ainda em sua cama puxou a mão e Elijah para mais perto de si a segurando com suas pequenas mãos. 

-Depois do que ele fez, nada seria mais justo do que você o odiar por ter traído a confiança de irmãos e ter feito Elias vir para cá! Isso quase custou sua vida e por mim, você moraria comigo! Elijah sorriu carinhosamente e se desvencilhou das mãos da pequena para direciona lá diretamente aos cabelos dela. 

-Eu estou com um pressentimento de que vocês estão escondendo algo, tipo o Igor ter espancado o Noah no estacionamento do hospital no dia em que fiquei internada! Alunne solta aquela baita bomba e Elijah fica sem reação. -Não estou brava por você não me contar, não se preocupe! Eu ouvi algumas conversas agitadas nos corredores do hospital e já imaginava que isso iria acontecer! Disse ela levantando se para ir ao banheiro. 

-Queria ter lhe contado, mas Igor já havia ameaçado o Ethan e eu não queria perder a chance de poder cuidar de você! Sabe lá onde você poderia estar agora para poder descansar e fugir da sua família! Elijah levantou se bruscamente sentindo que a pequena havia ficado chateada no mínimo. -Por favor, me perdoe! O Nolan já estava ao lado de Alunne a segurando. 

-Não estou brava de verdade! Apenas queria ter visto ele apanhar, porque ele mereceu. Eu entendo sua preocupação e aprecio muito o cuidado que tem por mim, não é à toa que gosto de você! A pequena virou se para Elijah ficando nas pontinhas do pé o beijando tenuemente.  

Os dois ficaram daquele jeito por um tempo e sabiam que agora um ficaria ao lado do outro independente do que fosse acontecer, Elijah estaria ao lado de sua pequena e seria seu maior protetor. Enquanto os dois curtiam um pouco o momento o celular de Alunne havia tocado, era uma mensagem de Rose dizendo que estava indo para a Espanha para encontrar uma velha amiga e precisaria ficar fora por alguns dias, enquanto ela estivesse fora Alunne estava proibida de sair do lado de Elijah. 

-Ela vai dar um sumiço justamente agora! Essa Roseanne é meia doidinha, não?! Elijah olha para o celular de Alunne apontando para última frase –Proibida de sair do meu lado, então até para fazer xixi tenho que acompanhar! Elijah encara Alunne tirando um grande sorriso da pequena que apenas jogou o celular na cama e foi para o banheiro tomar banho e fazer sua higiene. 

Elijah rapidamente saiu do quarto e abriu a mensagem que havia acabado de receber em seu celular onde dizia a seguinte mensagem “Deixe Alunne longe do Noah. Marco Romanov está desconfiado que o Lunahri tem algo obscuro escondido por trás de seu noivado que foi desfeito e ele provavelmente está tentando arrastar Alunne para essa merda toda. Mantenha ela ao seu lado, confio em você!”. Elijah leu bem aquela mensagem e não pode deixar de sentir um enorme desconforto, ele sabia que Alunne não estava segura e que ele teria que ser forte por ela daqui para frente. Se Marco estava desconfiado poderia ter certeza de que alguma coisa realmente tinha por trás desse fim de noivado e que a melhor coisa é manter Alunne em sua casa e ele o faria. 

Rose estava no avião a caminho de Barcelona enquanto analisava o dossiê que havia conseguido com facilidade na nuvem em que ele costumava arquivar tudo o que ele fazia com as contas bancarias entre outras informações. A Perrut conseguiu clonar o celular de Noah e descobrir algumas mensagens sugestivas e que davam a entender que ele estava procurando alguém e não estava nada satisfeito com o sumiço desta pessoa. O que mais atraiu a atenção de Rose foram as transferências bancaras em valores absurdos para Barcelona na conta de alguém com o sobrenome Lewis.  

Foram mais de 18 horas de viagem de avião e quando Rose finalmente chegou recebeu a mensagem de Marco que havia deixado alguns homens preparados para recebe lá e ficarem como guardas para que ela pudesse concluir com sucesso seu proposito naquele país. A garota mal teve tempo de vestir suas roupas e foi diretamente à caça de Michelly, coisa que não seria nada difícil com todas as informações que havia conseguido em pouco tempo. 

 Havia um dia certo no mês em que Michelly sacava o dinheiro do banco e ia logo em seguida a uma loja de luxo que havia ali perto e essa era a brecha perfeita. Rose havia chegado à frente desta loja e aguardava na espreita quando uma garota loira muito bela surgiu, pela foto que ela tinha recebido de Marco sabia que aquela era a garota. Rose não perdeu tempo e rapidamente atravessou a rua e empurrou a garota simulando que sem querer esbarrou nela a fazendo cair no chão. Rose se desculpou com um grande sorriso e foi ajuda lá a levantar quando puxou um pano de seu bolso e o pressionou no rosto de Michelly a fazendo desmaiar e assim a jogou dentro do carro onde seus homens estavam e sumiram em meio a grande Barcelona.   

-Uma patricinha... Marco me paga, vou querer aumento desta vez! Sussurra, observando a garota sentada em uma cadeira, amarrada e vendada. Revira os olhos, puxando outra cadeira e se sentando de frente a ela. Puxa o pano de sua boca, apenas a deixando vendada. - Bom, Michelly Lewis, né? Não nos conhecemos e se depender de minha pessoa, não irá. Parece que sua vida está seguindo muito bem, mas tenho umas perguntas a fazer a você e só sairá daqui, quando responder todas elas. Vamos lá, Gatinha. Quem é Noah Luhnari realmente e qual o grau de parentesco de vocês dois? Rose disse sem perder tempo, mal esperando a garota se recompor. 

-Onde eu estou? Eu quero pelo menos ver onde eu estou isso está me causando pânico!! Por favor, tire as vendas de meus olhos prometo responder tudo o que quer saber! Michelly dizia desesperada. -Noah era meu noivo, mas eu tive que desistir antes do casamento porque aquele cara é um verdadeiro maníaco! Eu vou te contar moça, pode até me soltar que vou ficar quietinha aqui, precisava mesmo conta isso a alguém! Alunne corre um grande perigo!! A moça gritou por último fazendo Roseanne ficar um pouco chocada com o que ouviu. 

-C-Como? Alunne corre o que?! A Ruiva havia prestado atenção em todas as palavras proferidas por Michelly, mas ficou chocada ao ouvir sobre sua amiga. Levantou se rapidamente tirando as vendas e desamarrando Michelly e logo voltou a se sentar na cadeira. - Como é que é? Defina o perigo? Eu sei que aquele bastardo é um maníaco, mas como assim? Quais os planos dele? Por que o largou no altar? Dispara um monte de perguntas, esperando que a Mulher fosse responder todas. 

-A maior definição de perigo que uma mulher pode sofrer nos dias de hoje! Eu vou contar exatamente o que aconteceu até chegar no dia de hoje em que estou fugindo dele e me escondendo desde que fui ameaçada de morte! Michelly se arruma na cadeira e respira profundamente –Quando estava noiva de Noah eu sempre achei lindo e maravilhoso todo aquele amor e carinho que ele tinha pela irmã mais nova, até que comecei a perceber que esse amor era algo mais sexual! A mulher deu uma pausa encarando Rose e esperando que ela reagisse aquilo. 

-Que horror, mulher. Se bem que, esse traste não deveria nem ser considerado irmão!! Rose fechou os punhos fortemente e respirou fundo, voltando a prestar atenção em Michelly, ficando com raiva ao ouvir sobre Noah sentir algo sexual. - Eu vou arrancar a cabeça deste homem e vender no mercado negro, certeza que vou faturar uma grana em cima desse monstro. Cruza os braços, controlando a raiva e respirando fundo para se acalmar. 

 -Você precisa fazer algo a respeito! Eu descobri isso um dia antes do casamento quando estávamos na festa de despedida de solteiro e eu acabei voltando um pouco mais cedo, porque queria descansar. Foi quando percebi que Noah ainda estava em casa e que ele não tinha feito uma festa de despedida, ou seja, estava mentindo pra mim! Quando entrei em seu quarto percebi que ele estava no closet e lá eu vi o inferno! Michelly dizia com os olhos marejados e uma feição de nojo e medo estampada no rosto.  

-Irei fazer, fique calma. Você pode continuar a contar mais coisas, se quiser. Diz para Michelly, a vendo com os olhos cheios de lágrimas e feição de ódio. Rose morde de leve o lábio um pouco nervosa e chama um dos capangas que a ajudou, para trazer um copo com água. Demorou cerca de 5 minutos e ele trouxe, entregando para Michelly. - Beba, você precisa ficar calma. Uma boa seria você contar a imprensa ou alguém, logo o trono de Noah Luhnari cai por terra e aquele canalha doentio, pagará tudo na prisão ou no inferno, quando eu mandar a alma dele para este lugar. A ruiva diz calmamente, fitando a mulher a sua frente com confiança. 

-Não posso soltar isso para empresa, porque eu estou sendo ameaçada de morte e principalmente porque ele tem Elias Lunahri para tapar qualquer merda que for solta na mídia! Michelly bebia a água um pouco tremula e agradecia por terem soltado ela e agora estarem ouvindo sobre as coisas com as quais precisou esconder por tanto tempo -Estou com muito medo, mas sei que estou fazendo a coisa certa e você precisa acreditar em mim! Quando entrei naquele closet peguei Noah se masturbando encima das roupas da Alunne. As roupas pelas quais ela estava procurando por terem sumido de repente. Havia fotos da Alunne coladas por toda a parte e algumas delas ele conseguiu tirar acredito eu, que invadindo o banheiro, pois ela estava nua! Michelly soltou o copo de repente e começou a vomitar logo em seguida sendo amparada por Rose. 

-Da Mídia o Elias pode até tentar esconder, mas da qual eu tenho acesso, ele não pode. Bom! Isso é o de menos, Noah Luhnari vai ter o que merece, vivo ou morto, assim como Elias. A ruiva notava a Mulher tremer e sentiu pena, não dela em si, mas de ter escolhido um traste como Noivo. - Está correta e não se preocupe, nenhum dos dois doentes irá mexer com você. Provável que você estará com Marco, então, Elias não vai conseguir. Faz careta de nojo ao ouvir o que ela dizia de Noah e assim que ela soltou o copo, seguro o cabelo dela para não sujar ele e um dos seguranças que ficavam com Rose colocava um balde abaixo de Michelly para ela vomitar e entregava um pano para a mesma se limpar. - Vá buscar mais água e vê se acha um remédio para conter o enjoo desta mulher. Rose diz ao segurança que acena e se retira do porão.  

-Obrigada por tudo! Só que tem mais coisa por trás, preciso de dizer que quando ele me viu ficou com uma ira que pensei que ele fosse me matar. Ele me enforcou e disse que me mataria se eu constasse para alguém e me deu dinheiro para sumir do mapa e deixar de lado o que eu vi e nosso noivado, caso contrário ele me mataria ali mesmo. Apenas consegui aceitar a proposta e ao invés de ficar onde ele havia mandado eu consegui fugir e estou me escondendo desde então e tentando ter contato com a Alunne. Michelly tomou coragem e encarou Rose seriamente -Ele vai tentar tirar a virgindade de Alunne assim que ela fizer aniversário! E pelo que eu sei o aniversário dela vai ser amanhã! A mulher encara Rose vendo que ela estava extremamente pasma. -Ele me disse isso com um sorriso psicótico estampado no rosto logo que ele me jogou para fora do carro na frente do aeroporto! Você precisa correr e voltar para Alunne. Posso ficar segura com esse Marco, então eu irei e farei o que me pedirem, estou do lado da Lunahri e o que precisar estarei mais que disponível! Michelly segura fortemente a mão de Rose deixando a garota digerir todas as informações. 

-Disponha, Michelly. Eu e Marco que agradecemos pelo seu depoimento, pois imagino que não foi fácil segurar tudo isso por um tempo. Noah a única coisa que merece é ter um cabo de aço enfiado inteiro neste rabo dele, para ver se cura a doença mental dele. Porque as grades da prisão são pouco para o que ele merece. Nota a mulher a sua frente a lhe encarar e suspira, esperando mais uma bomba ser arremessada e assim se enfurecer a ponto de querer dar um tiro na garganta do irmão mais velho de Lunne. - A é? Parece que terei de castrar um macho alfa antes do aniversário da pequena, onde trabalho vão usufruir muito bem deste pequeno objeto. Seu rosto demonstrava nojo e claro, havia ficado pasma diante do que ouviu no primeiro momento, antes de a responder. 

-Precisamos ir agora! Não temos tempo e você precisa proteger ela agora! Michelly levanta se puxando Rose para que sair daquele lugar e rapidamente ela o fez. 

Roseanne levou Michelly até a mansão principal de Marco onde o Romanov descansava temporariamente, pois sua caça por Elias não havia terminado e sabia que logo o encontraria. Assim que Rose contou tudo para o Romanov de imediato o homem ordenou que o jatinho particular fosse preparado e que Rose chegasse o mais rápido possível até Alunne. A Perrut esperava que Noah não tentasse nenhuma de suas gracinhas e que no mínimo Elijah tenha ouvido ela e tenha seguido à risca, afinal de contas ela estava segura na casa dos Nolan. Já era tarde da noite quando Rose embarcou no jantinho particular de Marco, estava pensativa e pelo menos Michelly estava segura com o Romanov, mas Alunne era sua maior preocupação. A garota ligava desesperadamente para Elijah, mas ele não atendia e nem respondia suas mensagens assim como Alunne estava fazendo, o que só poderia indicar uma coisa, que Noah havia conseguido fazer algo. 

Enquanto Rose voava de volta para Tóquio na esperança de proteger Alunne e evitar o pior. Elijah havia recebido uma ligação naquela manhã um tanto quanto interessante. Ethan havia conversado com o Nolan para que ele e Alunne fossem para a mansão Lunahri para comemorarem o aniversário dela em família, porém Elijah só concordaria se alguns dos homens de Marco estivessem presentes e assim Alunne estaria segura. Não podia privar sua pequena de passar seu aniversário com seu irmão do meio o qual ela mais amava. Aceitou ir até a mansão com Alunne e assim que a pequena conseguiu se arrumar foram diretamente ao encontro de Ethan e Gael que esperavam a pequena na frente da casa.  

-Pensei que tinham esquecido do meu aniversário apesar de todos os eventos! Alunne desceu do carro e caminhou até Gael o abraçando fortemente e matando as saudades do amigo –Senti sua falta! E você está com uma cara péssima, estou segura com o Elijah e me recuperando bem. Veja só, estou conseguindo andar sem ajuda e olhar essas bochechinhas rosadas aqui! A pequena apertava as próprias bochechas toda sorridente, tirando um lindo sorriso de Gael. 

-Estava tão preocupado com você! Ethan passou por Gael e abraçou Alunne a carregando e girando a pequena no alto e colocando ela no chão em seguida. -Você me parece estar tão bem, sabe o quanto você faz falta aqui nesta casa?! Parece tudo vazio e sem graça! Ethan passava as mãos na costa da irmã e apreciava o momento quando Alunne enrijeceu o corpo de repente e ele sabia que ela havia visto Noah atras de si. 

-Você parece bem! Noah disse olhando para o chão e em seguida encarando Alunne. -Sinto muito, sei que desculpas não vão adiantar, mas eu também quero comemorar seu aniversário! Noah viu Alunne bufar e soltar Ethan enquanto Elijah aproximava se de Alunne e segurava em sua cintura lhe passando segurança. O que não deixou Noah nada feliz, porém ele conseguiu esconder seu desconforto. 

-Elias não conseguiu me matar ainda! E fiquei sabendo que não fui a única que foi hospitalizada, você mereceu e creio que foi pouco ainda. Igor pegou bem leve com você, quase não ficou marcas de roxo nessa sua cara de sínico! Alunne segurou na camisa de Elijah e balançou negativamente a cabeça. -Enfim, vamos passar meu aniversário juntos e esquecer por enquanto essa merda que você causou! Espero que no mínimo você tenha me preparado um grande presente de aniversário! A pequena sorriu e percebeu que Noah havia ficado radiante logo em seguida. 

-Eu juro que vou te dar um presente inesquecível, que você vai se apaixonar ate! Noah sorriu e aquele sorriso por algum motivo incomodou Elijah de uma maneira que fez com que o Nolan a puxasse para perto e abraçasse com força. Noah já havia entrado e Ethan havia gesticulado para que os dois os acompanhasse. 

-Não saia de perto de mim! Tem alguma coisa errada e eu não vou correr o risco de deixar qualquer coisa te afetar! Você é minha pequena agora e vou te proteger dessa família doentia! Elijah beijou o topo da cabeça de Alunne a fazendo sorrir e pegar sua mão o puxando para dentro da casa. 

-Não vou sair de perto de você nunca mais! Agora vamos curtir porque se algo de errado estiver acontecendo, acredito que a gente consiga fugir pelo menos depois de comer o bolo! A pequena caiu na gargalhada e puxou Elijah para dentro daquele lugar com o qual seria seu próprio inferno. 


Notas Finais


Até semana que vem pessoal!
Beijinhos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...