1. Spirit Fanfics >
  2. A um passo da felicidade (imagine park jimin - bts) >
  3. A chegada

História A um passo da felicidade (imagine park jimin - bts) - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - A chegada



Eu havia acabado de desembarcar do avião, Finalmente estava em seoul,a cidade a qual sempre sonhei em morar. Entrei no primeiro táxi que me apareceu com as minhas malas. As ruas,os prédios,as luzes... Era tudo tão lindo como sempre sonhei.

Chegando em meu apartamento, suspirei vendo todas aquelas caixas espalhadas pelo pequeno espaço,eu tenho muito trabalho a fazer.

Peguei meu celular a busca de um emprego para pagar a mensalidade da minha faculdade, até que um anúncio me chamou a atenção 

"Procura-se ajudante diária de deficiente visual" 

Nossa,eles pagam bem. Interessada,solicitei para fazer um teste,a pessoa responsável me deu um horário, suspirei vendo que teria que acordar 2h mais cedo que o normal.


Pela manhã 


Estava um frio de congelar os dedos. Chegando em frente do local,entendi o porquê o salário era tão alto. Era uma mansão enorme,com grandes palmeiras na entrada e um portão enorme branco. Tomei coragem e toquei o interfone,que logo foi atendido por uma moça que logo disse : 

—Como posso ajudar ? 

Um pouco nervosa respondi 

—Eu vim para o teste de ajudante

—Ah certo 

Ela disse isso e então como mágica os portões se abriram pra mim. Eu entrei maravilhada com a beleza da casa. Logo abriram a porta da casa para eu entrar,e dei de cara com uma moça que disse : 

—Está 56 segundos atrasada !

—Perdão...

Respondi com receio. Já vi que não será nada fácil passar nesse teste 

—A senhorita Roseanne acorda em 20 Minutos para ir para a escola. A banheira dela deve estar cheia com água morna,seu uniforme arrumado,seu material organizado,e seu café deve ser servido. O quarto dela é o terceiro a esquerda.

—Certo 

Respondi confiante. Ela me olhou com um olhar de dar medo

Subi até o quarto dela e então entrei em seu banheiro. Enchi sua banheira e separei seu uniforme,vi quais aulas ela teria hoje e organizei seu material,depois desci e peguei seu café em uma bandeja de prata.

Quando estava tudo pronto,abri as cortinas e as janelas. A mesma levantou rapidamente, aparentemente assustada e disse :

—Quem está aí ? Sei que não é yang. O perfume dela é muito mais forte que o seu 

—ei...se acalme,eu me chamo Seo Sun hee e serei sua ajudante. Está tudo pronto pra vc ir para a escola 

Ela parecia desconfiada,então ela disse num tom um tanto grosseiro

—Saiba que se depender de mim vc não fica aqui nem 1 semana 

Engoli em seco com um pouco de medo. Eu não posso perder esse emprego,então apenas ignorei seu comentário

—Aqui está sua bengala 

Coloquei com cuidado na mão da mesma que levantou e foi para o banheiro,acho que ela já decorou o caminho

Ajudei ela com as demais coisas que faltavam e então descemos. Aquela mulher,presumo que seu nome seja yang,disse num tom como se já soubesse da resposta. 

—E então Roseanne ? 

Eu suspirei com medo da resposta dela,e então a garota disse : 

—O banho estava mais quente do que esperado,mas tirando isso ela se saiu bem 

A mulher me olhou surpresa e então disse : 

—Bem,vou passar a sua nota para o senhor jimin e ele decidirá oq fazer no final do dia. Deixa a Roseanne no carro que o motorista irá levá-la e então vc pode se retirar e voltar às 16h para saber se está contratada.

Sorri muito feliz,eu sinto que esse emprego já é meu 

—Certo,muito obrigada

Fui com Roseanne até o carro,a mesma disse :

—Vc ate que se saiu bem,as outras sempre refutavam meu comentário. Vc foi a única a não estourar de primeira

Sorri mínimo e disse : 

—Uma das minhas qualidades é ser paciente 

A mesma riu e disse : 

—Mas não se anime achando que vou facilitar pra vc. E nem pense em tentar algo com meu pai. Estamos entendidas ?

—Claro senhorita Roseanne 

Ela sorriu e então fechei a porta do carro,que logo foi embora.

Fui correndo na faculdade. Depois de horas esperando na fila, consegui fazer a inscrição e paguei a primeira mensalidade 

Voltei para casa e terminei de arrumar as coisas. Quando eram 15h40 pedi um táxi e fui até a casa de Roseanne. Toquei o interfone e logo deixaram eu entrar

Fiquei aguardando o pau de Roseanne me chamar. Até que yang veio até mim e disse : 

—O senhor park te espera na sala dele

Me levantei e fui até a sala dele,bati na porta e então uma voz masculina disse : 

—Entre ! 

Entrei e logo vi um homem de cabelos loiros e semblante sério encarando o seu computador. Ele era realmente lindo

—Sente-se 

Disse o Park me tirando das nuvens. Me sentei como ele havia pedido e então ele começou a falar 

—A sua nota foi realmente impressionante. Bem,eu te darei uma chance,seu horário será das 6h às 18h com direito a pausa para almoçar entre 12h e 13h. Tudo bem pra vc ? 

—Sim,está perfeito 

Sorri muito feliz por ter conseguido o emprego. Eu vou dar tudo de mim para esse emprego dar certo 

—Eu te vejo amanhã às 6h então. Obrigada por cuidar da minha pequena Rosa

Sorri e disse :

—A sua filha pode não parecer,mas ela é uma garota doce. Será um prazer cuidar dela 

Ele sorriu e disse : 

—Vc tem toda razão. Está dispensada 

Me levantei e sai da sala acenando 


No dia seguinte 


Acordei e me arrumei para ir para a casa da senhorita Roseanne. Não estava tão frio quanto ontem,mas ainda sim estava frio. Toquei o interfone e yang abriu os portões para mim.

Quando estava levando o café de Roseanne para seu quarto. Dei de cara com uma mulher bem vestida que me olhou com desgosto e disse num tom arrogante :

—Quem é vc ? 

—Sou a nova ajudante de Roseanne

Ela revirou os olhos 

—Não fique no meu caminho e vai cuidar da cegeta,vai ! 

—Ela não é uma cegeta. Ela é uma deficiente visual,a senhorita deveria ter um pouco de respeito já que está na casa dela não acha ? 

Ela me olhou enojada e saiu com o olhar esnobe. Quem será ela ? 

Entrei no quarto de Roseanne. Já estava tudo pronto,então abri as cortinas e a mesma acordou com o barulho da janela 

—Bom dia senhorita,Roseanne

Ela respondeu num tom rouco :

—Bom dia,Sun 

Entreguei a bengala pra ela e ajudei a mesma com seus afazeres. Quando descemos vi jimin tomando café com aquela mulher. Ela não parecia arrogante perto dele,pelo contrário.

Após Rose ir para a escola comecei a organizar seu quarto,sem querer acabei achando uma foto antiga,era Rose,jimin e mais uma mulher na foto. Sorri vendo o quanto aquela família parecia feliz

Pq será que Roseanne ficou cega ?...

—Vc não deveria mexer no que não é seu 

Me assustei e então olhei para trás vendo yang 

—Aish,vc me assustou ! 

Ela apenas se sentou na cama e disse : 

—Eles eram uma família linda não eram ?

Acenti sorrindo ladino e então yang suspirou dizendo : 

—Eu trabalho pra essa família desde antes do acidente...

—Acidente ?...

Yang suspirou triste e disse : 

—A senhora park estava com Rose no carro quando o carro derrapou e caiu pra fora da pista. A Roseanne perdeu a visão e quebrou o braço,já a senhora park...

Suspirei e me sentei em seu lado

—Eu sinto muito...

Ela me olhou e disse : 

—Depois que a senhora park morreu,o senhor park nunca mais foi o mesmo. É muito raro ele ficar com Roseanne,ele está sempre em seu escritório ou em jantares e viagens com sua namorada chung hee 

Então essa deve ser a mulher

—Agora termine de limpar o quarto e pare de fuçar as coisas de Roseanne 

Ela disse desfazendo seu semblante triste e o trocando para um sério como sempre

Terminei de arrumar o quarto e então aproveitei o horário de almoço para sair um pouco. Quando ia abrir a porta chung disse : 

—Que eu saiba os empregados ficam em período integral 

Suspirei contendo a raiva e disse num tom tranquilo :

—Eu não sou uma empregada senhorita. Sou ajudante de Park Roseane,agora estou indo almoçar pois o senhor Park me deu horário de almoço.

Sai sem dar mais satisfações para aquela mulher. Já vi que ela será uma pedra no meu caminho 

Fui até uma cafeteria e pedi um capuccino e alguns cookies. Quando me virei para ir para minha mesa acabei esbarrando e derramando café em alguém 

—Aish ! Mil perdões !

Disse pegando um guardanapo para limpar a blusa do homem que apenas sorriu desajeitado e disse :

—Esta tudo bem. É apenas uma camiseta 

Eu sorri um pouco mais aliviada 

—e-eu posso te pagar um café em forma de pedido de desculpas ? Eu realmente estou sem graça 

Ele sorriu e disse :


—Se vc me conceder a sua companhia já é o bastante 

Eu sorri um pouco corada e então começamos a tomar café 

—Então,qual seu nome ? 

Ele perguntou com um sorriso simpático 

—Seo Sun hee,e o seu ? 

Ele sorriu e disse : 

—Jeon jeongguk,mas pode me chamar de jungkook 

Sorri e disse :

—Certo,Jungkook 

Rimos e ele disse :

—Vc é nova na cidade ? Nunca te vi por aqui 

—Sim,eu vim do Brasil,Mas meus pais são japoneses 

—Entendo. Dizem que o Brasil é um país bem animado estou certo ?

Sorri rindo mínimo e disse :

—Sim,somos muito animados e calorosos. Pode ir nos visitar que vc será muito bem recebido 

Rimos e ficamos ali conversando por horas, descobri que ele irá cursar na mesma faculdade. Meu horário de almoço estava quase acabando então troquei números de telefone com jungkook e me despedi indo até a mansão.

Quando cheguei lá vi Roseanne sentada no sofá chorando

O que será que aconteceu com ela ?











Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...