História A única esperança - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 25
Palavras 302
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 10 - Emilly


Fanfic / Fanfiction A única esperança - Capítulo 10 - Emilly

Olá, meu nome é Emilly, tenho 18 anos, mesma idade da S/n, somos melhores amigas, eu nasci uma alfa, para os lobos isso é muito raro, tipo a cada 100 mil, 1 nasce alfa, sou a mais forte dos lobos q eu conheço, estou destinada a matar a fera, mas eu não quero mata-la, quem sabe fazê-la lembrar quem realmente é, pode ajudá-la, e poder ajudar a minha amiga, a fera a deixou estérea, se acharmos ela rápido, podemos reverter esse quadro, o sonho da S/n é ter filhos, agr q ela encontrou o amor da sua vida, o Taetae, nós somos praticamente irmãos, crescemos juntos, ele sempre perdeu nas nossas brincadeiras, ele disse que tem mais 6 amigos eu conheci o suga, acho ele um pouco estranho, vou ficar de olho, falta conhecer mais 5... Estou muito ansiosa, minha avó é japonesa, eu sou brasileira, sai do Brasil com 5 anos, fui pra Coréia, minha mãe era muito amiga da mãe do tae, nos conhecemos com 5, eu fui embora da Coreia com 15, já fomos namorados, perdemos BV e virgindade juntos, tenho um filho do Tae, mas como eu era muito nova, minha mãe se responsabilizou e o criou como seu filho, hj o Brenninho tá com 3, foi um tempo q queríamos ser adultos, fui prós EUA por causa da gravidez, perdi o contato com todos os meus amigos, fiquei lá até os 18, e acabei de voltar pra Coréia, minha mãe morreu quando fomos pro EUA, foi assassinada, no meio de um assalto, desde então moro com a minha avó Liu Kang e o meu "irmão" Brenno Rafael, logo o Brenninho irá vir pra Coréia eu irei contar pra ele e pro Tae, não posso mais esconder... Vcs irão me conhecer mais pra frente, sou super gente boa



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...