História A única exceção - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan, Drama, Festas, Jimin, Jungkook, Namjoon, Originais, Policial, Romance, Seokjin, Suspense, Taehyung, Yoongi
Visualizações 36
Palavras 752
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


vocês não fazem ideia do quanto eu fico feliz com cada favorito/comentario, eu nao achei q essa fic iria chegar aos 20 favoritos tao rapido e isso me deixa muito entusiasmada! juro q queria abraçar cada um q gosta da fic kkjkjk. em forma d agradecimento, resolvi postar um capítulo extra! muito obrigada gente, de verdade 💙💙💙💙

Capítulo 16 - Rascunho.


  Abaixei a cabeça torcendo pra não ter aula nenhuma hoje, estava sem paciência pra aturar aquilo tudo. Estava quase dormindo, quando o professor entrou, Seokjin me jogou uma bola de papel, levantei calmamente. Ele ficou lá, falando a aula toda e eu me fingindo de interessado. Acabei cochilando e acordei com Yoongi falando como uma matraca, a sala estava dividida em rodas com 7 ou 8 pessoas.

    Namjoon: Está com sono mesmo, nem parecia respirar.
    - O que temos que fazer?
    Hoseok: Já fizemos, estamos só esperando o professor liberar. – bocejei, me encostando em Seokjin.
    Jimin: Não dormiu essa noite, Tae?
    - Nada.
    Yoongi: Nervoso pro jogo de sábado?
    Jungkook: Ou pro baile? – debochou.
    - Que engraçado.
    Seokjin: Não entendi essa do baile..
    Jimin: Adivinhem quem ele convidou... Isso mesmo, Miane. – Namjoon arregalou os olhos.
    Namjoon: Mas você, nunca chama ninguém!
    - Eu gosto dela. – levantei o tronco, cruzando os braços.
    Yoongi: O que?! Mas e..
    - Não fale dela. Eu gosto de Mia como amiga e por isso, decidi convidar. Só isso.
    Hoseok: Que surpresa!
    Jimin: Ele ficou todo nervosinho pra chamar ela.. – Jungkook e Jimin riram.
    - Calem a boca, idiotas.
    Namjoon: Vocês combinam.
   - Somos amigos porra, a-m-i-g-o-s. – finalmente o sinal tocou, peguei meu caderno e caneta, levantando rapidamente. – Vejo vocês no refeitório mais tarde.

          Fui direto pro jardim, queria desenhar em paz e raramente alguém ia lá, apesar de ser um lugar lindo. Me sentei no gramado, encostando na árvore, desenhando uma cerejeira. Naquele dia eu só queria desenhar, ficar naquele jardim o dia todo, sem trabalhos do colégio ou treinos pro jogo. Estava cantando uma música qualquer em tom baixo, quando alguém sentou em minha frente.
 

-Ei. – levantei a cabeça.
- Oi, Mia. – voltei a atenção pra folha.
- Quer? – me estendeu uma maçã, vermelha como suas bochechas.
- Agradeço. – mordi, rabiscando os últimos detalhes da cerejeira.
- Não sabia que desenhava tão bem, Kim. Estou atrapalhando?
- Pelo contrário. – virei a página, iniciando outro desenho. – Como foram suas aulas?
- Boas até, estou conseguindo dar conta.
- Isso é bom, animada pro baile de primavera? – dei a última mordida na maçã.
- Um pouco, treinando bastante pros jogos? - estava se mexendo demais, dificultando meu trabalho de desenhá-la.
-Não tanto, fique parada. - pedi, ajeitando os traços de seu rosto. - Ainda irá ao jogo?
-Claro! Por que não iria?
- Acho que se atrasaria pro baile, é depois do jogo.
-Acaba um tempo antes, certo? Tempo de sobra. - ajeitei os borrões e lhe entreguei a folha. -Ficou.. lindo. Obrigada. – seu sorriso era sincero.
-De nada. - me levantei e ela fez o mesmo, se apoiando em meu ombro de surpresa, segurei pela cintura antes que caísse.
-Câimbra! - ela riu, enquanto evitava por o pé no chão. - Desculpa me apoiar desse jeito.. - corou.
-Não precisa pedir desculpa, muito menos ficar tímida. - tirei seus cabelos do rosto e sorri, a fazendo corar mais ainda.
xX: O que estão fazendo? - era Jeni, com uma outra garota.
-Mia está com câimbra no pé e se apoiou em mim, algum problema?
Jeni: Nenhum, vim apresentar Yuri a vocês. Mia, essa é Yuri, minha amiga, Yuri, essa é Mia, minha amiga que veio do Brasil. E esse, Taehyung. - Mia estendeu a mão para cumprimentá-la esboçando um sorriso, acenei com a cabeça.
Yuri: Prazer, Mia. Já conheço Taehyung. - sorriu abaixando a cabeça, mais uma pro time da timidez.
Jeni: Conhece? - franziu o nariz.
Yuri: Ele é popular no colégio..
Jeni: Hm. Bom, já os conheceu, vamos embora. - Jeni puxou Yuri pra fora do jardim, entrando no colégio.

 

   Mia ainda estava corada, nos separamos e ela sentou de volta, disse que iria ficar ali mais um pouco. Segui pra sala de aula, o sinal já havia tocado e teria um teste de filosofia pra fazer.Assim que eu e os garotos terminamos, trocamos de roupa e fomos treinar. As meninas estavam lá, incluindo a novata no grupo, Yuri.                    
            
 A observei mostrar o desenho a elas com um sorriso no rosto, de vez em quando nossos olhares se encontravam, mas ela desviava. Jogamos a tarde toda, elas já tinham ido faziam horas e eu estava faminto, fui pra casa as pressas, só queria comer e dormir, amanhã era o dia. O dia do jogo e do baile, e estava nervoso por isso. Peguei meu livro de desenhos afim de relaxar antes de dormir, me deparando com um papel pequeno amassado.

 

  "Boa sorte, Kim!

               Mia :D"
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...