História A Vampire in my Castle? - Capítulo 25


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Park Jimin (Jimin)
Tags Bangtan Boys (BTS), Imagine, Jimin, Medieval, Sobrenatural, Vampiros
Visualizações 15
Palavras 903
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção, Romance e Novela, Sobrenatural

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura 🌹

Capítulo 25 - Uma sensação incrível


 No capítulo anterior:

"—Podíamos aproveitar também"

Continuação:

— Jimin! — Esclamo espantada com o que o vampiro acaba de sugerir.

— Tudo bem se não quiser, jamais te forçarei a nada, mas um beijo eu posso receber? — Pergunta manhoso.

Vou até o mesmo e beijo seus lábios, dando início a um beijo lento e cheio de paixão, Park põe suas mãos sobre minha cintura apertando-a lentamente, e aos poucos minhas mãos saíram de seu rosto e foram de encontro ao seus cabelos, o beijo foi ganhando intensidade e Jimin me levanta colocando-me sentada em seu colo, eu já podia sentir algo rígido em meio às suas calças. Park começa a abrir meu vestido e retirá-lo aos poucos, até que a parte superior já não se encontra mais cobrindo meu corpo, o beijo é interrompido e eu podia ver o quão hipnotizado Jimin estava ao contemplar meus seios não tão volumosos, porém o brilho em seus olhos  indicavam que  ele os achavam perfeitos, ele sai de seu transe e abocanha um deles enquanto massageia o outro, sua língua em movimentos circulares em quanto chupava meu seio esquerdo me levava a loucura, eu estava fora de mim, minha respiração sai do compasso e meu corpo clamava por algo mais. Park arranca seu paletó e sua camisa deixando a mostra seu abdômen definido, e inicia uma trilha de beijos, chupões e mordiscadas até meu ventre enquanto me deita lentamente em sua cama, nem mesmo os altos gemidos de sua irmã eu era capaz de ouvir neste momento, tudo em que conseguia ouvir eram nossas respirações ofegantes e as batidas desesperadas de meu coração. Meu vestido é arrancado pelo maior e em segundos se encontra no chão do quarto, Jimin vislumbra a peça íntima em que eu vestia que provavelmente era algo que nunca viu em mulher alguma, mas logo ela não está mais em meu corpo, recebo um olhar surpreso e cheio de malícia de Park, que provavelmente era por causa da depilação, coisa que mulher alguma de meu século faz, seu rosto vai em direção a minha intimidade e eu não fazia ideia do que ele pretendia fazer porém necessitava de seja lá o que ele fosse fazer. Sinto sua respiração quente e um arfar escapa de meus lábios deixando Jimin ainda mais atiçado, sua língua entra em contato com minha intimidade fazendo me gemer baixo, sua língua percorria cada canto enquanto ele apertava com certa força minhas coxas e ele parecia estar gostando muitas do que estava a fazer, mas não mais que eu, obviamente, sinto uma sensação que nunca antes senti, e me derramo em sua boca, ele lambe o tal líquido até então desconhecido por mim e vem novamente de encontro aos meus lábios, eu não sabia o que fazer, porém tomei uma atitude e me virei, ficando sobre ele e parando o beijo, ele me olha surpreso e eu retiro sua calça juntamente com sua peça íntima, me deparando com algo que eu nunca havia visto antes, e com certo receio coloco minha boca em sua intimidade fazendo o que meus instintos me mandam, Jimin tomba a cabeça para trás domado pelo prazer enquanto soltava gemidos roucos, sua mão é posta sobre meus cabelos puxando-os levemente, e após algum tempo Jimin se desmancha em minha boca, e eu engulo tal líquido, Jimin em um ato selvagem me vira na cama, ficando sobre mim, iniciando mais um beijo, enquanto roçava nossas intimidades, Park abre lentamente minhas pernas encaixando seu membro em minha entrada, ele encerra o beijo e eu o encaro com um olhar assustado por não saber o que aconteceria agora, e Park me olha como se pedisse permição, e eu logo entendo o que aconteceria, faço que sim com a cabeça e ele me penetra e se mantém parado dentro de mim, provavelmente para que eu me acostumasse, uma dor imensa se forma e tudo que consigo é gemer enquanto aperto minhas mãos em seus ombros, o mesmo parecia se deliciar com os sons que eu emitia, quando me acostumo um pouco com tal dor o olho com um olhar de consentimento e ele começa a estocar lentamente e o quarto foi preenchido com nossos gemidos que de dor passaram a ser de um intenso prazer.

— Ji-Jimin! E-eu te a-mo! — Digo com certa dificuldade.

— Eu t-te amo ma-mais!

As estocadas foram ganhando cada vez mais intensidade e velocidade, o mesmo segurava com força minha cintura até que eu sinto uma sensação incrível e uma contratação em meu íntimo e me derramo em seu membro, que logo é retirado de mim e derrama seu liquido nos lençóis que se encontravam todos bagunçados agora. Voltamos a nos beijar com intenso desejo e logo o membro de Park estava rígido novamente, e ele me vira, deixando-me de quatro completamente empinada para si e volta a estocar em minha intimidade, porém com ainda mais vontade e intensidade, nossos gemidos estavam ainda mais altos, ele deposita alguns tapas em minha bunda, deixando-me ainda mais excitada, após mais algumas estocadas chegamos em nosso limite novamente e mais uma vez Jimin se derrama no lençol. Nos deitamos lado a lado mortos de cansaço e cobertos por suor, Jimin me  beija novamente, porém dessa vez não havia luxúria ou malícia, e sim carinho e afeto, após o fim do beijo demorado, nos abraçamos e Park nos cobre, aos poucos nossas respirações ofegantes foram normalizando e pegamos no sono.


Notas Finais


Desculpa meus amores, esse é o primeiro hot que escrevi na vida... Mas espero q tenham gostado! 🍃


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...