História A verdade - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias A Seleção, Pretty Little Liars
Tags A Seleção, Mistério, Pretty Little Liars, Suspense
Visualizações 35
Palavras 764
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Pessoal, desculpa pela demora.
Espero que gostem!
P.S.: por favor, leiam as notas finais

Capítulo 13 - A verdade 2 - Capítulo cinco


Capítulo cinco

   O enterro do rei da Noruega aconteceria naquela tarde. Todas as famílias reais estarão presentes. Como o protocolo manda.

   A alguns metros de distância do palácio estava localizado o acampamento de America e seus aliados. Assim que a rainha da Noruega desse o sinal, eles agiriam rapidamente e sairiam de lá mais rápido ainda.

   O enterro começou e o padre da família real da Noruega iniciou a missa. A rainha e sua filha, Nicoletta estavam com o semblante triste, porém uma era real e a outra não. Como dizia no protocolo, a rainha e a princesa precisavam fazer um discurso honrando o falecido. A princesa foi a primeira. Falou o quanto seu pai foi um bom rei e uma boa figura paterna. Terminou o discurso aos prantos. Finalmente chega a vez da rainha.

  -Bem o que falar sobre o rei, meu marido? Eu começo dizendo que eu estou bem melhor sem ele, vocês, o povo, também. Ele era um tirano, mesquinho, insuportável, e o resto, vocês irão descobrir agora.

   No mesmo instante um vídeo começou a aparecer no telão que anteriormente estava mostrando fotos do rei. No vídeo tudo estava muito escuro, porém dava para ver perfeitamente o rei amarrado em uma cadeira. Então uma voz, provavelmente de quem estava gravando, começa a falar:

   -Vossa Majestade está confortável? – Então o rei da Noruega cuspiu no chão -Por favor, não suje o chão com os seus germes. Vamos fazer assim? Você confessa a sua atividade com o rei Clarkson e eu te liberto na hora, o que você acha?

   -Que tal a gente fazer assim, você me solta e eu não mando matar todo mundo que você conhece? – Responde o rei

  -Engraçado...  Eu prefiro fazer da minha forma. Eu vou ser sincero com você: eu já sei seu segredo, então qual é o problema de você me falar?

   -Eu não tenho nenhum segredo.

   -Sério? Porque eu tenho certeza que você e Clarkson tem um segredinho.

   -Eu não faço a mínima ideia do que você está falando.

    -Deixe-me clarear a sua mente. Ele contém beijos, declarações de amor e  a pior parte: envenenamento de esposas. Isso te lembra alguma coisa?

    Quando o gravador do vídeo termina de falar é possível ouvir o barulho de tiros cujo o alvo era o rei. Na mesma hora podemos ouvir claramente a voz do gravador falando:

    -Qual é o seu problema? Ele estava prestes a confessar...

      E então o vídeo é cortado. Todos os presentes possuem a mesma expressão estampada no rosto, todos estavam chocados. E começaram a encarrar a rainha que tinha uma expressão de vitória estampada no rosto. Então ela continua o seu discurso, revigorada.

     -Isso tudo que vocês acabaram de ouvir é verdade. Meu marido me envenenava diariamente. Mas não só ele, Clarkson também faz isso com a sua esposa. Isso mesmo Amberly, seu marido coloca gotas de veneno em seu café matinal. Os dois esperavam ansiosamente pelo dia em que nós sofreríamos um derrame “inesperado” causado por estresse. Por conta do protocolo da monarquia os dois não poderiam ficar juntos, porém ficavam em segredo, e nós duas estávamos em seu caminho. E eu consegui descobrir tudo isso...

     No mesmo instante, America que estava disfarçada na multidão percebeu que a rainha ia falar demais e fez algo que não queria, mas foi forçada. Ativou o chip de segurança da rainha, que tinha sido colocado em sua cabeça em quanto dormia. Na hora ela sofreu um derrame e faleceu.

     Enquanto todos os presentes corriam na direção da rainha, America andou calmamente, para não levantar suspeitas, até o local onde os seus aliados estavam acampados. Assim que Aspen a viu, começou a falar:

     -O que aconteceu lá?

     -Creio que o veneno acabou surtindo efeito. -Respondeu America secamente

    Ao notar o tom que America falou, Aspen se calou na hora, entendendo o que realmente havia acontecido.

    Em menos de 30 minutos não havia o mínimo rastro de que America ou seus aliados haviam estado lá.

     Dentro do jatinho America, Aspen e mais 4 pessoas se reuniram para discutir a 3° fase do plano.

      -Então pessoal, essa fase eu pretendo adia-la, pois acredito que eu finalmente alcancei meu objetivo. Porém se daqui a alguns anos nada mudar, acredito que começaremos a fase 3 a todo vapor. -Disse America e todos concordam com ela.

        Então America e Aspen se sentam um do lado do outro e começam a encarrar o horizonte. Aspen toca na barriga de America e sente um chute. Eles sorriem um para o outro e voltam a encarrar o horizonte pensando no que os esperava no futuro.   


Notas Finais


Que final foi esse? É isso que você está pensando, ou eu não fiz meu trabalho direito...
Antes de tudo: sim, eu pretendo continuar, mas apenas se os fãs quiserem, então se expressem, porque ultimamente eu ando bastante desestimulada, quase ninguém comenta. Eu pretendo lançar " A verdade 3", porém não irei fazer isso para fantasmas.
Beijos e abraços,
Lídia.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...