História A Verdade Escondida - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias A Bela Adormecida, A Bela e a Fera, A Pequena Sereia, Alice no País das Maravilhas (Alice in Wonderland), Branca de Neve, Chapeuzinho Vermelho, Cinderela, Frozen - Uma Aventura Congelante, Mulan, Peter Pan
Personagens Absolem, a Lagarta, Anastasia Tremaine, Anna, Ariel, Bela (Belle), Branca de Neve, Caçador, Capitão Gancho, Chapeleiro Maluco, Chapeuzinho Vermelho, Cinderela, Coelho Branco, Elsa, Fa Mulan, Fada Madrinha, Fauna, Fera, Flora, Gato de Cheshire (Gato Risonho), Li Shang, Lobo Mau, Madrasta, Malévola, Mushu, O Caçador, Peter Pan, Primavera, Princesa Aurora, Príncipe, Príncipe Encantado, Príncipe Eric, Rainha Branca, Rainha Vermelha, Shan Yu, Tinker Bell
Tags Contos De Fadas, Disney, Horror, Terror
Visualizações 28
Palavras 961
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Canibalismo, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Branca de Neve possivelmente foi inspirada em fatos reais como os outros vários contos. Durante a Idade Média, existiu uma princesa famosa por sua beleza: Margarete Von Waldeck que cresceu na região de Waldeck e era detestada por sua madrasta. Felipe II, da Espanha, decidiu casar-se com a lindíssima jovem, mas antes que isso acontecesse ela morreu possivelmente envenenada. Os sete anões se referiam ao trabalho infantil, as crianças pequenas trabalhavam nas minas e eram conhecidas como anões.
Muito provavelmente, a história da linda jovem que perdeu a vida cedo demais ganhou força no imaginário popular e foi tendo outras várias versões, sendo posteriormente adaptado pelos irmãos Grimm, como muitos outros contos da *Idade das Trevas*.

Capítulo 1 - Branca de Neve


Fanfic / Fanfiction A Verdade Escondida - Capítulo 1 - Branca de Neve

NARRADOR

A INVEJA É DE TODOS

O MAIS MORTAL DOS VENENOS

MATANDO SILENCIOSAMENTE

CORROENDO OS SERES POR DENTRO


Há muito tempo atrás, isso não foi diferente, quando um viúvo rei decidiu se casar novamente ao se apaixonar por uma jovem mulher, ele tinha uma linda filha ainda criança quando a união ocorreu, ela tinha a pele branca, cabelos pretos como a noite e lábios vermelhos como sangue, a cor de sua pele dera origem a seu nome, Branca de Neve.

O Rei morreu durante uma guerra, deixando a filha sozinha com a madrasta, a qual detestava sua enteada, a mulher passava os dias dentro de seu quarto, conversando com seu preferido objeto e escravo, seu espelho mágico, fazendo todos os dias o mesmo ritual.

-Espelho, espelho meu, quem é mais bela do que eu?

Ela dizia com tom e postura rígida, sabendo da reposta que viria.

-Não existe mais bela do que vós.

Porém, os anos se passaram e num infeliz dia, a reposta do espelho mudou:

-Espelho, espelho meu, quem é mais bela do que eu?

-Famosa é a vossa beleza, porém há uma menina entre nós com tanto encanto e suavidade, que eu digo: ela é mais bela do que vós. Lábios como a rosa, cabelos como ébano e pele tão branca como a neve.

Nem mesmo o espelho precisou prosseguir, o raciocínio da Rainha foi direto a sua enteada, que a essa altura já não era mais uma criança e sim uma bela jovem que a cada dia se tornava uma ameaça ainda maior, mesmo que a colocasse em roupas de empregados e a mandasse realizar tarefas, de nada aquilo adiantou, o momento que tanto temia chegou.

A alternativa foi falar ao caçador real que a matasse, antes disso trazendo seus órgãos, o coração, o pulmão, os rins, fígado e todos seus órgãos internos para que ela pudesse comê-los, acreditando que assim seria mais bela.

Porém com dó da menina, o caçador ordenou que ela fugisse para a floresta, ele então matou uma gazela e entregou os órgãos da mesma para a Rainha.

Branca de Neve encontrou uma casa na floresta, com móveis pequenos e desarrumada, a menina pôs-se a organizar tudo e a cozinhar, juntando sete camas para adormecer após os cansativos trabalhos domésticos que fizera, aos donos da pequena residência adentrarem o local, achando que havia sido invadido por um algum ladrão devido a porta estar aberta, sendo surpreendidos pela bela jovem pálida que dormia nas camas.

Cordialmente se apresentaram: Mestre, Feliz, Dunga, Soneca, Atchim, Dengoso e Zangado, sete anões que trabalhavam nas minas reais e ficando com pena da menina, a deixaram ficar.

No castelo, após comer o prato completo de órgãos, a Rainha mais uma vez falou diante do espelho “Espelho, espelho meu, quem é mais bela do que eu?” e a resposta mais uma vez a surpreendeu “Vos sóis bela, mas Branca de Neve ainda é a mais bela”.

Revoltada e descobrindo toda a enganação, mandou matar o pobre Caçador e disfarçou-se de velha senhora para ir até a casa onde a enteada estava, não foi difícil descobrir graças ao espelho outra vez.

Ao chegar, ofereceu-se para pentear os cabelos da menina que aceitou sem desconfiar de nada, passou o pente envenenado pelos fios negros da jovem que caiu ao chão, a Rainha então comemorou e voltou para o Castelo.

Aos anões chegarem tiraram o pente dos cabelos de Branca de Neve e a alertaram para não abrir a porta para ninguém além deles.

A Rainha decepcionou-se outra vez diante das palavras do espelho “Aquela de delicadeza e sutileza, e total beleza ainda é a mais bela”.

Revoltada e pondo seu plano em prática, outra vez voltou a casa dos anões e bateu a porta, ofereceu um espartilho a Branca de Neve que aceitou de prontidão o presente. Ela então apertou a peça no corpo da menina, até que a mesma ficasse sufocada caindo no chão novamente e a Rainha voltasse ao Castelo comemorando a vitória.

Os anões ao chegarem do trabalho libertaram a menina tirando o espartilho de seu corpo e novamente a avisaram para não abrir a maldita porta da casa.

A Rainha sentiu a ira domina-la e chegou a quebrar o espelho num ato de surto, teria de ir novamente visitar a enteada e desta vez seu plano não podia falhar.

Colocou o terceiro disfarce e voltou a casa da enteada, oferecendo-lhe uma maçã e pedindo que faça um desejo antes da mordida, a garota talvez por ingenuidade ou quem sabe tolice, aceitou e mordeu a maçã e por outra vez caiu no chão, fazendo a Rainha comemorar.

Aos anões chegarem, tentaram de todas as formas acordar Branca de Neve sem sucesso, sem coragem de enterra-la construíram um caixão de cristal, coberto por joias e ouro.

Um Príncipe ao passar pelo local, enxergou o corpo da menina, e implorou para que os anões permitissem que ele a levasse, um pedido que foi negado durante muito tempo, no entanto depois e algumas semanas e os anões sentindo dó do rapaz príncipe, entregaram o corpo de Branca de Neve a ele.

O Príncipe colocou o caixão da jovem em cima de seu cavalo, mas num deslize o caixão caiu de cima do animal e com o impacto Branca de Neve cuspiu o pedação da maçã que estava em sua garganta e acordou diante da surpresa do jovem e dos anões, aceitando casar-se com o rapaz logo após.

A Rainha recebeu o convite para o casamento no Reino vizinho e colocou seu melhor traje, ao chegar no casamento, encontrou a bela noiva com um sorriso indecifrável, Branca de Neve então ordenou que os guardas colocassem sapatos de ferro quentes como brasa nos pés da madrasta e a obrigou a dançar até a morte.


-FIM-


Notas Finais


Então vocês já conheciam essa versão do conto da Branca de Neve ou outras versões da história?
Qual o próximo conto que deve aparecer aqui?
Comentem e favoritem a história, isso me dá um grande apoio, além disso eu gostaria de saber se vocês sabem de outras versões de histórias e o que vocês acharam dessa.
Continua?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...