História A verdade não contada - Imagine Kim Namjoon. - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Jeon Jungkook, Jung Hoseok, Kim Namjoon, Kim Seokjin, Kim Taehyung, Min Yoongi, Park Jimin
Visualizações 187
Palavras 1.173
Terminada Sim
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá!
Aqui estou eu com um capítulo novo.
Espero que gostem
♡♡♡ olha essa foto maravilhosa do Namjoon mdssss
Vou está sempre colocando fotos dele bem lindas kkkk

Capítulo 2 - Capítulo 2


Fanfic / Fanfiction A verdade não contada - Imagine Kim Namjoon. - Capítulo 2 - Capítulo 2

Acordei bem cedinho aquela manhã, fiz um café e fui direto para a frente do computador editar mais fotos. 

 Depois passei algumas horas escolhendo uma roupa para ir a casa do Namjoon. No final escolhi uma calça jens e uma blusa solta azul. E quando fui ver já era hora de ir, estou sempre me atrasando. 

                        ✩✩✩✩✩ 

 Ao chegar a casa de Namjoon, o portão estava aberto, fico encantada com a mesma. Tinha um lindo jardim, uma piscina e sua casa parecia aquelas mansões dos filmes. 

 - Bonito né? O jardim. - ele sempre brota do nada. 

 - Ah! Você poderia não me assustar toda vez que falar comigo. E sim, o jardim é lindo! - digo e ele rir. 

 - Desculpa, não vou fazer mais isso.

 E na mesma hora começamos a rir juntos. Percebo que tem duas crianças com ele. 

 - Esses são meus irmãos mais novos. Kim Taehyung e Kim Jisoo. 

 - Muito prazer em conhecê-los ! 

 Logo depois os dois saíram correndo para seus quartos e ficamos a sós. 

 - Sua casa é muito linda ! - digo. 

 - Que bom que gostou, aposto que vai tirar lindas fotos! - diz ele olhando para mim. 

 - Sério ? Posso tirar fotos aqui ? - digo olhando para ele. 

 -Claro! Esse espaço é todo seu. - diz. Tenho certeza que meus olhos estavam brilhando de alegria. 

 - Ah, sobre ontem...eu não ter aparecido, me desculpa. Eu realmente apaguei ontem a tarde. 

 - Tudo bem, esqueça isso. Quer tomar alguma coisa ? Água, suco, café ? 

 - Só uma água mesmo, obrigada. 

                     ✩✩✩✩✩ 

                 KIM NAMJOON 

 Eu e S/N andamos pelo Jardim, ela tirou algumas fotos. Depois nos sentamos em uma mesinha que tinha perto da piscina e começamos a conversar. 

 - Então, você é daqui ? 

 - Eu nasci em Seul, mas me mudei para Nova York por conta da minha faculdade. E meus amigos disseram que aqui tem lindos lugares para tirar fotos. 

 - O que está achando ? 

 - Estou encantada com esse lugar. Eu já havia vindo aqui quando era pequena, mas não lembro de muita coisa. 

 - Que bom que está gostando. Pretende morar aqui ? Ou só esta de passagem ? 

 - Não, Não. Eu vou ficar aqui uns três meses, mas se tudo de certo quem sabe. 

 - Ah...espero que tudo dê certo. Você tem um talento nato. - digo. Percebo que as bochechas dela ficaram rosadas. 

 - Obrigada, Namjoon. 

                         ✩✩✩✩✩ 

                             S/N

 Hoje foi um dia muito bom. Eu tirei várias fotos, e ainda conversei com Namjoon, ele é uma pessoa muito simpática e inteligente. 

 Estava escurecendo, dei uma olhada no celular e já era oito horas. Tenho que ir pra casa, pois está tarde. 

 - Eu já vou indo, Namjoon. Foi um prazer passar essa tarde com você, e obrigada por deixar eu tirar as fotos. 

 - Não, não. Fique aí, eu já volto. Vou pegar a chave, você não vai sozinha uma hora dessa, né ? 

 - Tudo bem, não precisa, mas obrigada!  

 - Faço questão de lhe deixar na sua casa. Aceite, por favor ! 

 - Ta bom, Ta bom. - digo. Enquanto Namjoon foi pegar a chave fiquei sozinha. Derrepente uma senhora aparece. 

 - Olá, mocinha! 

 - Olá...- digo um pouco assustada. 

 - Você é a moça que estava no parque aquele dia ? 

 - Sim, sou eu mesma. Park S/N ! - falo, e ela me olha um pouco surpresa, ou como se já me conhecesse. Confesso que fiquei constrangida. 

 - Você não deveria está aqui. Por favor não venha mais aqui. Falo isso para seu bem. - diz ela e pega em minhas mãos. 

 - Mas...Por que ? - pergunto confusa. 

 - Será melhor para você. Apenas faça o que eu digo. - ela diz e vai embora.

 Como assim ? Por que não posso vim aqui ? Será que fiz algo de errado ? 

 Namjoon chegou com o carro e fomos. Eu fiquei o caminho calada e pensando no que aquela senhora havia me falado. 

 - Chegamos! Obrigada por me trazer. 

 - Disponha. Mas por que você veio tão calada ? Aconteceu algo ? 

 - Não, só estou cansada. 

 - Ah, tudo bem. Podemos nos ver de novo ? 

 - Claro. 

 - Então até próxima. Tenha uma boa noite, S/N. - diz e ele beija minha bochecha. 

 - Você também. 

 Aceno e seu carro vai embora, entro em casa e me jogo no sofá. Não sei por que mas estava morta. Enquanto tomava banho, me lembrei do que a senhora havia me falado. 

 Será que ela me conhece ? Mas eu nunca a vi na vida. Eu não quero parar de falar com Namjoon, gosto de sua companhia. Mas ela não disse para eu me afastar de Namjoon e sim para não ir a sua casa.

 Me arrumei e fui dormir. Amanhã será um longo dia.   

                          ✩✩✩✩ 

                     KIM NAMJOON 

 Meus pais já estavam em casa, pois vi o carro do meu pai na garagem. Quando cheguei os dois estavam brigando, mas eu nem liguei e fui para o quarto. 

 Eles sempre tem essas brigas. Mas não me meto, depois quando vou ver os dois já estão de bem. Parecem até adolescentes. 

 Quando entro no quarto vejo a dona Jung sentada em minha cama e sua cara não estava muito boa. 

 - O que aconteceu, dona Jung ? 

 - Namjoon ! Você não tem medo do seu pai descobrir que você trouxe uma garota pra cá ? E a sua noiva ? 

 - Você sabe muito bem que eu não gosto da Suheer. E meu pai só vai descobrir se você contar, e você não vai, né ? - digo e à abraço. 

 - Bem que eu deveria, pois ele é meu chefe. Mas como eu amo você, e só quero que seja feliz, não vou contar. - diz e se levanta. 

- E...eu também não gosto muito da Sohee. 

 - Você é a melhor , dona Jung! 

 - Já vou indo. Até amanhã. 

 - Boa noite. Até. 

 Já sozinho em meu quarto, pensei um pouco sobre tudo o que poderia acontecer se eu me casasse com Sohee. Eu não quero que tudo aconteça assim. Não quero me casar com ela, não quero passar o resto da minha vida com alguém que não amo. 

 Meu pai conseguiu se apaixonar por minha mãe ao decorrer dos anos. Mas eu não me imagino apaixonado por Sohee. 

 E agora apareceu S/N, e só esse dia já conheci muito dela e percebi que ela é uma pessoa maravilhosa. Quero conhece - la ainda mais. Gostaria de passar mais tempo com ela, nossas conversas me fazem esquecer essa ideia louca de meu pai.

 Ouço alguém bater na porta. Era minha mãe, e ela estava triste. 

 - Posso entrar ? 

 - Claro, mãe. 

 - Desculpa, eu não vi você chegar. Com certeza você ouviu toda a briga. 

 - Não se preocupe. A senhora está bem? 

 -  Vou ficar.

 Nós conversamos por um tempo.Depois ela me deu um beijo na testa e foi para seu quarto.     


Notas Finais


Obrigada ♡♡♡
Até a próxima.
Comente o que achou
Bjsss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...