História A verdade por trás da mascara - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Bakugo Katsuki, Midoriya Izuku, Todoroki Shouto
Tags Boku No Hero, Dupla Personalidade, Harem, Máscara, Yaoi
Visualizações 89
Palavras 741
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Harem, Lemon, Luta, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que tenham gostado do capitulo

Capítulo 7 - Por que você bateu nele?


Fanfic / Fanfiction A verdade por trás da mascara - Capítulo 7 - Por que você bateu nele?

                              POV IZUKU

       Aquele pirralho é muito irritante, não deixa eu ir nem no banheiro sozinho, e ainda por cima quera que eu faça ele sentir prazer toda hora.

            - Hey Midoriya- Disse se aproximando, eu falei hmm, para que ele continuasse - Você não sabe as regras do contrato não é? - Ele disse com sarcasmo, e eu fiz um não com a cabeça - as regras são : 1 _ mimar o bebê, 2_ dar carinho, 3_ toda sua atenção deve ser para o bebê, 4_ ficar no quarto do bebê até ele dormir 5_ dormir com o bebê,6_ em qualquer lugar que for leve o bebê, 7_ de um beijo de boa noite no bebê, 8_ não fazer o bebê chorar, 9_ dar banho no bebê, 10_ fazer o bebê feliz, 11_ trocar o bebê - Ele parecia orgulhoso dessas regras.

                     - Tanto faz- Disse pegando minha mochila e quando ia sair ele me segurou.

                           - Lembre-Se da regrinha 6 - Disse pegando minha mão me puxando para fora- Para onde vamos?

                                 - Para escola- E assim fomos , quando chegamos no portão encontramos o All Might.

                                - Bom dia Midoriya - kun- Disse com seu sorriso de sempre. 

                                       - Bom dia All Might - Disse sorrindo , o pirralho parece ter ficado surpreso.

               POV KIRISHIMA

               Mas o que? Ele sorriu?  Mas ele nunca fez isso na minha frente.

                  - O que foi ? - Disse parando de sorrir.

           Quando eu fui responder ele derrepente pulou em um loiro, e gritou " Kacchan " , quem é esse cara?

           - PORRA DEKU VOCÊ ME DERRUBOU! JÁ DISSE PARA PARAR DE PULAR EM CIMA DE MIM!!! - Ele não gosta do Midoriya?

                 - Desculpe Kacchan - Derrepente o Midoriya tocou seus lábios com os dele.

                      - Quem é esse  cara ? - Perguntou apontando pra mim.

                        - Lembra quando eu disse que estava trabalhando como babá? Então essa é a criança, seu nome é Kirishima- Eles começaram a falar  e pareciam ter esquecido que eu estava ali até que eu fui tentar dar um soco no loiro mas ele desviou.

                            - Para um pirralho você é bem mal criado, você deveria puni - lo Deku - Disse sorrirde uma forma assustadora.

                            - Eu bem que queria,mas se eu fizer eu não irei receber - Não falei mais nada , só fomos para sala - Você vai assistir à aula ? É melhor ir para a enfermaria e ficar lá - Eu simplesmente assenti.

         DEPOIS DAS AULAS 

       Estávamos no caminho de casa até que encontramos um velho , ele veio até nós. 

            - Olha o que temos aqui , se não o Izuku Midoriya - Ele agarrou o braço do Midoriya, parecia querer puxa-lo,mas o Midoriya puxou de volta e lhe deu um chute em seu estômago.

            - Me desculpe senhor , mas não quero ser estrupado- Quando ele disse isso lhe deu um soco - Tick tack ... Segundos vão passando, pessoas vão morrendo, cabeças a rolar ... Tick tack. ... A escuridão por todo lado e a morte á rondar- Ele ficava cantando essa música assustadora, e começou a bater ainda mais no velho - O que foi ? Não aguenta mais ? É ainda tentou me estrupar? Tem que pelo menos ter pau grande , e só pela sua cara não parecia que o possui - Ele dise isso tudo sorrindo de uma forma muito assustadora, ele começou a esfaquea-lo e a rir, depois de alguns minutos ele finalmente parou - Vamos pirralho.

         Quando chegamos em casa , ele foidireto para a cozinha.

                 - Midoriya quem era aquele cara ? - Estava realmente curioso.

                        - Não sei- Disse colocando a comida na mesa.

                               - Por que você bateu nele ? - Comecei a comer.

                                  - Ele ia fazer coisas más - Começou a comer também. 

                                  - Precisava fazer isso ? - Exaltei um pouquinho minha voz.

                                       - Olha , meio que não, mas eu quiz - Disse isso normalmente.

                                        - VOCÊ NÃO PODE FICAR BATENDO NA PESSOAS POR QUE QUER - Comecei a gritar, o que houve com o Midoriya? 

                               - na verdade eu posso, e também foi tão bom ouvi-lo gritar - Ele continua dizendo isso normalmente.

                              - ELE NÃO MERECIA DAQUILO, E COMO PODE DIZER ISSO NORMALMENTE ?!?! -Já estava começando a chorar.

                                 - Como pode ter tanta certeza que ele não merecia aquilo , e todos nós iremos morrer um dia- Disse saindo da mesa.

 


          

  


Notas Finais


Espero que tenham gostado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...