História A viagem - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Naruto Uzumaki
Visualizações 100
Palavras 1.451
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Romance e Novela, Saga, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - Vamos dormir


Fanfic / Fanfiction A viagem - Capítulo 3 - Vamos dormir

AUTORA

Tudo aconteceu muito rápido, o helicóptero   mostrava sinal de perigo, a Hyuga segurava firme, o Uzumaki segurava firme para manter o controle do helicóptero, Kabuto tinha supostamente se ''desequilibrado'' e não se encontrava mais no helicóptero,deixando que o Uzumaki se virasse sozinho, o helicóptero teve a queda amortecida por um punhado de árvores que ficava perto de um rio, se desesperou quando viu a Hyuga se desequilibrar com o impacto e caído no rio, a mesma não sabia nadar, fazendo um Uzumaki super protetor se jogar segundos depois, a procurando freneticamente pela morena que afundava sentindo seus pulmões se encontrar com água enquanto seu cérebro implorar por ar, fechou os olhos devagar ao olhar as bolinhas de ar que saia de sua boca e nariz, seu vestido branco pareceu se abrir como um vestido de casamento mostrando como ele era bonito, seu olhos estavam sem o brilho, nublados, se deixou levar. O Uzumaki a procurar ate ir para o fundo e perceber que estava começando a ficar sem ar, olhou para baixo tentando ignorar o fato, quando a avistou seu coração acelerou, liberando a adrenalina que se misturava com o medo de perde-la, quando a levou para a superfície e percebeu que a mesmo inconsciente não respirava, O Uzumaki a levou para cima de uma grande roxa quadrada que aquentou os dois, ele levantou a cabeça da mesma , segurou o queixo com uma das mãos enquanto a outra foi colocada apertando seu nariz, e na maior velocidade pressionou os lábios da morena empurrando o ar para seus pulmões, uma.. duas nada, a soltou e pressionou com as duas mãos juntas o peito da mesma.

-Merda,por favor, por favor, porra, acorda... Acorda.. Vai, va- colou os lápis tentando novamente respiração boca-boca, quando voltou a apertar seu peito subindo e descendo já se encontrava com os olhos ardendo, a voz do loiro mesmo ofegante ainda era grossa -por favor, droga,em preciso de você... Acorda. -quando pela terceira vez fez respiração boca-boca a mesma se levantou virando de lado jogando para fora a água que a estava matando, tossindo um pouco e quando a mesma olhou para o loiro com lágrimas nos olhos, o loiro a abraçou forte -ainda bem,  não me assusta assim.

Diz por fim meio choroso colocando a cabeça apoiando na curvatura do pescoço, a Hyuga ficou mais que surpresa, se emocionou pelo tão ato.

-Gomen'nasai.. -diz chorosa e em um sussurro o suficiente para que o loiro a abraçasse mais forte e desse um sorriso de lado-.. Arigato...-ficaram abraçados por um período pequeno de tempo.

-Não quero estragar o momento... mas -falou com a voz ´reocupada, parou a encarando, e ele finalmente pode admirar de perto os olhos da morena a sua frente dando um sorriso discreto, a mesma estava fraca e vulnerável, não gostava de se sentir assim -temos que encontrar um lugar em que podemos ficar, daqui a algumas horas ira anoitecer, -disse fazendo a Hyuga sorrir tímida e olhar para baixo- teremos que dar uma olhada no que sobrou do Helicóptero para poder pegar algumas coisas... Tudo bem?

-S-sim, claro -diz se levantando ambos respiraram fundo, ela estava preocupada por ter gaguejado, seu corpo tremia sentindo falta do conforto com o loiro que não estava diferente, queria sentir o  gostoso gosto do loiro lhe deixando a flor da pele, como poderia pensar besteira em um momento como este, balançou a cabeça ficando atrás do loiro que transmitia um cheiro gostoso, fechou os olhos ao lembrar de sua voz, grossa que a deixava excitada, quando ele sussurrava a deixava desarmada só arrepiada;

Seguiu o loiro em um silencio horrível, não tinham nenhum machucado fundo só uns arranhões, o helicóptero estava destruído com poucas parte inteira, atrás tinha um espaço onde encontraram um quite de primeiros socorros, umas roupas que estavam espalhadas e um edredrom que estava quase caindo de uma árvore, os dois estavam exaustos, depois de pegar o'que sobrou incluindo uma tocha vermelha que servia para pedir ajuda, andaram por um tempo ate o sol se por, já estava escuro, colocaram as coisas perto de uma árvore e montaram uma fogueira, Naruto tinha feito acampamento na adolescência, e aprendeu muita coisa, Hinata estava presa em seus devaneios perto da fogueira, pensando como ele iriam para casa, por este tempo já deveriam saber que algo aconteceu, o'que seria dela, Naruto, porque com o loiro perigoso, como o acidente poderia ter acontecido, como tudo foi tão rápido, e o beijo... A sim o beijo aquele beijo foi maravilhoso, colocou os dedos na boca lembrando do acontecimento balançou a cabeça e....

-Hinata... -sussurrou o loiro, tão próximo a sua orelha que sentiu a respiração do mesmo, gemeu pelo susto, quando ia responder, o loiro chegou mais perto se era possível -vem deitar, a espaço o suficiente para nós dois.

-Não preci- foi interrompida pelo loiro que afastou os cabelos da morena para o lado tão azul quanto o ceu que cobria suas cabeças aquela noite, ele depositou uma mordida bem leve no pescoço lisinho da mesma que abafou o gemido, ela tentou sair mais o loiro segurou sua mão de leve, a fazendo continuar sentada enquanto sua mão livre foi para o queixo da morena a fazendo virar o rosto para que ele visse a bela pele branca, tão exposta.

-Parece que ta mais quente aqui, belojeito que esta gemendo -murmurou com os lábios cobrindo seu pescoço, ela tinha que agir mais a sensação era tão gostoso, a deixou arrepiada e rubra pelo comentário - o'que prefere, hum? Se não me disser nada vou levar como um...... - chegou mais perto de seu ouvido-.. Sim?

-N-Não.. -sua voz saio baixa e arrastada, o'que estava acontecendo, seu corpo não poderia trai-la agora, conhecia aquela sensação era quando estava excitada, sentiu entre suas pernas ficar umido, se continuasse assim ela não seria capas de aguentar, o loiro estava excitado seu pau latejava, por mais que ela dissesse não, ele sabia o'que ela, queria pois seu corpo desejava o da pequena que se encolhia, o clima estava ficando mais quente podia jurar que seus olhos estava cheio de luxúria, ambos estava com a respiração pouco acelerada, iria a reconquistar mais não ficaria com ela movidos pelo desejo, para se arrepender depois, por parte dele isso não aconteceria, mais ela não era fácil, para não fazer merda se levantou e foi deitar na esteira improvisada, a noite estava realmente fio, demorou um tempo para que a morena volta-se a si, e chegou a conclusão de que ele a estava usando de novo, levantou irritada com sua certeza, viu o loiro de olhos fechados, com a respiração tranquila e o rosto sereno assim era dificil saber se ele fingia ou não, bufou e se deitou, com uma distancia considerável e de costa para o loiro que deu um sorriso de lado com tal atitude, não muito tempo o loiro viu a morena se encolher e a puxou para perto enlaçando sue braço musculoso, no ponto e encostando seu peitoral por debaixo da blusa nas costas da morena que encaixou direitinho no seu corpo.

O loiro acordou quando o sol estava brilhando,olhou para o lado em que estava sentindo uma pressão em seu braço e sorriu de lado, a morena agora virada para ele dormia tranquilamente como se toda esta merda nem tivesse acontecido, a olhou por um tempo não queria acorda-la, a abraçou e sentiu o cheiro suave que ela tinha, não dormiu queria aproveitar então só fechou os olhos depois de um tempo sentiu ela se mexer mais continuou com os olhos fechados quando sentiu as pequenas mãos lhe tocas a testam os olhou o nariz, chegou em sua bochecha e la recebeu uma caricia, Hinata acordou tranquila, tinha dormido muito observou, não sendo a única coisa que ela observou ficou corada quando sentiu um dos braços do loiro lhe tomar a cintura em um abraço para que ficassem perto e a outra é onde repousou a cabeça, o observou tudo, a pele bronzeada, a sobrancelhas loiras, os olhos mesmo fechados lembrou azuis como o céu limpo, as três marquinhas na bochecha, quando chegou na boca o observou, sentiu o cheiro gostoso que ele tinha e corou quando percebeu que ele estava acordado apenas fingindo, levantou bruscamente, o fazendo abrir os olhos.

-Você é um belo de um filha d- não, não dona Kushina não, baka -gritou se distanciando, fazendo o loiro suspirar pesado ''não sera fácil'' pensou.

-Do que esta falando- falou para que ela escutasse, a provocando, queria ver ela fala, a viu corar ,mais se virou.

-Eu vou matar você Uzumaki, vai levanta, temos que pedir ajuda -falou brava.

-Hai, hai - falou sorrindo, levantou, seria um dia longo


Notas Finais


não sei escrever ação eu também n to nem ai escrevi do meu jeito só 6 imaginar a sena e fazer melhor
demorou?
memorou!
e se por um acaso eu demorar de mais para postar eu faço um cap com tudo bem resumido


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...