História A Vida Continua... - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 14
Palavras 1.832
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Violência

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


~Oiii meu anjinhos e anjinhas, tudo bom?
Mais uma fic, me desculpem a demora '-'
Estou sem criatividade ultimamente, então me desculpem kkkk
Bjs e fiquem com mais uma fic~

Capítulo 3 - Desgosto? É isso q eu causo nas pessoas?


Fanfic / Fanfiction A Vida Continua... - Capítulo 3 - Desgosto? É isso q eu causo nas pessoas?

~Anny on~


Acordei, fiz a msm coisa de sempre, fiz minhas higienes, tomei café, me arrumei, coloquei uma roupa simples, uma calça preta, uma blusa cinza com uma estampa de unicórnio, nada mto infantil (sim, sou apaixonada por unicórnios kkk, talvez um "pouco" infantil, mas eu to nem aí) um all star branco, eu estava procurando o meu celular, pois não lembrava onde havia colocado antes de dormir, dps de um longo tempo procurando, eu acho, adivinha onde estava?

No bolso da minha calça ^-^ kkkkk, (desculpa, eu de manhã sempre sou meio desligada)

Quando eu vejo a hr, eu já estava atrasada, saio as pressas de casa, chego na escola meio perdida, procurando o meu armário, quando eu acho o armário, o sinal toca, eu fiz a combinação e o armário não abriu, eu tentei a segunda vez e eu consegui, peguei alguns livros e fui apressada pra aula, eu peguei o celular para tirar a música e nem estava olhando quem estava na minha frente ou não, e do nada eu esbarro em alguém, eu caí no chão derrubando todos os livros e algumas  folhas q estavam no meio tbm, virou uma zona, quando eu olho pra cima, me deparo com o Rafa, ele me ajudou a me levantar, ajuntar os livros e as folhas q estavam caídas, e ele acabou vendo uma folha com um desenho {o desenho da foto}, ele elogiou os meus desenhos e eu senti o meu rosto corar, e fomos juntos até a sala, o professor chamou a nossa atenção e mandou entrarmos para assistir a aula, entramos e eu escutei as pessoas murmurando de novo, affs, isso me irrita, mas pelo menos a Gabriela não estava lá com o seu grupinho, eu estranhei, pois ela faltou 2 dias seguidos, mas ok, tomara q ela tenha morrido tbm...

A aula de biologia acabou, e logo em seguida era aula de artes, o professor de artes pediu para fazermos duplas, a cada um desenhasse o parceiro, entao, como eu só tinha a Nanda como amiga e ela estava fazendo o travalho com a Anna, só restou o Rafa, então acabei fazendo o trabalho com ele, eu até consegui fazer o desenho, poderia ter ficado melhor, mas como não tinha mto tempo, ficou como estava, ele terminou o meu desenho tbm, realmente, ele até tentava, só q não dava mto certo kkkk, ele sabia q não desenhava mto bem, mas msm assim se indignava, eu apenas dava risada da situação, enfim, quando a aula acabou, fomos cada um para o seu lugar...

As aulas passaram rápido até, só a de Matemática q enchia o saco (as vezes eu acho q é aula de português, pq tem mais letras do q números), a professora até veio querer brigar cmg pq eu não estava participando da aula, eu fiz a msm coisa q eu faço sempre, ligo o famoso FODA-SE e continuo a minha vida...

Até q enfim o intervalo, eu vi q a Anna havia saído, então eu aproveitei pra falar com a Nanda, eu perguntei se estava tudo combinado pra sábado e se estava tudo bem com ela, conseguimos conversar um pouco, até q eu ouvi a voz da Anna de longe brigando com alguém no corredor, então eu já fui me sentar na minha mesa, antes q a Anna voltasse pra brigar cmg de novo...

O intervalo acaba, e as aulas, como sempre passaram rápido, quando eu estava saindo, eu escuto uma voz masculina me chamando, eu olho pra traz e é o Rafa, ele vem correndo em minha direção, ele até tropeçou, e eu fui obrigada a segurar a risada, ele me acompanhou até a minha casa, nos despedimos e eu entrei em casa, vou direto para o meu quarto, largo a muchila em algum canto do quarto, e vou até a janela para abrir a cortina, desci as escadas e a minha mãe começou a falar algumas coisas, começou a me criticar, e logo dps falou q ia sair com alguns amigos, eu como sempre, assenti com a cabeça e nem dei mta bola, comi alguma coisa, tomei um banho rápido, e faço alguns trabalhos...

Quando a noite chegou, eu estava com fome, resolvi fazer um lanchinho rápido, fui ver e o pão havia acabado, e já era mto tarde pra ir na padaria ou algum mercado mais próximo, então eu vou procurar alguma coisa no armário pra comer, e eu me deparo com um pacote de miojo me esperando (Não reparem na minha idiotice ao narrar isso kkk), então eu coloco a água pra esquentar pra fazer o miojo ( ou macarrão instantâneo, como preferirem), preparei o meu miojo e fui comer, quase não consegui comer tudo, lavei a louça, escovei os dentes, e liguei a tv, eu reparei q a cada estava meio bagunçada, mas se eu começasse a limpar agr e minha mãe chegar, não ia dar de eu terminar a faxina, pq ela iria querer ir dormir e iria fazer mto barulho, então eu deixei pra amanhã

Dps de um tempinho a minha mãe chega em casa, dava pra perceber q ela estava bêbada, como isso não era mto raro de se acontecer, eu resolvi ir para o meu quarto, pq quando ela esta alcoolizada, ela fica mto agressiva e insurpotavel, eu me levantei do sofá e ela já começou a brigar cmg...

-Porra Betanny!! Vc não serve pra fazer merda nenhuma nessa casa, nem arrumar a merda da cozinha vc arruma!!

Minha mãe fala embaralhando as palavras...

Eu resolvi ignorar para não dar início a uma discussão...

-Betanny, me responda quando eu estiver falando com vc sua inútil!!

Eu apenas encarei ela, e ela me olha com um semblante de raiva, e gospe as palavras na minha cara

-Agr eu sei pq ninguém da família gostava de Vc!!  Vc só sabe ficar quieta e ignorar os outros!! Sabe pq nós nos mudamos? Pq a família não te suportava!! Eles viviam brigando cmg, falando q eu devia te educado melhor!! E vc tbm não serve pra nada msm, só serve pra me dar gastos e me incomodar!! Quer saber? Sai da minha frente sua inutil!! Não quero mais ver a sua cara...

Eu apenas corri para o meu quarto, algumas lágrimas já escorriam do meu rosto, ela nunca havia falado aquilo pra mim, subi as escadas, acabei errando um degrau e escorregando, abri a porta do meu quarto, entrei e tranquei a porta, eu corri pra cama, sentei me encostando na cabeceira, peguei o meu travesseiro e afundei o meu rosto nele para abafar os soluços, eu abri uma gaveta q tinha no criado mudo q estava do lado da minha cama, peguei a minha lâmina e comecei a me cortar, os cortes não eram mto fundo, mas sangravam bastante até, eu havia saído de cima da minha cama, pois eu não queria acabar manchando o lençol com o sangue, eu estava sentada no chão, encostada na parede do meu quarto, já tinha pingado algumas gotas de sangue no chão, enquanto o sangue escorria, as lagrimas tbm escorriam do meu rosto, eu fui olhar a hr no meu celular, e já eram umas 4 da manhã, me levantei, como o banheiro é do lado do meu quarto, eu fui apressada, com medo q a minha mãe visse aquela cena, lavei meu braço, passei uma água no meu rosto e limpei o chão do meu quarto q estava sujo de sangue, quando eu vi no meu celular era umas 4:30 da manhã, resolvi dormir...

Acordei assustada, pois o despertador não havia tocado, vou olhar o meu celular, sem bateria, desci as escadas de dois em dois degraus, vejo no relogio da cozinha, eram exatamente 10:16, não dava tempo de eu me arrumar e ir pra escola, então eu resolvi ficar em casa msm, eu aproveitei pra arrumar a casa, era 12:33 eu fui na padaria comprar algo pra eu comer...

Almocei, e continuei a arrumar a casa, quando eu subi as escadas, eu vi a porta do quarto da minha mãe com umas fresta aberta, resolvi entrar pra arrumar tbm, entrei e havia várias garrafas de cerveja jogadas no chão, um cheiro insuportável de álcool tomava conta daquele cômodo, abri as janelas e vi as gotas de chuva caírem, eu lembro q as vezes, na minha antiga casa, quando eu era mais nova, eu passava a tarde inteira olhando as gotas de chuva caírem, me bateu uma nostalgia, não perdi mto tempo, limpei o quarto e fui tomar um banho, era umas 4:30 minha mãe chega em casa, resolvi não falar nada para não começar uma discussão, ela apenas me olhou e perguntou

-Vc não deveria estar na escola?

Eu apenas fiz diz q sim com a cabeça e ela perguntou começando a ficar irritada

-Vc anda faltando aula garota?

Eu a respondi com um tom de voz calmo

-Eu perdi a hr hj, então eu resolvi arrumar a casa e...

Antes de eu terminar de falar, ela começa a gritar cmg

-Eu to pagando a sua escola atoa então? O q Vc fica fazendo nesse quarto o dia inteiro? Fica vagabundeando, vc não faz nada q presta!! Dá até um desgosto de ter uma filha igual Vc!! 

Eu como não queria acabar perdendo o controle e acabar gritando tbm, fui para o meu quarto, eu acho q ela nem percebeu q eu tinha arrumado a casa...

Como hj estava meio frio, eu estava com uma blusa de manga comprida, então cobria os cortes, mas e se amanhã estiver calor? O q eu faço?

Então eu estava fuçando as gavetas do meu guarda roupa, e acho uma munhequeira {pulseira usada quando a pessoa abre o pulso ou acaba deslocando}, ela cobria totalmente os cortes, então acabei usando isso msm...

Era umas 5:20 Eu resolvi sair de casa um pouco pra esfriar a cabeça, coloquei uma calça jeans azul claro, uma blusa azul escuro com estampa de gatinho, um moletom preto e um tênis branco, deixei o meu cabelo solto e peguei um pouco de dinheiro caso eu queira comer alguma coisa e levei o meu celular tbm caso alguem ligue ou eu precise ligar para alguém...

Saí de casa, minha mãe nem deu mta bola, fui andando tranquilamente Pela rua, estava com as mãos no bolso do casaco...

Eu andava sem nenhum rumo, apenas estava tomando cuidado para nao me perder, estava escurecendo, e eu resolvi ir na praia (já q não ficava mto longe), eu estava com sdds de escutar o barulho das ondas e sentir o vento gelado, ver as estrelas e colocar os pensamentos em ordem, fico até umas 10 hrs da noite na praia e volto pra casa, chego em casa, minha mãe estava falando no telefone e eu subo para o meu quarto sem q ela perceba q eu cheguei, coloco o meu celular pra despertar as 6, faço minhas higienes, coloco um pijama e fico mechendo no celular, até q eu pego no sono e consigo dormir... 



Notas Finais


~Essa foi mais uma fic, obg por perderem o seu tempo para ler isso kkk
Brincadeira, se vcs gostaram deixe o gostei e dêem opiniões nos comentários
Bjs pra vcs meus anjinhos e anjinhas
Até a próxima fic 😘 ~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...