História A vida continua - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Espelho da Vida
Personagens Afrânio Nunes (Bola)/Benamim, Alain Dutra/Gustavo Bruno de Luris (Marquês de Torga), Américo Valência/Eugênio Castelo, Cristina Muniz Valência (Cris)/Julia Castelo, Daniel Marques/Danilo Breton, Isabel Ferraz/Isadora Monteiro (Dora), Marcelo Vendrini/Lucas, Mariane Cardoso/Brigite, Mauro César Pereira, Personagens Originais, Priscila Ferraz Dutra/Teresa Monteiro Castelo
Tags Espelho Da Vida
Visualizações 6
Palavras 721
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem

Capítulo 1 - Milkshake


Fanfic / Fanfiction A vida continua - Capítulo 1 - Milkshake

     IDOL - Bangtan Boys tocava no máximo enquanto os jovens dançavam animados, o aniversário de 17 dos gêmeos Margot e André Marques estava sendo muito bem comemorado. Seus pais Cris e Daniel não puderam participar, Cris estava gravando uma novela na Inglaterra e voltaria apenas no fim do mês. Já Daniel tinha que fotografar no Rio de Janeiro e voltaria no dia seguinte, Alain estava responsável pelos adolescentes mas chegou cansado da gravação de seu filme e acabou dormindo.

      Priscila infelizmente não pôde ficar com eles pois precisava fazer uma sessão de fotos (ela é modelo e muito famosa).

- Estão gostando da festa? - Perguntou Margot ouvindo um "Sim" da platéia. - Então vão gostar ainda mais, BEBIDA LIBERADA!

Minutos depois...

    Músicas sujas tocavam ao fundo enquanto a maioria dos jovens (menos André, Lalisa e Vicente) estavam bebâdos.

- Na boa, o que você vê no meu irmão? - Perguntou Vicente indignado.

- Também queria entender, ele não é babaca mas é um idiota. - Disse Lisa bebericando um pouco de seu refrigerante.

- Ei! Não fala assim do Felipe! Ele é apenas doidinho.

- E galinha! Ele pegou tanta gente que não sei como não pegou uma doença. - Rebateu o Dutra roubando o refrigerante da amiga e ouvindo um "Ei! Minha coca!'' - Depois te pago outra.

- E você fala do seu irmão mas a Margot é igualzinha.

- Como sua irmã ainda não pegou uma barriga?

- Eu não faço ideia. - Riu André.

- A Margot é linda, cuida para não pegar uma barriga ou doença, além de ser um gênio.

- Seu irmão é uma anta! - Disse Lisa.

- Não posso discordar.

- Agora vai pagar uma coca 'pra mim vagabundo!

- Me dá o dinheiro, eu vou, quero comprar uma coisa. - Se ofereceu André.

- Uma noite com o dono da loja? - Perguntou Vicente rindo com a loira.

- Cale a boca filho de uma santa! Me dá logo a porcaria do dinheiro, só por causa da gracinha, vai pagar meu milkshake de floresta negra com cobertura de menta.

- Eca! Pega, leva logo minha carteira.

- Thank you. - Falou André se afastando.

Na sorveteria...

- O de sempre e uma coca para a minha amiga. - Disse o Marques girando na cadeira.

- A loirinha?

- Exatamente.

- É para já.

     André pagou o sorveteiro com um aperto no peito. Sempre sentiu uma sensação ruim com o sorveteiro, não na frente dele mas o chamava de "Sorveteiro da Cry Baby". Para quem não ouve Melanie Martinez ou nunca assistiu um clipe, o tal sorveteiro aparece em Tag You're It (quando sequestra a Melanie Martinez) e em Milk and Cookies (quando ela foge). André nunca entendeu essa sensação já que ele sempre se mostrou inofensivo.

- Aqui está, seu milkshake no capricho e coca da sua amiga.

- Obrigado.

- Escuta, não quer sair comigo? Amanhã?

- Por mim tudo bem mas talvez meu pais não deixem por você aparentar ser mais velho que eu.

- E sou, eu tenho 27 anos e me chamo Luan.

- Uau, que... incrível.

- Não se importa com isso?

- N-não.

- Que bom, me encontre aqui ás 21 horas.

- É muito tarde, pode ser ás 18 da tarde?

- 19:30 e não se fala mais nisso, feliz 17 anos André.

- Okay, até amanhã.

      André voltou para a festa se sentindo mal, tomou o milkshake para se acalmar.

- Pegue.

- Tá morna.

- É que eu demorei, o sorveteiro da Cry Baby me chamou para sair.

- Sério? Ele é um gostoso! Tu ganhou na loteria.

- Ele é 10 anos mais velho que eu! Não tenho preconceito com idade mas é estranho para mim.

- Dedé, você não vem jantar? A mamãe tá chamando. - Disse Margot caindo de bêbada.

- Eu vou cuidar da Got, V avisa para o seu pai que a festa vai acabar.

- Ok.

- Eu te ajudo com a Margot.

Dia seguinte...

      Margot acordou sentindo uma forte dor de cabeça, seu irmão chegou com uma bebida e um pedaço de bolo que sobrou do dia anterior.

- Bebe, vai acabar com a sua ressaca. E come o bolo, para tomar o remédio de dor de cabeça precisa se alimentar. 

- Obrigada Dedé.


Notas Finais


Ficou ruim? Respondam por favor eu quero fazer o possível para ficar bem legal, beijos da Ana


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...