1. Spirit Fanfics >
  2. A vida de Emma >
  3. A tragédia

História A vida de Emma - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - A tragédia


Fanfic / Fanfiction A vida de Emma - Capítulo 1 - A tragédia

     Bom era só mais um dia como qualquer outro com a minha rotina chata, eu me levantei, me arrumei, fiz minha higiene bucal e deci pra tomar café da manhã, minha mãe  (Eliza) estava na cozinha terminando de tomar seu caputino para ir trabalhar : 

- Mãe não vai ficar pra tomar café da manhã comigo . falo com um tom de decepcionada.

- Desculpa filha mas já estou atrasada , tenho que entregar o desenho da planta de um hotel que meu patrão pediu ontem.

- Então foi por isso que a senhora foi dormir tarde ontem né, olha algum dia esse trabalho te mata . falo sorrindo pra ela.

- kkk, Então tá , já estou indo se precisar de dinheiro pra almoçar dechei em cima do raque, bjs filha te amo muito.

- tá tchaw mãe, também te amo.

Depois que minha mãe saiu terminei de tomar meu café da manhã, peguei minha mochila e fui pra casa da melhor amiga Bethany que já tem carteira de motorista pra gente ir pro Colégio juntas. Chegando no Colégio fui para minha sala e Bethany foi pra sua na minha sala tinha poucas pessoas, quando se sento na cadeira mais perto o diretor enta na sala :

- A senhorita Emma veio ao Colégio hoje? 

- Sim, sou eu. Falo com um frio estranho na barriga.

- Emma siga-me até minha sala por favor.

-Eu fiz alguma coisa de errado? Pergunto com medo de sua resposta

Ele não fala nada só me olha com um olhar de pena. Chegando na sala dele avosto dois Políciais, meu diretor pede para que eu me sente em uma cadeira é quando me sento um dos políciais começa a falar comigo:

- Sentimos muito mas sua mãe Eliza sofreu um acidente de carro indo para o trbalho hoje cedo e não resistiu aos ferimento, suspeitamos que ela tenha ingerido alguma bebida alcoólica messas 24 horas.

- Não, não pode ser eu conversei com ela hoje cedo ela parecia estar bem, mas ontem ela passou a noite acordada ela ppde ter bebido vinho. Falo muito abalada com lágrimas nos olhos.

- Olha eu sei que você deve estar muito triste, então vou te liberar e depois falo com seu professor tenho certeza de que ele vai entender. Fala o diretor.

Então saiu da sala do diretor e vou caminhando até a porta lentamente como se eu não estivesse mais alí. Derrepente escuto um dos políciais perguntando de eles poderiam me levar pra casa, e eu aceito.

Quando chego em casa e os políciais vão embora eu entro correndo na minha casa não acreditando no que aconteceu, quen fecho a pota é chego na sala caio de joelhos no chão morrendo de chorar pensando na minha mãe é pensando o que será da minha vida a partir de agora.



Notas Finais


Espero que tenho gostado do começo essa é minha primeira história.bjs ❤
Deixem sugestões pra mim do que pode acontecer com ela agora.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...