História A vida de Sasuke Uchiha. - Capítulo 36


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Anko Mitarashi, Areia de Ferro (Satetsu), Asuma Sarutobi, Baki, Chiyo, Chouji Akimichi, Darui, Deidara, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Guren, Haku, Hashirama Senju, Hidan, Hinata Hyuuga, Hizashi Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ibiki Morino, Inari, Indra Otsutsuki, Ino Yamanaka, Inochi Yamanaka, Iruka Umino, Itachi Uchiha, Izuna Uchiha, Jiraiya, Juugo, Kabuto, Kaguya Ootsutsuki, Kakashi Hatake, Kakuzu, Kankuro, Karin, Karui, Kiba Inuzuka, Killer Bee, Kisame Hoshigaki, Kizashi Haruno, Konan, Konohamaru, Kurama (Kyuubi), Kurenai Yuuhi, Kushina Uzumaki, Madara Uchiha, Maito Gai, Manda, Matsuri, Mebuki Haruno, Mei, Menma Uzumaki, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Mitsuki, Nagato, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Orochimaru, Pain, Personagens Originais, Rock Lee, Sai, Sakon & Ukon, Sakura Haruno, Samui, Sarada Uchiha, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shin Uchiha, Shino Aburame, Shisui Uchiha, Shizune, Shukaku, Suigetsu Hozuki, Tayuya, Temari, TenTen Mitsashi, Tobirama Senju, Tsunade Senju, Udon, Yahiko, Yamato, Yondaime Kazekage, Yugito Nii, Yuukimaru, Zabuza Momochi, Zetsu
Tags Haruno, Nara, Naruto, Romance, Sasuke, Uchiha, Uzumaki, Yamanaka
Visualizações 23
Palavras 1.690
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Hentai, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eu, volteeeeeei.

Capítulo 36 - Capítulo V. (Repost.)



Capítulo V. (Repost.)

 

Enquanto voltávamos, cochilei com a Sakura em meu colo, que me acordou quando o ônibus chegara ao colégio. Com a chuva que estava caindo, pedi para Sakura me esperar na parte coberta do pátio que eu ia pegar o carro, não custa nada dar uma carona né? Os pais dos outros alunos já haviam ido buscá-los então ofereci carona pra ela, que negou de inicio mas eu insisti. Meu carro ainda estava lá no estacionamento, que alívio, já estava com saudades dele, parei o carro em frente o pátio e ajudei a Sakura com as nossas malas colocando-as no banco traseiro, logo seguindo caminho.

— Droga, me molhei todinha. — Reclamava a Sakura enquanto eu dirigia.

— Já vai começar a me encher o saco, Haruno? — Questionei.

— Só estou comentando que me molhei, seu grosso. — Respondeu.

— É, como se eu não tivesse me molhado também. — Disse parando no semáforo.

— Você não é importante. — Respondeu Sakura levantando um pouco sua blusinha.

— Aham, tanto que na hora que fui buscar o carro você pediu pra eu esperar a chuva amenizar se não podia ficar gripado. — Ironizei.

— Ah... É que não é legal alguém ficar gripado. — Respondeu e logo mudou de assunto. — Não vejo a hora de aprender a dirigir.

— Não sabia que tinha essa vontade. — Respondi guiando o carro.

— Sim, tenho, só que nem meu pai e nem minha mãe tem tempo pra me ensinar, e meu irmão não quer. — Bufou ela cruzando os braços.

— Mas por quê? — Questionei estacionando o carro na frente da casa dela.

— Ele diz que eu não sirvo pra dirigir. — Respondeu a rosada. — Obrigada pela carona, Sasuke.

— Não foi nada, rela... — Respondi logo sento interrompido com um beijo. Ela me puxou pela nuca e me beijou suavemente, acompanhei seus movimentos e parei o beijo mordendo o lábio dela.

— Agora assume que me ama. — Ironizei sorrindo.

— Não, Sr. Uchiha, não te amo. — Respondeu ela me encarando logo saindo do carro com as coisas dela.

— Não me chame assim. — Disse mas sendo ignorado pela mesma que fechou a porta e entrou em sua casa acenando para mim. A chuva ainda não tinha parado quando coloquei meu carro na garagem e segui pra dentro dando de cara com o Itachi.

— Olha só, meu irmãozinho parece estar mais animado. — Disse o Itachi sentado no sofá com Saahara sua namorada.

— Começou... — Retruquei indo para meu quarto. — Boa noite Saahara, Itachi.

— Boa noite. — Ambos responderam e Saahara questionou. — É impressão minha ou seu irmão tá com algum problema?

— Ah ele é mal-humorado sempre, liga não. — Respondeu Itachi pegando o controle da televisão.

— Então tá... — Finalizou Saahara deitando no ombro do Itachi.

Tomei um banho quente e deitei na minha cama, não demorou muito até eu pegar no sono, ainda estava cansado e no dia seguinte teria aula.

 

PoV Sakura On.

 

Quando cheguei em casa me deparei com o Ryoku dormindo no meu sofá, esses irmãos mais velhos sempre são folgados, aff. Tomei um banho longo e demorado pensando no que havia acontecido durante a excursão, poxa, o Sasuke pode ter todas as garotas que ele quiser em seus pés, por que teria vontade de me beijar? Como entender... Sei que foi gostoso sentir seus lábios nos meus, aquele leve gosto de menta entre os beijos me provocava ao extremo. Espero que role mais beijos hihi. Saí do meu banho e fui pro quarto me vestir, coloquei uma camisola e uma calcinha logo indo em direção da varanda que dava vista para o quarto do Sasuke, será que ele já olhou pra cá pensando em mim? Hmmm, não. Voltei pra minha cama e me deitei colocando o despertador para as 06:00 da manhã.

— Ei, acorda cerejeira... — Ouvia aquela voz conhecida mas não acreditando.

— O que faz aqui? Como entrou? — Me sentei na cama vendo Sasuke sentado ao meu lado.

— A porta da varanda estava aberta. — Respondeu ele apontando para a mesma.

— E o que veio fazer aqui no meu quarto? — Questionei olhando em seus olhos de ônix.

— Vim te acordar. — Respondeu se aproximando e me beijando alisando meu corpo, aquelas mãos me deixava arrepiada, estava me sentindo um pouco estranha, mas estava gostando, me sentia bem também...

— Biip... Biip... Biip... — Travei o despertador com um tapa. Meu Deus era um sonho... E que sonho suspirei e fui até o banheiro quando me deparo com minha calcinha úmida, que droga, foi só um sonho e ele já me deixava assim. Tomei um outro banho rápido e me arrumei pro colégio fazendo um coque frouxo no cabelo. Hoje só terá aula até as 09:30, só irei por conta de um trabalho, que droga.

 

PoV Sakura Off.

 

PoV Sasuke On.

 

Acordei, fiz as minhas higienes e fui até meu carro, que estava com um leve aroma do perfume da Sakura, ou eu que estou ficando louco? Enfim, fui pro colégio e quando cheguei lá me direcionei a roda de amigos deixando meu carro para trás.

— Daí o Sasuke deu uma de direita, uma de esquerda... — Dizia Naruto simulando alguns movimentos.

— O Sasuke fez o quê? — Questionei fazendo o mesmo se assustar com a minha presença. — Não é pra falar mais disso, já chega, perdedor.

— Mas Sasuke, eu só estava respondendo o que me perguntaram. — Disse ele em defesa própria.

— Manda perguntarem pra mim, simples. — Respondi. — Quer saber mais o que, Shikamaru? Chouji?

— Nada. — Disse o Shikamaru bocejando e o Chouji comendo.

— Bom mesmo, estou indo pra sala. — Comecei a caminhar em direção á escada indo pra nossa sala. Sentei no mesmo lugar de costume e os alunos foram chegando, entre eles Sakura, que me olhou e desviou o olhar rapidamente, não entendi, mas não fiz questão. Professor Iruka faltou e acabamos ficando de aula vaga. Naruto e os outros me chamaram pra ir pro jardim bater papo, disse que depois iria, afinal precisava falar com o professor Gay de ed. Física. Após resolver minha situação com ele, pensei em ir pro Jardim, quando me deparei com uma cena no pátio que, fizera meu sangue ferver. O Sai segurando uma mecha de cabelo da Sakura e após perceber que eu estava de longe observando aproximou o rosto do dela e deu um beijo em sua boca, argh, não aguentei e saí enfurecido antes que eu voasse pra cima dele, pensei que a Sakura não faria isto. Que ódio que me deu, queria ficar só, apenas para não fazer merda com quem não merece, no caminho para o estúdio da escola, me deparei com o Naruto que vinha ao meu encontro.

— E aí, Sasuke, vamos lá para o jardim, eles estão nos esperando e... — Disse ele colocando a mão no meu ombro.

— Tire essa mão daqui antes que eu te mate, Naruto! — Interrompi prosseguindo meu caminho.

— Não tenho culpa do seu estresse, Sasuke! — Exclamou ele enquanto eu caminhava calado. Quando cheguei no estúdio, pensei que estaria sozinho lá, mas me deparei com Utada, droga.

— Olá Sasuke. — Disse ela em cumprimento sorrindo enquanto arrumava o material dela.

— Mas que saco viu, pensei que aqui estaria sozinho. — Bufei nervoso em direção a saída da sala.

— Mas o que aconteceu Sasuke? Qual o motivo de toda essa raiva? — Questionou ela me puxando pra dentro e fechando a porta.

— Não é da sua conta. — Respondi me sentando na cadeira.

— Ai Sasuke, conte pra mim. — Disse ela se sentando ao lado e mexendo no meu cabelo.

— Apenas vi uma coisa que não queria ter visto. — Fechei os olhos me apoiando no encosto da cadeira.

— Vou te fazer esquecer... — Sugeriu ela passando a mão na minha perna.

— Não, não quero. — Por um instante pensei na Sakura e me veio aquela cena na cabeça, aff.

— Mas você precisa. — Respondeu ela me puxando e me beijando enquanto se sentava no meu colo e com uma mão alisava meu peito, não vou negar, estava gostoso, aos poucos tirava a Sakura de meus pensamentos. Desci minhas mãos até suas nádegas por cima da calça legging que ela usava, são tão macias, que quanto mais apertava, mais dava vontade de apertar. Coloquei a mão por dentro de sua calça acariciando sua intimidade que estava completamente úmida, Utada só dava alguns gemidos entre os beijos e já me enlouquecia, ela parou com o beijo e abriu o zíper da minha calça, tirando meu membro da cueca e tocando nele já ereto.

— Que delícia. — Expressou Utada se ajoelhando e colocando a boca no mesmo, ela revezava entre chupadas e lambidas, a língua dela perfeita passando em volta dele, quando me fez ter um orgasmo em sua boca que engoliu tudo. Ofegante, levantei e a deitei sobre a mesa do estúdio, em seguida tirei a calça dela, a calcinha vermelha que usara aumentou meu tesão que a coloquei pro lado e passei minha língua em sua intimidade que fizera dar um gemido mais alto.

— Se controle! — Expressei voltando a chupar a mesma que colocava a mão na boca em uma tentativa inútil de abafar seus gemidos.

— Hmm. — Gemia ela mordendo os próprios lábios enquanto eu lambia e mordiscava de leve sua intimidade. Subi minha mão até os botões da camisa que ela usava, abrindo-os e massageando seu seio esquerdo, dando algumas apertadas em seu mamilo sem que machucasse, ela se contorcia e se arrepiava ao extremo. Com a outra mão, penetrava em sua intimidade chupando e brincando com o clitóris da mesma que segurou em meus cabelos e teve um orgasmo na minha boca, gemendo alto, gritando com suas pernas tremendo e o corpo se arrepiando, como era bom ouvir o gemido e sentir seu gosto. O melhor ainda era saber que eu fui o responsável por lhe dar um orgasmo mesmo depois de várias pegações.

— Sasuke, quero você dentro de mim... — Pedia ela mordendo o lábio com uma voz manhosa.

— Vai ter que implorar pra mim, Utada. — Sussurrei no ouvido dela fazendo a mesma sentir alguns arrepios.

 

Continua...

 


Notas Finais


Ei, amigo, você mesmo que está lendo, lê o próximo, já está lá. ->


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...