História A vida de Thomaz Costa - Capítulo 62


Escrita por:

Postado
Categorias Brothers Rocha, Giovanna Chaves, Gustavo Daneluz, João Guilherme Ávila, José Victor Pires, Larissa Manoela, Lucas Santos, MC Biel, Nick Robinson, Thomaz Costa, Tom Holland
Personagens Giovanna Chaves, Gustavo Daneluz, Gustavo Rocha, João Guilherme Ávila, José Victor Pires, Larissa Manoela, Lucas Santos, Mc Biel, Nick Robinson, Personagens Originais, Thomaz Costa, Tom Holland, Túlio Rocha
Tags Badboy, Bullyng, Jolari, Jomaz, Laricity, Sexo, Tholari, Thomaz Costa
Visualizações 339
Palavras 569
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura..

Capítulo 62 - Se conhecendo


Fanfic / Fanfiction A vida de Thomaz Costa - Capítulo 62 - Se conhecendo

*Pov João Guilherme*

Eu e o Thomaz apenas observamos o rapaz sentando no sofá, ele era lindo, forte, musculoso... Parecido demais com o Thomaz.

-Você... É... 

-Sou seu irmão! - Disse ele interrompendo Thomaz.

-Mas qual é seu nome? - Pergunta Thomaz.

-Thomacius - Diz ele.

-Sério? - Fala Thomaz.

-Claro que não, me chamo Bruno - Ele sorri estendendo a mão para apertarmos.

-Mas...Pai e mãe nunca falaram de nenhum irmão - Diz Thomaz um pouco confuso.

-Como se eles tivessem tempo pra lhe falar algo - Diz Bruno tomando o refrigerante.

-Somos gêmeos? - Perguntou Thomaz.

-Não, eu tenho 16 anos e você já tem 18 tem diferença. - Disse Bruno.

-Mas são idênticos. - Disse olhando os dois.

-Saímos do mesmo lugar - Disse Bruno rindo.

Ele era igual a Thomaz quando tinha 16 anos, irritante, só falava besteira.

-Enfim, pra sua felicidade maninho...Vou passar alguns dias na cidade...E tem que ser na sua casa - Disse Bruno.

-Mas e mamãe e papai? - Perguntou Thomaz.

-Ah sim, eu consegui um acordo no governo americano, eles nunca davam bola pra oque eu fazia mesmo, agora sou independente - Diz Bruno.

-Tipo Larissa Manoela - Digo rindo.

-É tipo isso. -Ele respondeu. - Mas você não me respondeu Thomaz Roberto Costa Santos, eu posso ficar?

-Pode claro - Disse Thomaz.

-Não vai se arrepender - Disse ele sorrindo.

-Espero - Disse Thomaz.

-E o Biel? - Perguntei.

-Está em Los Angeles deve vir em breve - Respondeu Bruno.

Thomaz, Bruno e Biel... Os tres juntos deve ser um espetáculo.

*Pov Bruno Costa*

-Seu cabelo é natural? - Pergunta João.

-Não, mas agora é - Rio.

-Ficou bonito - Diz João sorrindo.

-Obrigado....Agora maninho, me apresenta a cidade - Digo para Thomaz.

-Ta bom, Vamos. - Disse pegando a chave do carro.

João foi para sua casa e eu e Thomaz fomos no carro e ele foi me apresentando a cidade. Thomaz parou na cidade.

-É legal...Mas Garanto que seu cuzinho é mais - Digo e Thomaz me olha.

-Oque você disse? - Perguntou.

-Eu sei que você é queima rosca Thomaz - Rio.

-Eu sou bi - Disse ele.

-Você adora levar paulada - Digo puxando meu calção mostrando meu pau e logo guardando.

Ficamos em silêncio, Thomaz continuou dirigindo e estacionou num beco onde não passava ninguém. Ele começou a apertar meu pau e me tirou leves gemidos, ele puxou meu calção e começou a lamber a extensão do meu pau, logo o abocanhou e engoliu todo fazendo garganta profunda, eu gemia, Thomaz começou a fazer um vai e vem com a boca, seus lábios macios acariciavam meu pau me dando imenso prazer, ficamos assim por alguns minutos.

- Fica de quatro no banco de trás - Disse e Thomaz ficou de quatro.

Comecei a lamber a entrada de Thomaz que parecia já ser acostumada a levar pau, dei uma lubrificada e comecei a roçar meu pau no cu dele que gemia e rebolava, logo penetrei todo meu pau no seu cuzinho que engoliu facilmente, Thomaz começou a gemer e comecei a estocar rápido e com força atingindo sua próstata diversas vezes, eu penetrava brutalmente fazendo ele ter um impulso pra frente de tanta força, seu cuzinho guloso engolia meu pau sem dificuldades até que gozei dentro dele, para limpar Thomaz, lambi sua entrada tirando a goza de lá.

Como se nada tivesse acontecido, seguimos viagem.


Notas Finais


Continua....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...