História A Vida de um Anjo, não tão Anjo... - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Bakugo Katsuki, Uraraka Ochako
Tags Bakuraka, Kacchaco, Katsuki Bakugou, Katsuocha, Todomomo, Uraraka Ochaco, Uraraka X Bakugou, Yaoyorozu X Todoroki
Visualizações 42
Palavras 614
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Escolar, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


O segundo capítulo saiu mais rápido do que eu imaginei, enquanto estou com inspiração vou escrever o capítulo. Aproveitem <3

Capítulo 2 - Vou seguir o meu sonho!!!


Fanfic / Fanfiction A Vida de um Anjo, não tão Anjo... - Capítulo 2 - Vou seguir o meu sonho!!!

Ochaco on

Ochaco pensamento - O ano acabou, e o meu aniversário de quinze anos foi incrível, esse ano(na verdade hoje), irei fazer o teste para entrar na U.A., a acedemia de heróis... Meus pais disseram que vão me apoiar, porque desde pequena eu sonho em ser heroína, e com o dinheiro eu posso ajudar meus pais, eles me sustentaram a vida toda, quando me formar vou ajudar eles! Minha mãe quase não me deixou fazer o teste, ela é muito protetora, eu não sei o motivo, mas eu a amo mesmo assim!

Ochaco pensamento - Eu estou com medo de não passar...Posso não ser boa o suficiente... Não!!! Esperei a vida toda por isso!!! Não vou desistir!!! Não enquanto eu me chamar - os meus pensamentos foram interrompidos com a voz da minha mãe me chamando.

Sra. Uraraka - Ochaco!!! O almoço está pronto!!!

Ochaco - Estou indo mãe!!! - respondi em um tom animado, desci as escadas correndo e me sentei a mesa.

Ochaco - Itadakimasu!!! - comi rapidinho a porção que havia no meu prato - Mãe!!! Posso comer um doce? - falei colocando o prato na pia, animada.

Sra. Uraraka - Pode, filha, pode. - ela respondeu em um tom distraído.

Ochaco - Obrigada mamãe!!! - dei um beijinho na bochecha dela e peguei a minha caixa de doces.

Escolhi um dos meus preferidos e comi.

Ochaco - Eu amo muito chocolate. - falei baixinho, saboreando o doce.

Fui tomar banho logo vai ser a hora do teste e eu estou louca para ir!

Entrei no carro e meu pai estava esperando para me levar, é na cidade vizinha então vai demorar um pouco.

Minha mãe se aproximou e abriu a porta do carro, me abraçou e sussurrou algo que eu não ouvi.

Sra. Uraraka - Boa sorte filha, mamãe te ama muito.

Ochaco - Também te amo mamãe, muito! - disse sorrindo.

Sra. Uraraka - Meu anjinho...

30 minutos depois

Sr. Uraraka - Chegamos. - disse sem expressão nenhuma.

Meus olhos brilharam, eu estou na frente da U.A., a melhor academia de heróis, estou no lugar que eu mais sonhei!!!

Sr. Uraraka - Filha...

Pulei e abracei ele.

Ochaco - Eu te amo papai!!! Obrigada por me trazer até aqui!!!

Sr. Uraraka - Eu também te amo, meu bebê. Vai lá!

Ochaco - Tá!!!

Saí correndo em direção a porta e parei virei para trás e dei um último tchau antes de entrar.

Estava andando em direção a porta quando eu vi um garoto que ia levar um tombo feio, sem pedir permissão usei a minha individualidade ( Zero Gravity) nele.

Ochaco - Me desculpe usar minha individualidade assim [...]

Depois do teste

Saí da escola depois de dar um aviso; queria dar alguns dos meus pontos ao cara engraçado, que quase levou um tombo, ouvi ele dizer que precisa de apenas um, então decidi dar alguns pontos meus a ele.

Meu pai estava me esperando na porta, corri e abracei ele, voltamos para casa conversando.

Alguns dias depois 

Ochaco pensamento - Eu não acredito que fui aceita, estou preparando as minhas malas, vou mudar para um apartamento lá na cidade, ter que ficar fazendo aquele caminho todos os dias, prejudicaria o emprego do meu pai, então vou morar sozinha.

Ochaco pensamento - Estou com medo, eu sou uma criança, não posso ficar sozinha por aí , mas o papai disse que eu sou grande...

Ochaco pensamento - Depois de um tempo viajando , agora estou arrumando as coisas no meu apartamento, foi difícil me despedir dos meus pais e da casa que morei a vida toda, a mamãe ficou muito triste, mas ela depois saiu falando que iria contratar um guarda para patrulhar o meu andar a noite, nós nem temos dinheiro para isso! 

Bem agora vou ao meu primeiro dia de aula, estou a um passo do meu sonho...



Notas Finais


Eu acho que vou fazer um capítulo lembrando do aniversário de quinze anos dela e do descobrimento da individualidade, estou decidindo. O capítulo ficou um pouco curto mas eu achei fofo. Não sei porque,pra mim está fofo. Beijinhos!!! Até mais!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...