História A vida de um lobo (furry) - Capítulo 41


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Furry, Yaio
Visualizações 49
Palavras 1.135
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 41 - Viagem (parte 3) odeio numeros!!!


[VISÃO RAFAEL ON]

Enquanto corro na direção do javali, eu faço duas facas irem por trás dele e as outras três pela frente e isso enquanto aponto as armas para ele, quando eu ja estava próximo dele faço todas as facas avançarem de uma vez, mais em um movimento rápido ele usa a katana para acerta as duas facas de trás e em outro movimento ele acerta a faca que esta flutuando a minha direita ai eu percebo que a katana estava indo na direção do meu pescoço, me ajoelho assim arrastando os meus joelhos no asfalto quente mais por sorte a katana não me acerta mais arremessar as facas para longe , aponto as minhas armas para a cabeça dele

:Rafael: você vai morrer

:?: e você, depois que mi matar os meus escravos vão perfura-lo "olho para os lados e percebo que aqueles monstros estavam apontando as espadas e lanças para mim" se eu morrer você morrer

:Rafael: qual e o seu nome ?

-Rafael- Caio ta me ouvindo?

-Caio- sim porque?, e propósito você ta em uma bela de uma encrenca

:quatro: meu nome e quatro e o seu?

:Rafael: Rafael, posso sabe o porque você está me impedindo de passar?

-Rafael- Caio quando eu disser agora, você cria um portal embaixo de mim, estamos entendidos?

-Caio- estamos

:quatro: ordens do zero, posso saber o porque você quer passa?

:Rafael: para salvar o Alex, última pergunta quem e zero

:quatro; o meu rei, e como assim última pergunta

:Rafael: AGORA "atiro na cabeça daquele javali e o Caio faz um portal assim apareço perto dos meus amigos, olho na direção do javali so para ter o prazer de ver o corpo dele caí no chão" vocês cuidam dos outros

:todos: sim senhor "eles correm na direção daqueles bichos e começam a atirar o Michel acertava alguns com raios o Viriato socava eles mais os socos do Viriato destroçam os pobres bichos, Mateus atira neles o Caio faz a mesma coisa a Gabriela atira neles com uma arma um pouco diferente, e eu com um pouco de dificuldade me levanto e entro no ónibus, procuro a maleta de seringas e pego a seringa vermelha"

(seringa vermelha: aumenta a regeneração do corpo do usuário

tempo de efeito: 1 hora

Efeito colaterais: sono)

Aplico a seringa e me deito no banco do ónibus

[QUEBRA DE TEMPO]

Depois de uma hora eles finalmente terminam com todos aqueles monstros, e entram no ónibus todos os cinco estavam encharcados de sangue

;Viriato: vamos precisa de um banho, Mateus vamos para em algum lugar para tomar banho

;Mateus: beleza

:Rafael: não precisa, eu cuido disso "aponto a pata para eles e todo o sangue que estava nos pelos deles sai" pronto

Fiz todo o sangue ir para fora do ónibus e deixei ele caí no chão, percebi que o Viriato e o Mateus me olhavam com uma cara brava, e para termina faço minhas facas voltarem para mim

:Rafael: vamos?

Mateus vai para o banco do motorista e começa a dirigi

:Rafael: gente eu descobrir o nome do 'rei' deles, o nome desse 'rei' e zero

:Viriato: qui falta de criatividade para fazer um nome (cala a boca, a fic e minha ou e sua)

:Rafael: conc---

Sinto meu corpo fraquejar e minhas pernas ficarem bambas e acabo caindo em um dos bancos do ónibus, minha visão escurece

[PREMONIÇÃO ON]

Eu estava no ónibus so que ele e tudo nele tava parado, olhei para todos que estavam na parte de trás do ónibus e todos incluindo eu, estavam com uma cara de espanto, ando ate a frente do ónibus e o Michel tava com uma cara de uma pessoa que perdeu tudo e uma lágrima estava no rosto dele, quando olho para o Mateus quase começo a chorar, tinha uma flecha atravessando a cabeça dele

[PREMONIÇÃO OFF]

Abro os olhos e tava a Gabriela o Viriato o Caio e o Michel me olhando

;todos: o que aconteceu Rafael "agora que fui me lembrar eu não coloquei na ficha o meu poder e premonição "

:Rafael: nada, so foi os meus poderes "acho melhor conta a verdade "cade o Mateus

Logo o Michel sai e vai andando ate a frente do ónibus

:Caio: la na frente

:Rafael: vou lá "me levanto e vou para a frente do ónibus" Mateus quanto tempo ate chegarmos no nosso destino?

;Mateus; um dia e algumas horas, porque a pergunta ?

:Rafael: nada não "olho para a rua"

#presta atenção, e ativa a zona de perigo#

De onde vem essa voz?, e como sempre obedeço ela e ativo a zona de perigo, assim que ativo a zona de perigo sinto uma flecha entrando e indo na direção do Mateus, tento para a flecha mais so consigo desacelera a flecha, a flecha atravessa o parabrisa, coloco a minha pata na frente do rosto de Mateus a flecha acerta a minha mão, desativo a zona de perigo e uso o meu poder para paras a flecha antes dela acerta a cabeça do Mateus mais a flecha, ficou presa atravessando a minha pata

:Rafael: haaaa "grito pela enorme dor que eu sinto "

Tiro a minha pata da frente do rosto do Mateus e logo em seguida o Mateus para o ónibus

:Michel: Rafael o que foi isso?"ele pergunta preocupado "

:Rafael: todos se abaixem tão atirando flechas "tento tira a flecha da minha pata mais não adiantou em nada" alguem me ajuda aqui

:???: eu te ajudo "olhei para fora do ónibus e tinha um hamster Com pelos vermelhos e manchas brancas, ele usava uma a roupa preta e colada no corpo dele ele deve ter 1,40 de altura" oi eu sou o numero 3

:Rafael; outro fracote "sorrio de forma ignorante"

:três: você ta me comparando com aqueles dois "Ele pega o arco que esta nas costas dele" nem percebeu que o veneno da minha flecha ja esta fazendo efeito

Tiro a flecha da minha mão

:Rafael: você disse alguma coisa?

:três: espera o veneno ainda não fez efeito

Faço todo o veneno que esta no meu corpo sair para fora

:Rafael: esse veneno? "Deixo o veneno cai no chão "

;três; se o veneno não te matou, eu vou te matar"ele desaparece"

Ativo a zona de perigo, e o três não ta em nenhum lugar

:Mateus: onde ele ta ?

:Rafael: não sei "sinto uma flecha entrando na zona de perigo " Michel se abaixa

O Michel se abaixa e uma flecha passa raspando nas orelhas dele

:Michel: de onde isso veio?

:Rafael: não sei "sinto outra flecha" Gabriela pula para a esquerda

Ela pula para a esquerda e uma flecha passa pelo lugar onde ela estava pego algumas faxas e enfaixo a minha pata

:Rafael: todos para fora do ónibus

Todos saem do ónibus incluindo eu

:Viriato: porque saímos do ónibus?

Um monte de flechas começam a acerta o ónibus

:Rafael: por isso

[AUTOR ON]

Como eles vão escapar disso?

Desculpa pela demora 


Notas Finais


To com falta de criatividade ;-;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...