História A vida de uma garota indiferente - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Agatha, Alexy, Ambre, Armin, Bia, Boris, Castiel, Charli, Charlotte, Dajan, Dakota, Debrah, Iris, Jade, Kentin, Leigh, Letícia, Li, Lysandre, Melody, Nathaniel, Peggy, Personagens Originais, Priya, Rosalya
Tags Amor Doce
Visualizações 14
Palavras 735
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem!

Capítulo 8 - "Tipo uma balada"


Fanfic / Fanfiction A vida de uma garota indiferente - Capítulo 8 - "Tipo uma balada"

 - É brincadeira, vocês tinham que ver a cara de vocês! - Vó Olga deu uma gargalhada - Claro que eu deixo vocês irem!
 - Vó, não brinque com isso! - Jade falou se sentando.
 Tínhamos acabado de arrumar a mesa. Me sentei também.
 - Desculpe, desculpe. - Vó Olga se sentou.
 - Olá! - Vovô Bart se sentou.
 Comemos e depois fui com o Jade regar algumas plantas que ele deixa para regar esse horário, as duas.
 Estou muito próxima do Jade ultimamente, mas é porque ele é minha única companhia de quase a minha idade, por enquanto. Talvez amanhã mude isso, já que vou conhecer outras pessoas.
 - Soube que vai ter uma festa hoje à noite. - Jade falou, enquanto regava as plantas.
 - E você vai querer ir? - Perguntei.
 Jade, Jade, sempre inventando os rolês. 
 - Seria legal. O que acha? - Ele colocou o regador na grama.
 - Tudo bem. Vai ser tipo uma balada? Com bebidas e essas coisas? - Peguei uma flor.
 - É. Você só vai se você quiser. Ah e você vai ter que falar pro segurança que tem 18 anos. - Jade pegou a flor da minha mão e colocou no meu cabelo - Eu tenho o cartaz aqui... - ele tirou um papel do bolso e me deu.
 Li o cartaz e analisei a foto por alguns minutos.
 - Tudo bem, eu vou. - Tirei a flor do meu cabelo e a joguei na grama.
 Seria uma nova experiência, mas ainda assim não sei se é uma boa ideia. Mas já que vou estar com o Jade pra ele por juízo na minha cabeça, eu vou sim.
 - Vá se arrumar então, sei que mulheres demoram para fazer essas coisas. - Jade sorriu - A festa é às 22:00, você tem... - ele olhou no relógio - sete horas e meia para se trocar. Se apresse, vamos!
 - Chato. Eu só vou porque eu quero. - Dei o cartaz para ele.
 Fui até meu quarto e fiquei mexendo nas minhas roupas. Quando finalmente (depois de meia hora) escolhi, fui tomar banho.
 Coloquei a roupa (link nas notas finais). Não valia a pena fazer a maquiagem, visto que faltavam 6:30 para começar a festa, então fiquei na internet.
 O tempo passou voando, então comecei a fazer a maquiagem.
 Depois de mais algumas horas, já eram 20:00. 
 Desci e fui procurar o Jade.
 - BU!
 - AAAAH - Olhei para trás assustada. 
 Era o Jade que tinha me dado um susto. Ele estava muito bonito.
 - Segundo susto hojes! - Ele não parava de rir.
 - Sabia que você é muito chato? - Revirei os olhos.
 - Aham. Bem, o Armin, o Alexy e o Nathaniel vão com a gente, tudo bem? - Jade começou a andar.
 - Quem é Nathaniel? - Fui atrás dele.
 - Outro amigo. Ele é o representante de turma de Sweet Amoris. Bom, nós temos que passar na casa deles para buscá-los. Vamos? - Ele pegou algo do bolso.
 - Com que carro? - Paramos em frente da garagem.
 - Eu pego o do vovô emprestado, ele não usa mesmo. - Jade me mostrou a chave.
 - Você dirige? - Me espantei.
 - Sim. - Ele respondeu.
 Tá aí uma coisa que eu não sabia do Jade.
 Entramos no carro. Eu fui no banco de trás. Passamos primeiro na casa dos gêmeos. Alexy foi na frente e Armin foi atrás comigo. 
 - Como vai, Lua? - Armin perguntou.
 - Bem, e você? - Respondi.
 - Bem também. - Ele corou. Já percebi que ele tem isso de corar do nada.
 - Preparada para a viagem de amanhã? - Alexy perguntou.
 - Sim. O Armin não vai mesmo? - Olhei para Armin.
 - Não acho que tenha lugar no avião, mesmo se eu quisesse ir. - Armin falou.
 - Gente, não falem da viagem na frente do Nathaniel, vocês sabem da treta que ele tem com o Castiel, e ele não foi convidado. - Jade falou.
 - Como assim? - Perguntei, confusa.
 - Nathaniel e Castiel não se gostam, é uma longa história. Pergunte para um deles quando você conhecê-los. - Jade respondeu.
 Chegamos na casa de Nathaniel. Era uma mansão.
 Nathaniel foi atrás também.
 - Prazer em te conhecer, Luana. - Nathaniel me deu um aperto de mão.
 - Igualmente, mas... não precisa ser tão formal. Me chame de Lua.


Notas Finais


Roupa da Luana: https://scontent.fcwb1-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/20663920_347039542392996_1894551897991531692_n.jpg?oh=3c545192ff5e315c491c7dde1bf640e7&oe=59ED7B82

Espero que tenham gostado! Deixem suas opiniões!
Por favor, qualquer erro ortográfico, peço que me corrijam nos comentários.
Não se esqueça de dizer com qual paquera Luana deve ficar, as votações estão abertas até 20/08.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...