História A Vida é Estranha - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Romance
Visualizações 8
Palavras 2.686
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Luta, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Então né... eu ia postar no fim de semana passado, mas a autora aqui esqueceu de fazer o trabalho. Aí tentei postar nesse dias, mas só hoje fiquei livre de tarefas, provas e trabalhos, me desculpem pela demora. Mas aqui está mais um capítulo, aproveitem e boa leitura!!

Capítulo 3 - Pessoas novas e um conhecido


Se passou um mês desde da conversa com minha amiga, então vou resumir o que aconteceu nessas férias. Já estou no meu novo apartamento e estou gostando, tá do jeitinho que eu gosto, só falta decorar um pouco mais meu quarto colocar uns pôsters, fotografias minha e dos meus pais, pinturas essas coisas, mas tá ficando legal até a Selina tá gostando da nova caminha dela. Ah, eu vi o filme Pantera Negra e eu amei, cara que filme incrível, personangens ótimos, principalmente o vilão que agora é um dos meus favoritos e recomendo muito esse filme (a autora aqui também recomenda). Já aprendi a andar de ônibus por aqui, pena que meu novo lar fica longe daquela cafeteria. Fui no shopping de novo comprar mais umas coisimhas pra mim, encomendei um pôster autografado pela Pitty, edição limitada. Saudades do Brasil, a última vez que fui pra lá eu tinha 14 anos, por isso sei falar um pouco a língua portuguesa. E também tô fazendo aulas de teatro às 15:00 terça e quarta, finalmente estou realizando o primeiro passo do meu sonho. Então vocês devem tá se perguntando, se já acabou minhas férias e a resposta é sim, aliás hoje é meu primeiro dia de aula e agora neste exato momento são 07:20 e estou correndo até a escola porque a idiota aqui esqueceu de ligar o despertador e acabou se atrasando eh eh eh eh parabéns pra mim. Eu só tomei um banho rápido, vesti uma camisa branca do Linkin Park, calça jeans escura, um all star,  comi uma maçã e fui embora. Sorte a minha que o colégio não é tão longe de casa, acho que é uns 15 minutos andando e no caso agora 5 minutos correndo.

Cheguei lá era 07:30, jar tinha começado a aula, sorte de novo que a guardinha da frente me deixou entrar porque sou novata mas antes olhei meu nome na lista e fiquei no 3* ano 4 sala 12, mas como tudo não é um mar de rosas fiquei perdida, o colégio era enorme tinha 2 andares e no meio da escola tinha uma espécie de parque pra relaxar no intervalo. Demorei um pouco mas encontrei minha sala que ficava no andar de baixo, bati na porta e o professor me deixou entrar. Ele era mais ou menos da minha altura, aparentava ter uns 28 anos, usa óculos e tinha os cabelos longos preso num rabo de cavalo.

Alice - Me desculpa professor, é que sou novata, então...

Professor - Ah, é novata ! Então pode se apresentar pra turma.

Alice - Ok - Droga eu detesto apresentação - Bom, sou Alice tenho 16 anos sou nova na cidade e gosto de música e teatro.

Professor - Seja bem-vinda Alice, eu sou o professor de Física, Francisco. Alguém tem uma pergunta pra ela ? - Esse cara tá de brincadeira comigo. No momento que ele perguntou uma garoto levantou a mão - Sim, Daniel ? - Ele se levantou e... não acredito, o garoto do parque estuda aqui e na mesma sala que eu ? Só pode ser ele, não dá pra esquecer aquele rosto, aqueles cabelos lisos castanhos escuros, aqueles olhos pretos. Qual é a probabilidade disso acontecer ? Eu não sei, mas chuto ser de 1 em um 1 milhão, tanta escola na cidade, ele tá justo na minha e é estranho porque eu queria vê-lo de novo. Nossa, a Vanessa vai ficar de boca aberta quando eu contar.

Daniel - Eu queria saber se você é adestradora de animais ? - o pessoal da sala ficou confuso, é claro, só nós sabíamos do que ele tá falando.

Alice - Fiz aulas de adestramento e você continua de babá de cachorro ? - mais uma vez todos confusos.

Daniel - Digamos que sim - ele deu sorriso que acabou me contagiando.

??? - Vocês se conhecem ? - perguntou uma garota parecendo um pouco alterada.

Prof. Francisco - Vocês podem continuar a conversa na hora do intervalo, mas agora tenho que continuar a aula. Pode se sentar Alice.

Me sentei no meio da sala e aquela garota ainda me encarava, qual é o problema dela ? Tava me concenteando na aula, quando me jogaram uma bolinha de pape, abri estava escrito:

Quer dizer que além de adestradora, você xurte Linkin Park ? Queria conhecer você, que tal conversarmos na hora do intervalo ?

Olhei pra ele, vi que estava usando uma camiseta preta do System of a Down, uma calça jeans e um tênis preto. Respondi a pergunra dele e joguei o papel de volta.

P.O.V Daniel

Ai ai mais um ano nessa escola, não vejo a hora de me formar, minhas férias foram resumindas em ficar em casa e sair com meus amigos. Cheguei na sala um pouco antes do professor  Logo depois começou as apresentações dos novatos, mas não tava prestando atenção porque depois ia conhecê-los e tava cansado depois ele começou a dar aula. Cara, esse professor é foda, é por causa dele que gosto de Física, como ele mesmo diz "é uma viagem muito louca". Já era umas 07:35, já estava mais acordado, até que alguém bate na porta e ele deixa entrar. Uma garota entra e se desculpa por ter se atrasado diz que é novata e ele pede pra ela se apresentar.

Quando vi o rosto dela, eu a reconheci, é a garota do parque. Não dá pra esquecer aquele rosto, aqueles cabelos lisos castanhos claros, aqueles olhos castanhos castanhos que me encaravam naquele dia. Depois daquele dia, eu queria a ver de novo, conhecê-la, não sei bem explicar o por quê, é uma sensação estranha.

??? - Ok,... Bom, sou Alice tenho 16 anos sou nova na cidade e gosto de música e teatro.

Prof. Francisco - Seja bem-vinda Alice, eu sou professor de Física, Francisco. Alguém tem uma pergunta pra ela ? - Eu levantei a mão - Sim Daniel ? - Eu levantei e percebi que ela ficou em choque quando me viu.

Daniel - Eu queria saber se você é adestradora de animais ? - a galera ficou confusa.

Alice - Fiz aulas de adestramento e você continua de babá de cachorro ?

Daniel - Digamos que sim - dei um sorriso que acho que a contagiou

??? - Vocês se conhecem ?

Prof. Francisco - Vocês podem continuar a conversa na hora do intervalo. Pode se sentar Alice.

Ela se sentou e o professor começou a dar aula. Não olhei quem foi que fez aquela pergunta mas pelo jeito da voz já imagino quem seja. Resolvi mandar um bilhete pra Alice, a olhei de volta e notei que estava usando uma camisa do Linkin Park, ela tem bom gosto. Escrevi que queria conversar com ela na hora do intevalo e joguei o papel pra Alice, ela me olhou, escreveu e jogou o papel de volta. Estava escrito:

Sim, eu curto do mesmo jeito que gosto do SOAD e sim aceito seu convite.

Depois que li, fiquei sorrindo que nem um bobo e voltei a prestar atenção na aula.

P.O.V Alice

Fiquei triste quando acabou a aula do Francisco. Ele explica de uma maneira que faz com que a Física seja interessante e fácil de se entender e e ele fala de um jeito igual ao nosso, já gostei dessr professor. Não demorou muito e chegou uma professora na sala, ela tinha o cabelo castanho escuro preso num coque e olhos cor de mel.

Professora - Bom dia ! - todos responderan bom dia - Pra quem não me conhece eu sou a professora de Inglês, Ane Caroline. E como hoje é o primeiro dia de aula, hoje vou fazer diferente. Não vai ter apresentações mas quero que façam duplas pra se conhecerem.

Todo mundo começou a fazer duplas, achei que ia fazer com o Daniel ou ia ficar sozinha, mas uma garota ruiva de olhos verdes chamou minha atenção.

??? - Ei, vamos fazer nós duas ?

Alice - Vamos !

Ela se sentou do meu lado e me cumprimentou.

??? - Oi, eu sou Gabriela tenho 16 e estudo aqui desde do 1* ano.

Alice - Oi. Como você já sabe meu nome é Alice, tenho a mesma idade que você e sou nova na cidade, eu vim de São Francisco.

Gabriela - Legal, e então você só gosta de rock ou não ? - ela apontou pra mimha camisa.

Alice - Gosto da maiora dos gêneros musicais, mas eu curto mais rock e você ?

Gabriela - Ah, eu também sou eclética, mas o que mais gosto de escutar é Avril Lavigne e Melanie Martinez, amo as músicas delas.

Alice - Sério ! Eu também ! Qual sua música favorita de cada uma ?

Gabriela - Rock n' Roll e Mrs. Potato Head.

Alice - Let me Go e Dollhouse. Você curte filmes da Marvel ou da DC ?

Gabriela - Eu assisto alguns mas eu não sou aquela fã 

Alice - Poxa, por que é tão difícil encontrar alguém que curte esses filmes.

Gabriela - Ora, ora parece que temos uma geek.

Alice - Só um pouco.

Gabriela - Não se preocupe. O Daniel gosta desses filmes, só vivi falando disso.

Alice - Sério ? Finalmente alguém me entende.

Gabriela - Aliás, você conhece o Daniel de onde ? - Explique a ela o que aconteceu - Interessante, quer dizer que o destino reuniu vocês.

Alice - Fala sério, já tá parecendo minha amiga Vanessa, to vendo que vocês vão se dar bem.

Gabriela - Eu falo isso porque sou amiga dele. Vocês se parecem muito.

Alice - Sei, sei vamos mudar de assunto.

Gabriela - Tá bom. Você tem alguém ?

Alice - Não, na verdade acabei de sair de um "relacioamento". Então... mas e você tem ?

Gabriela - Entendi. Na verdade, eu tenho uma namorada. Eu sou lésbica.... mas você tem algum problema com isso ?

Alice - Que ? Claro que não. Não tenho nenhum preconceito. Não sou esse tipo de pessoa.

Gabriela - Ainda bem. Pelo menos você não é igual a Melissa.

Alice - Quem ?

Gabriela - A menina loira de olhos azuis que te encarava na aula de Física.

Alice - Então esse é o nome dela. Ela fez alguma coisa pra você ?

Gabriela - Ela fica fazendo "piada" por eu ser lésbica, mas eu não me deixo abalar pelos comentários ela e digo umas verdades na cara dela, pra saber o lugar dela.

Alice - Gostei. Pelo menos já sei que tenho ficar longe dela. Detesto gente preconceituosa.

Gabriela - Eu também. Deixa a pessoa ser feliz e cuida da própria vida. Mas mudando de assunto, tá gostando de Nova York ?

Alice - Sim, sim. Sempre foi meu sonho vir pra cá.

Gabriela - Sério ? Que bom que realizou. Bom... eu tive uma ideia. Que tal na hora da saída sairmos pra ir ao shopping ou pra casa de uma das duas ?

Alice - Bora.

Depois de um tempo conversando, bateu a campa pro intervalo. Eu e a Gabriela nos demos bem, ela é uma garota legal, e percebi que ela tem muito em comum com a Vanessa, acho que vão se identificar. Eu também descobri que a Gabriela gosta de dançar, algo que não tenho talento.

Gabriela - Vamos eu vou te apresentar a galera!

Alice - É que eu vou lanchar com o Daniel.

Gabriela - Ah, tá. Tudo bem, mas da próxima vez vamos juntas.

Alice - Claro. Mas antes pode me dizer onde é o refeitório ?

Gabriela - É só seguir em frente e virar a esquerda.

Alice - Tá bom, valeu !

Antes de ir ao refeitório, fui guardar meus materiais no meu novo armário. Estava fechando a porta do armário, quando alguém veio me cutucar me fazendo virar pra pessoa.

Melissa - Só vou falar uma vez. Fica longe do Daniel.

Alice - Ué, por quê ? Por que você quer ?

Melissa - Ui, tô vendo que a novata é rebelde. Vou deixar essa passar porque você é nova aqui, mas nunca mais fale comigo assim. Você não é ninguém pra falar assim desse jeito.

Alice - E você não é nimguém pra mandar em mim. Agora se me der licença, tenho que falar com o Daniel - Eu estava saindo dali, mas ela segurou meu braço.

Melissa - Você é surda ou o que ? Fica longe dele. Ele é meu ! - me soltei dela.

Alice - Ah me desculpa - falei num tom sarcástico - Não sabia que ele era sua propriedade. Por acaso você é o que pra ele ?

Melissa - Eu sou a namorada dele e eu não quero ele conversando com você.

Alice - Olha, você ser namorada dele, Melissa, eu acho difícil. Se ele for essa pessoa legal que falam, ele jamais ficaria com alguém fala mal da amiga dele, a Gabriela. Então vai baixando sua bola, tá bom querida que essa conversa tá desperdiçando meu tempo de vida.

Melissa - Acreditando ou não, já está avisada !

Alice - Ai que medinho ! Vai fazer o que ? Me bater se eu não te obedecer mamãe ?

Melissa - Olhe, é melhor não testar minha paciência, novata.

Alice - Só pra você saber meu nome é Alice, e é bom você sempre se lembrar do meu nome pra saber com quem não deve se meter.

Melissa - Você se acha, né garota ?

Alice - Eu não me acho, eu sou queridinha. Agora vá fazer essa sua atuação barata de rainha da cocada preta com outra pessoa, que eu tenho coisas mais importantes pra fazer do que falar com você. - Saí de perto dela, mas ela gritou chamando minha atenção.

Melissa - Você vai se arrepender de ter me desafiado - o.

Alice - Sei, sei. Vai encher o saco de outro. - Ela foi embora irritada e o segui o caminho do corredor.

Até agora eu não acredito que enfrentei alguém, essa é a primeira vez, tô até me sentindo melhor, mais confiante. Eu tinha prometido a mim mesma que ninguém ia voltad a pisar em mim e vou cumprir e ela bem que mereceu, eu hein, ficar me dando ordens, era só que me faltava. Melhor eu ir logo me encontra com o Daniel, aliás nem sei o por quê de estar fazendo isso, já nem me entendo mais. Nem sei porque tô nervosa, eu só vou conhecê-lo, eu não vou fazer discurso pro presidente, só relaxar e ser você mesma como diz Pitty.

Alice - O importante é ser você, mesmo que seja estranho.

Daniel - Quer dizer que escuta música brasileira ?

Alice - Ai que susto garoto ! Você não tava mo refeitório ?

Daniel - Eu tava lá mas você demorou. Eu achei que ia furar comigo.

Alice - Não, não. Só estava dando uma palavrinha com sua suposta namorada.

Daniel - Suposta namorada ?

Alice - Já vi que vocês não namoram. Tô falando da Melissa.

Daniel - Ah, tá ! Esquece ! Ela não bate bem da cabeça.

Alice - Percebe-se!

Ficou um silêncio constrangedor entre nós, até que ele decidi falar 

Daniel - Então você é nova cidade ?

Alice - Sim, eu sou de São Francisco.

Daniel - E o que trás você aqui em Nova York ? - Droga, não quero pensar nisso, não quero lembrar daquele dia, eu não posso chorar, mas também não posso mentir.

Alice - É que... meus pais morreram num acidente lá, então eu não queria ficar mais lá pra não me lembrar disso.

Daniel - Desculpa, eu não sabia, sinto muito pelo que aconteceu.

Alice - Onrigada, mas vamos falar de outra coisa.

Na hora que ele ia falar, a campa bateu.

Alice - Sério ?

Daniel - Relaxa, a próxima aula tá vaga, parece que não temos professor de Quimica. Então ainda temos tempo pra nos conhecermos.

Alice - Ai graça a Deus ! Eu detesto Química !

Daniel - Também detesto. Acho que vamos nos dar bem

Alice - Assim espero.


Notas Finais


E aí o que acharam dos novos personagens ? Gostaram ? Olha eu vou tentar postar o proximo o mais rápido possível. É que é difícil eu postar o capitulo porque eu estudo íntegral, aí quando chego em casa eu quero dormir. Mas espero que tenham gostado e até a próxima. Bjs !!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...