1. Spirit Fanfics >
  2. A Vida é Mais Que Uma Rotina >
  3. Posse

História A Vida é Mais Que Uma Rotina - Capítulo 10


Escrita por:


Capítulo 10 - Posse


Josh pega na minha cintura e entramos, penso bastante em suas palavras porém esqueço de tudo quando vejo Thalia sorrindo em direção a mim, seu abraço tem um calor familiar e naquele momento esquecemos de Josh e Jordan:
         - Estava morrendo de saudades de ti
         - Então vai gostar do que planejei com Jordan
         - O que? (me preocupei por que não disse sobre Josh)
         - Vamos ficar juntas por dias, vou dormir na sua casa e voltarmos a fazer algumas coisas juntas como compras e tals (ela sorri de animação)
         - Se-sério? (ela vai diminuindo o sorriso e faz uma expressão de dúvida)
         Jordan vai para o lado de Thalia que continua com uma expressão de dúvida por eu não está animada com a situação, pelo menos não demonstro isso:
         Thalia:- O que tá pegando? (ela olha desconfiada)
         Josh:- Fiz Laila se mudar para mina casa (desvio o olhar para o chão)
         Laila:- Temporariamente 
         Josh:- Definitivamente (imediatamente sinto um sentimento de confusão)
        Thalia:- Vocês estão juntos? (ela fala em tom de surpresa)
         Esqueço de Jordan e Thalia, dou uns três passos para trás puxando Josh comigo 
        - Como assim? (falo baixinho em um tom de surpresa)
        - Meu amor em casa conversamos (ele fala tranquilo)
        - Josh eu não me mudei definitivamente
        - Vamos ver se não, em casa conversamos 
        Fico quieta e deixo os três conversando sobre a viagem, minha vontade é de entrar em um ônibus e ir para bem longe de todos assim posso pensar mais e me sentir livre só que eu não entendo o por que me sinto tão presa a Josh eu não era assim com ninguém e agora só vem na minha cabeça "é melhor para você Laila". Entro no carro e começo a ler o PDF de Procura-se um Marido da Carina Rissi e para evidenciar que estou ocupada coloco os fones de ouvido o que me faz sentir o olhar de todos em cima de mim, mas coloco as músicas da Annie Lennox para esquecer deles e o romance da Carina me faz sonhar com algo semelhante ao Maximus Cassani só que meu sonho é interrompido quando Josh me chama, me dou conta que ele deixou Thalia e Jordan irem na frente para dentro de casa e agora estamos só nós dois no carro:
          - Você está fazendo birra de propósito ou só quer um tempo sozinha? (ele fala com o tom irônico)
          - Quero um tempo sozinha de todos 
          - Tudo bem, vamos conversar
          - Aqui dentro? Sorte a nossa que os vidros estão abertos (falo com sarcasmo)
          - Por favor não teste minha paciência (ele respira fundo)
          - Josh que história é essa que eu me mudei definitivamente?
          - Vamos você vai ser bem mais feliz aqui 
          - Você tá de sacanagem?! 
          - Eu nem deveria tentar te convencer o que foi feito não se desfaz mais (ele fala calmamente)
          - O que você fez? 
          - Vendi sua casa 
          - Como fez isso? (sinto algo estranho, quero sair daquele carro e ir embora só que também quero socar a cara de Josh)
          - Aquela casa ela foi comprada de uma imobiliária e todo mundo tem o seu preço 
          Saio do carro com muito ódio de Josh  e caminho em direção a porta que dá acesso ao jardim posteriormente a saída da casa, mas Josh me segura pelo pulso esquerdo:
           - Onde pensa que vai? (ele fala com o tom sério porém não me intimida)
           - Eu vou para bem longe daqui e bem longe de você (tento tirar sua mão de mim, mas acabo falhando)
           - Você não vai a lugar nenhum garotinha
           - Você é meu pai? Não, então me solta (vou até ele levantando o nariz para mostrar que não estou com medo)
           Josh passa a mão no meu pescoço e minha raiva aumenta a cada segundo, sua outra mão está machucando meu pulso e sinto meu ódio crescer por eu sentir amor e querer ficar ao seu lado:
           - Você vai ficar e vai ser calada, eu não sou o seu pai lógico, mas se você continuar me afrontando eu juro que você só vai sair comigo e será os cantos que eu for
        Os olhos de Josh estão escuros de raiva o que faz meu ódio disparar, ele não é meu dono eu não sou sua propriedade e quero que me largue, tento sair de sua mãos o empurrando só que ele aperta muito mais o meu pulso então resolvo fazer o que nunca pensei que faria, dou um tapa em seu rosto. Sinto sua mão apertar mais meu pulso me fazendo ficar agoniada olho para ele e vejo uma veia pulsando de raiva em sua testa, Josh aperta meu pescoço e olha diretamente nos meus olhos:
         - Vai para o quarto agora e vai me esperar caladinha sentada na cama que vamos ter uma conversa bem séria (só sinto raiva em sua voz)



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...