História A vida é um Espetáculo (Jung Hoseok) - Capítulo 33


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Bangtan, Bts, J-hope, Jung Hoseok
Visualizações 83
Palavras 1.517
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom dia pessoas mais lindas!!

Primeiro me desculpem por não ter postado ontem.

Tem algumas coisas acontecendo na minha vida e as vezes não consigo vir aqui postar.

Informo também que pretendo fazer mais uns 10 capítulos para terminar essa fic que eu fiz com muito amor.

Ótima Leitura.

Capítulo 33 - Namoro?


Fanfic / Fanfiction A vida é um Espetáculo (Jung Hoseok) - Capítulo 33 - Namoro?

É sempre maravilhoso sair com o Hoseok e hoje não foi diferente dessa vez fomos em um parque de diversões e descobri mais uma coisa sobre ele, seu medo por brinquedos altos .

(S/N)-Se tem medo porque me trouxe aqui ?  -Agora quero muito ir na roda gigante.-

(H)- Não é bem assim S/n eu não tenho medo de nada falei que nos divertiríamos hoje .- Olha a roda gigante com um pavor imenso. –

(S/n)-Fiquei até com dó dele.-  Então vamos para outro lugar .- Eu realmente queria entrar nessa roda gigante .-

(H)-Não consigo ver você me olhar desse jeito .

Hoseok pega minha mão e vamos em direção a tal roda gigante, entramos na cabine e vejo que ele treme mas reuniu todas as suas forças para estar ali e aquilo me fez muito feliz e começo a rir de toda a situação e ele me olha incrédulo. Vou até o banco que ele está sentado e coloco minha cabeça em seus ombros e  uma de minhas mãos em seu colo pegando sua mão que dava o dobro da minha e suas veias estavam saltadas no mesmo instante ele entrelaçou nossos dedos e deixou um beijo ali em nossas mãos.

(H)-Eu não ia fazer isso agora esperaria chegarmos em meu apartamento.

Ele me puxa me fazendo sentar em seu colo e aquilo me deu um frio na barriga. Ficamos um tempo nos olhando e seus olhos são maravilhosos que me perdi neles e analisando melhor ele tinha uma pinta no lábio superior que dava mais um charme naquela boca.

(H)-Porque olha tanto minha boca você a quer?

(S/n)-Coro violentamente com sua pergunta. – Quero!

(H)- Eu estou tão apaixonado por você que não consigo te negar nada sabia?!?

Em instantes sinto sua boca encostada na minha e sua maciez e seu hálito me deixavam cada vez mais afoita para um beijo mais prolongado e nos separamos pois o ar faltou ele alisou meu cabelo e me deu um beijo em minha testa.

(H)- Namora comigo ?

Palavras não saiam da minha boca e em minha mente só vinham perguntas em vez de respostas.

(H)-S/n... S/n.. olhe nos meus olhos.

(S/n)-Subi meus olhos em sua direção.- Eu não sei Jung eu tenho medo e faltam alguns..-Sou cortada com um beijo. –

(H)-Eu não quero que fale mais sobre isso e não quero perder mais tempo sem você ao meu lado e te quero certo não quero somente ficar quero que seja minha namorada.

(S/n)- Jung...

(H)-Você confia em mim ?

(S/n)-Sim, mas tenho um pouco de medo.

(H)-Eu também tenho mas prometo cuidar de você como você merece e confie em mim .

Nem vimos que já estávamos na última volta da roda gigante e o rapaz que abriu a porta nos olhava impaciente para que saíssemos logo, Hoseok se levantou e estendeu  sua mão para que eu pegasse e aquilo não significava somente pegar em sua mão, seria concordar em namorar com ele em correr riscos em sorrir, chorar em enfrentar obstáculos e eu senti meu corpo sendo empurrado para ele mas porque meu coração já tinha enviado para meu cérebro que minha felicidade estava em aceitar aquela mão.

(S/n)- Pego em sua mão e ele me puxa fazendo com que eu saía da cabine. -Aceito.

Sorrimos um para o outro e nos abraçamos.

(S/n)-Eu nem consegui ver a o alto da roda .

(H)-Olha e não sei se um dia vai conseguir. -Rimos. – Afinal meu coração ficou lá em cima.

(S/n)-Bobo -Dei um soquinho em seu braço. – Mesmo assim eu amei.

(H)- Eu muito mais afinal você é MINHA namorada e de mais ninguém. Eu estava planejando outro jeito essa era a surpresa.

(S/n)- O puxo para um abraço e cochicho em seu ouvido. – Eu amei que foi assim.

Sinto Hoseok se arrepiar mas não fala nada apenas coloca suas mãos em minha nuca e sinto algo gelado em meu pescoço. Quando eu olho é uma gargantilha com um pingente em formato de uma menina dançando e atrás gravado a sua inicial, meus olhos se encheram de água aquele tinha sido o presente mais lindo que eu havia recebido.

(H)-Enxuga minhas lágrimas e beija cada um dos meus olhos. – O significado dessa gargantilha é minha aliança em você, essa menininha é você dançando e alcançando todos os seus sonhos e essa inicial do meu nome é meu coração que é  seu isso para você não esquecer.

(S/n)- Chorei mais ainda, minhas emoções não estão me ajudando eu estava muito feliz. – Obri..ga..do Hope.

Ficamos mais um tempo ali e fomos para casa dele. Chegamos lá ele me levou até sua sala de dança acendeu a luz mas era tão fraquinha que mal conseguia ver seu rosto ele colocou uma música bem baixinha para tocar me puxou para seu peito e me abraçou, depois de um tempo começamos a dançar como se estivéssemos em uma festa mas somente nós dois em nosso mundinho.

(H)-Eu sempre quis dançar nessa sala com você e ouvir somente nossas respirações.

(S/n)- E eu sempre quis dançar aqui a sensação é melhor do que imaginava.

No escuro e sem vergonha passei minha mão em suas costas e fazendo um vai e vem coloquei minhas mãos dentro de sua camiseta e pude sentir os músculos do seu abdômen se contraindo com meu contato eu queria sentir sua pele, fiquei assim por alguns minutos e tirei minhas mãos e ele me olhava terno, não havia malícia naquele momento somente nossas demonstrações de amor um pelo outro e como se ele quisesse retribuir ele fez o mesmo adentrando com suas mãos por debaixo da minha blusinha e pude sentir seus dedos tocando minha barriga até subir em meus seios  mas parando por ali ele me beija e me abraça e cada vez sinto essa tensão entre nós e uma hora ela vai ser quebrada.

Dançamos por um tempo e depois fomos comer e enquanto comíamos conversamos sobre nossas famílias e um pouco mais sobre nosso passado foi quando me lembrei que eu precisava contar a ele sobre o que aconteceu com o Lee na viagem e criei coragem para contar.

(S/n)-Jung eu quero te contar algumas coisas sobre a viagem a Tóquio porque quero ser sempre transparente com você a partir de hoje e não quero esconder nada.

(H)-Me olha surpreso – Estou todo ouvidos.

(S/n)- Não fique brabo. – Hoseok encosta na cadeira e coloca suas mãos sobre suas pernas para me ouvir melhor. – Bem o Lee disse que gosta de mim mas eu já falei para ele que não posso aceitar seus sentimentos pois já tem alguém que tem todinho meu coração.

Hoseok me olhava sério e ao mesmo tempo surpreso ele até ficou um pouco vermelho eu não sabia decifrar o que ele estava pensando. Bem eu acabei de falar que meu chefe gosta de mim e não tenho boas lembranças do último encontro dos dois,  claro que ele deveria estar pensando no que dizer . Ouço um longo suspiro dele.

(H)-Bem eu confesso que já sabia disso mas não queria admitir afinal isso machuca o orgulho de qualquer homem, mas gostei que você confia em mim e me contou sobre isso. Tem mais alguma coisa que queira me contar ou posso acalmar meus pensamentos?

(S/n)-Sei que Hoseok ficou com ciúmes e brabo, por isso achei melhor nem contar sobre o abraço afinal isso era irrelevante. – Hope eu não tenho mais nada e estou feliz com você afinal é  com você que eu estou. -Me aproximo dele e sento em seu colo acariciando seu cabelo escuro e liso. – E confesso que foi ótimo aceitar tudo o que vem de você.

(H)-Eu amo o jeito que me diz tudo isso, quer que eu te leve para casa ou quer dormir aqui ?

(S/n)-Acho melhor ir para casa hoje Hope, estou um pouco cansada e ultimamente não consigo dormir.

(H)-Ri- Eu também não consigo dormir, vamos ver se vai ser melhor ou pior dormir separados. Amanhã você volta ao trabalho?

(S/N)- Sim amanhã nossas vidas voltam ao normal e nos veremos menos. -Faço um beicinho.-

(H)-Vamos dar um jeito minha princesa. Amanhã vou contar para os meninos sobre nós e para a Minsoo também.

Estava bom demais para ser verdade tinha me esquecido da sonsa e do que eu enfrentaria; ela ainda não me desce e tenho uma sensação ruim sobre ela.

(S/n)-Não sei porque isso me faz lembrar de algo que me machucou muito que foi o beijo que vocês se deram.

(H)-Me olha surpreso. – Aquilo não significou nada S/n e eu já deixei bem claro para ela que só a vejo como amiga.- Do nada ele ri. – Não precisa ter ciúmes.

(S/n)-Não é ciúmes eu só me magoei porque já gostava muito de você. -Abaixo minha cabeça pois lembrar daquilo ainda me doía. –

-Hoseok ergue meu rosto me fazendo olhar para o seu e passa o seu dedo polegar em minha minha bochecha. -

(H)-Eu sempre tive meus olhos voltados para você não precisa ficar assim.

Depois de nos entendermos do nosso jeito ele me levou para casa e tentei dormir porém realmente foi difícil.

 


Notas Finais


É isso gente espero que tenham gostado.

Ai esses dois... e tem coisa ainda pessoal.

Aguardem

Beijos!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...