História A vida me deu muitas escolhas, mas eu escolhi você! - Capítulo 24


Escrita por:

Visualizações 7
Palavras 1.024
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Literatura Feminina, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 24 - Reencontros planejados


- O que?! Tem certeza? Eu posso comprar outro e você fazer denovo...- diz Cattharinna ainda assustada com a notícia.

- Mas é verdade minha filha, eu também tô atrasada e ultimamente eu ando tendo tonturas, fortes por sinal, e certos enjôos.- diz Estefânia eufórica.

- Estefânia, essa é a melhor notícia que você pode nos dar agora!- Vitor a pega no colo e deposita um beijo estalado na morena.

- Isso é uma bênção dona Estefânia! Eu posso lhe dar um abraço?

- Mas é claro Blota!- desce do colo de Vitor e da um abraço em Blota.

- Desse jeito nós também queremos um abraço!- Flora se aproxima de ambos com Cattharinna.

- Então venham aqui!- Estefânia estica os braços.

- Oba!


Em meio aos abraços dos três, o celular de Vitor toca e o mesmo logo atende se afastando dos demais.


- Alô?

- Oi Vitor, tô atrapalhando alguma coisa? Eu quero mostrar uma coisa pessoalmente a você.- arruma os cadernos que estavam na mesa próxima.

- Não, não prima. Não está atrapalhando nada.- dizia enquanto observava Estefânia e o resto.

- Que bom, é que isso é urgente...- diz um pouco nervosa.

- Ok! Daqui um pouco eu tô aí. Beijo. Te amo!

- Eu também, não demora! Tchau!


Vitor desliga o aparelho, e se aproxima novamente de Estefânia e a abraça por trás fazendo-a rir e lhe dar um selinho.


- Meu Amor! É tão bom saber que você irá trazer mais um ser pra nossa vida, mas eu tenho algo a resolver agora... infelizmente!- diz cabisbaixo.

- Logo agora pa... é Vitor!- a loira gagueja.

- É impressão minha ou você quase iria dizer pai Cattharinna?- diz Flora desconfiada.

- Impressão sua meu amor... mas você vai mesmo deixar essa peruca ambulante feliz da vida aqui?- Catthy indaga-o.

- Cattharinna por favor...- Estefânia a repreende.

- Imagina meu amor... eu até queria ficar, mas é que a Ariela precisa de mim agora. Ela disse que é urgente, tenho que atender ao pedido de minha prima, se não eu arco com as consequências, eu acho. Agora eu vou indo meu amor. Te amo!- dá um beijo estalado na de perucas, se despede de todos e deixa o local.


...


- Mãe? Posso entrar?- diz ainda na porta fazendo Estefânia tirar o foco de seu desenho.- Ui! Estava desenhando e eu atrapalhei?

- Imagina, entra!- põe o lápis apoiado no papel do desenho e se vira em direção a porta onde estava Cattharinna.- Não me atrapalhou em nada meu amor, eu já tinha terminado, só estava dando alguns retoques para depois entregar e fazerem o vestido.- leva o desenho a Catthy para lhe mostrar.

- É lindo mãe, vai voltar a desenhar roupas?- segura o desenho ainda deslumbrada com a delicadeza de sua mãe no papel.

- Talvez, esse foi um pedido de uma velha amiga... entre aspas podemos se dizer.- sorri e ri pegando o desenho das mãos de sua filha.

- E eu posso saber quem é essa velha amiga?- se senta na cama.

- Essa minha velha amiga é famosa, e creio que obviamente você goste muito dela, tanto pelo fato de você viver cantando as músicas dela quanto de a mesma já ter feito um tremendo sucesso em um certo ano...

- Sem mais enrolação dona Estefânia!- diz interrompendo-a.

- Esse desenho é pra Lady Gaga, está satisfeita?!- diz seguido de uma gargalhada.

- Você quer que eu tenha um ataque?!!- fica surpresa ao ouvir o que Estefânia acabara de dizer.

- Não, imagina Cattharinna.- fala ainda rindo.

- Mas não é o que parece...- diz ofegante.

- Ela já havia me pedido antes, mas você estava aqui no Brasil ainda pequena com o Gustavo e eu estava fazendo minha faculdade na Inglaterra.- justifica.

- Meu Deus! Pior ainda...- diz suspirando.- Todo esse tempo você já a conhecia e eu toda iludida pensando que nunca pudesse a conhecer pessoalmente... e sem mais nem menos você vem com isso pra cima de mim? Eu ainda estou pasmada mãe!- começa a rir da situação.

- Me desculpa se não havia te contado...

- Agora que você já me disse eu me sinto mais aliviada.

- Ok, eu já não vou mais esconder mais nada de você...

- Obrigado... eu acho! Mas enfim... depois de descobrir a gravidez você vai voltar a dar aula?

- Possivelmente!- diz com um sorriso de orelha a orelha.

- Estou torcendo.- ambas riem.


=Enquanto Isso Em Outro Lugar...=


- Gaga você vai pro Brasil daqui a uma semana...- diz Bobby mexendo no celular.

- Ok, Ash!- grita do quarto.

- Fala, tô aqui na cozinha...- responde do local.

- Está fazendo o que?- entra na cozinha e se aproxima.

-  Cozinhado, não é meio óbvio?- a loira ri.

- Eu sei, mas  está preparado o que?- Gaga abraça sua amiga por trás cheirando o aroma da comida que Ashley preparava.

- Macarronada, daquele jeito que você adora.

- Eu tenho muita sorte de ter você como amiga, sabia?- toca o nariz de Ash.

- Eu também tenho sorte, aliás você já tomou seus remédios?- diz preocupada.

- Já tomei, agora vamos comer?- diz impaciente.

- Ok!

Ashley serve Stefani e a mesma logo devora o prato em minutos, deixando a loira surpresa ao ver como ela estava com fome. E Bobby adentra o local sentindo o aroma da comida e se senta junto de Ashley e Stefani.

- Estava com fome hein!- Ash tira o prato de Stef da mesa aos risos e volta para o fogão colocando outro prato para Bobby que também come.

- Estou ansiosa para ir no Brasil e reencontrar uma amiga.

- Até parece que essa daí é mais importante do que eu.- Ash revira os olhos.

- Não fica com ciúmes... eu realmente a conheci quando você não estava presente, mas ela fez a minha roupa uma vez e eu a pedi novamente para o meu show que irei fazer no Brasil e ela aceitou e agora eu estou de boa com ela e pretendo vê-lá. Nada demais...

- Pra você não é nada demais Gaga, mas para Ashley é meio desconfortável!- comenta e volta a comer.

- É verdade.

- É por que eu não estou te dando atenção?- fala com voz melosa.

- Não... não é isso.- solta uma gargalhada e Asia e Koji surgem na cozinha e correm em direção de Ashley e pulam em seu colo fazendo tirarem mais risos dos que estavam na mesa.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...