História A vida percorrerá com problemas (hiatus) - Capítulo 40


Escrita por: e MinTsu45

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys, Bts, Drama, Romance
Visualizações 9
Palavras 892
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eae! Esse capítulo é apenas para eu logo depois sumir aushuahsas, bom a Fanfic continuará em Hiatus, nesse meio tempo de hiatus irei sim liberar capítulos, mas serão poucos, e talvez depois eu libere um 50 fatos sobre mim de especial de 40 favs ishaishuaisuahs

Eu tenho um capítulo prontinho de 700 palavras de especial de 40 favs, mas ele não fará parte da história, talvez eu libere ele amanhã ou depois, talvez eu vá viajar, se eu não for libero depois do dia 15, se eu for eu libero amanhã de noite (de tarde no colégio onde estudo vai ter uma festa, e eu não quero perder a oportunidade de gritar bultaoreune para as inimiga que participar do show de talentos rs)

Bom, se quiserem algo de diferente para o especial só colocar nos coment que eu penso na proposta auhsuahsahsuash

Parei, obrigado pela forcinha <3

Obrigado pelos 40 favs u-u

Boa leitura anjinhos que vivem lendo fanfics +18 e.e

Capítulo 40 - Pai?


Fanfic / Fanfiction A vida percorrerá com problemas (hiatus) - Capítulo 40 - Pai?

(Capítulo revisado, mas erros podem ter passado despercebidos)

(Leia as notas "finais" "autor")  

 

"Por você, eu seria capaz de fingir ser forte mesmo estando machucado"

 

– Olá. Meu querido filho. – disse, arregalei os olhos, ok, processando informações... O meu “pai” que supostamente era para estar morto esta na minha frente nesse exato momento, que... Louco, não?

  – Você deveria estar morto, não? – perguntei, ainda confuso sobre aquilo – Claro, claro. Eu deveria estar morto. Hahaha. – me encarou sério, cara, que merda esta acontecendo?

  – Pensei que você fosse mais inteligente Yoongi, o mais engraçado é você carregar meu sobrenome, sendo que nem mesmo consegue raciocinar sobre o que esta acontecendo. – disse vindo em passos lentos em minha direção.

  "– Esse homem é uma ameaça, você nunca se perguntou o “porque” de seu pai trabalhar tanto Yoongi? Nunca se perguntou o “porque” de às vezes seu pai agir como um Psicopata? Mesmo sendo poucas vezes? Aconselho que se prepare pois agora tudo será diferente, caro Yoongi.”"

 

"Eu plantei uma flor que nunca poderá florescer"


  Ele sorri cínico e tenta disferir um soco em meu rosto, nessas horas agradeço por ter um reflexo muito bom. Desvio do soco e aproveito para dar uma rasteira enquanto ele estava distraído.

 

 

  – Parece que você não conhece muito bem seu “querido filho”. – falei rindo da expressão de raiva que ele direcionava a mim – Nunca pensei que você fosse ser um... Sei lá, mas, também nunca duvidei. Só deixo claro "O amor é tão louco, o amor é tão louco"que, eu e Alice não somos tão fracos como você pensa. – falei, aproveitando o fato de ele estar com a cabeça para baixo, desbloqueei meu celular atrás de minhas costas e disquei o número da policia.

 

"Em um sonho que não pode se tornar real"


  
  Ele ameaçou levantar, peguei um pedaço de madeira que estava caído no chão e corri na direção dele.


  – Não vai ser tão cedo assim Yoongi. – disse segurando meu pulso – Também não vou perder tão fácil assim. – dei um chute em sua perna, ele caiu no chão aproveitando dei um soco em sua cara, o que fez ele cair no chão desacordado. Peguei meu celular e liguei para a policia.

 

 

*Alice on* 



  – Aish, aonde aquele garoto foi se meter? – exclamei, ainda irritada e preocupada pelo fato de Yoongi ter saído, falado que iria voltar antes das 5 e agora ser 7 horas e ele ainda não voltou.

 
  – Se acalme Lice, ficar assim não vai adiantar nada! – disse Namjoon tentando fazer com que eu me acalmasse, respirei fundo e sentei num dos sofás da sala.
 

 

"Não? Como assim, não? Estou cego. Amor? O que diabos é o amor? (É tudo amor falso)"


  – Não podemos tentar o rastrear? – perguntou Hoseok encarando Namjoon – Podemos tentar, se não der certo teremos de esperar alguma noticia mesmo. – respondeu Namjoon.


  – Amor, que tal você ir descansar um pouco? Deixe que eu, Hoseok e Namjoon cuidemos desse assunto por enquanto... – disse Jungkook, pensei na hipótese de realmente ir descansar, não era uma má ideia, eu realmente precisava descansar, assim eu não corria um grande risco de acabar tendo uma crise ali mesmo.


  Assenti com a cabeça e levantei do sofá, indo em direção a escada que dava no corredor dos quartos. Logo adentrei o quarto onde eu e Jungkook dormíamos, me joguei na cama confortável que havia ali e logo acabei em um sono profundo.

 

"Te amo tão loucamente, te amo tão loucamente"  

 

*Yoongi on*



  Alguns minutos depois de eu ter contatado a policia, finalmente eles haviam chegado e por fim me perguntaram algumas coisas e decidiram realmente prender meu “pai”, antes claramente, perguntei sobre a mãe de Alice.
 

(Mini-flashback)

  
  “– Ela esta viva, provavelmente você conhece a nossa antiga casa aqui na Coreia Yoongi, agora, adeus. – sorriu e os policiais o levaram para dentro da viatura.”

 

  Peguei meu celular e vi que tinha umas 50 chamadas perdidas, tanto de Namjoon, tanto de Alice, decidi retornar a de Namjoon...

  (Namjoon: Itálico/Yoongi: Negrito)

 

"Eu também, eu também não me conheço"


  “– Cara, onde diabos você está? Alice quase morreu de preocupação aqui, e eu não estou zoando!”


  – Aish me desculpe Nam, tive que resolver algumas coisas, aliás, não chegarei em casa hoje...


  “– Ok, irei tentar avisar a Alice, espero que ela não morra de vez, mas eae cara, o que rolou?”


  – Rolou que o cara que estava por trás disso tudo ela meu próprio pai, acabei em uma briga com ele, mas tudo resolvido, ele foi preso, já que ele estuprou e assassinou várias jovens. Tenho que ir atrás da mãe de Alice, o maldito disse que ela esta na nossa antiga casa aqui na Coreia, irei lá hoje.

 

"Te amo tanto, te amo tanto, que construo uma mentira bonita para você"


  “– Nossa, senti a tensão aqui de longe rapa, só não suma por semanas, se não quando você chegar aqui, ou sua irmã morreu ou você irá ser morto por ela, agora fui, se cuida!”


  Ele desligou a chamada e eu decidi pegar um táxi até minha antiga casa, provavelmente terei que pular o muro e arrombar mas até ai de boas, o problema é, qual será o estado da mãe de Alice.

 

"Queria que todas minhas fraquezas pudessem ser escondidas

Eu plantei uma flor que não pode florescer

Em um sonho que não pode se tornar real"

 

Fake Love - BTS

 

:) or :(?

 

 


Notas Finais


Bom, os capítulos até o fim do Hiatus serão pequenos (- de 1.000 palavras)

Creio que eu deva ter esquecido de alguns personagens mas agora já foi kkaksajskkas

Sim eu estou testando um novo modo de capítulo rs

Minha outra fanfic <3:

https://www.spiritfanfiction.com/historia/following-up-hiatus-12711131


As frases de Fake Love estão embaralhadas :)


Vazando ao som de Shine - Pentagon


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...