História A vida por trás das máscaras - Capítulo 40


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Tags Ladybug
Visualizações 43
Palavras 521
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Ficção Adolescente, Lírica, Magia, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi galerinha, turo bom? Tenho que dizer que é bem difícil acabar com essa fic, mas eu me diverti e achei ótimo o fato de que vocês gostaram... adorei tê-los como leitores e incentivo de seguir com o meu sonho, mesmo que não seja muita gente.. é bom saber que alguém, qualquer um gostou, cada um de vocês é um incentivo para mim continuar com o meu sonho.
Se gostaram da historia e/ou tiverem qualquer duvida sobre a historia deixe um comentário.

Capítulo 40 - Cinco anos se passaram


Fanfic / Fanfiction A vida por trás das máscaras - Capítulo 40 - Cinco anos se passaram

Povs Adrien:

- ​Catnoiar?

- Fala Nino.

- Cadê a Alya?

- Na casa da Marinette.

- eu quero vê-la... saber se ela está bem, se voltou a ser a minha Alya...

- sim, ela está bem, ela ainda é a sua Alya... já acabou Nino.

- Bom saber. Eu quero vê-la, toca-la... quero estar com ela, consegue traze-la pra mim?

- desculpa cara... já é tarde, ela deve estar dormindo. Sei como se sente, queria estar com a Marinette, ver o seu rosto, beija-la... Mesmo que tenha acabado eu tenho medo de perde-la novamente, não sei o que fizeram a ela... quero... eu quero...

- Você não sabe o que quer... eu também não;

       Já se passaram três dias, faz três dias que eu não a vejo... e o Nino vai ter alta hoje e ela virá... não sei como me comportar, não sei o que devo fazer. Já estou como Adrien. Ouvi um batida na porta;

- Entra! - o Nino disse se levantando.

   A Alya entrou e correu até ele eles se beijaram. E logo ela entrou, com o seu lindo macacão... não suportei, fui até ela, peguei a sua cintura e a beijei. Um beijo cheio de saudade, paixão, amor;

- Eu te amo. - disse em seu ouvido;

- Também te amo.

     ​Povs Marinette:

Cinco anos se passaram... faz cinco anos desde que não existe mais Rockmof... mas vou contar pras vocês o que aconteceu depois disso:

O Mário adotou a Juleka e eles se dão muito bem. Ele a trata como uma filha e ela até o chama de pai. Eu e a Alya ainda somos melhores amigas, ela e o Nino moram juntos e ela está G-R-Á-V-I-D-A! Isso mesmo, e eu vou ser a madrinha! Não sabemos se vai ser menina ou menina -mas to torcendo por uma garota- continuando o Nino vai ser professor de informática e a Alya vai ser professora de literatura;

Há um ano eu e o Adrien terminamos... mas calma que já estamos juntos de novo e melhor, estamos casados... estou fazendo faculdade de Estilismo e ele continua como modelo... já até tirou fotos com roupas criadas por mim. Nós moramos em um apartamento de dois quartos.

A Tikki não fica mais comigo nem o Plagg fica com o Adrien mas as vezes o mestre trás eles aqui para que possamos matar a saudade.

A padaria continua aberta e tenho que admitir que a Juleka cozinha bem melhor do que eu, o Mário tá ajudando a pagar o curso de culinária que ela quer fazer no exterior...

Enfim estamos bem... todos nós. Até o pai do Adrien me trata melhor e está namorando (ele não quer contar quem), a Chloe está namorando com o Nathaniel e ele disse que vai pedi-la em casamento... essa noite.

​Obrigada por me acompanharem até aqui... foi muito bom, mas é como eu digo: se não acabar não terá valor. Eu adorei a companhia de todos vocês, quero agradecer a cada comentário, a cada favorito... vocês fizeram o meu dia melhor com os seus comentários e os seus incentivos.

Beijos de Luz

​LuluP <3



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...