História A vida pós Seleção - Capítulo 34


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Seleção
Personagens America Singer, Anne, Aspen Leger, Astra Orders, Avery, Carter Woodwork, Celeste Newsome, Eadlyn Schreave, Gavril Fadaye, Kile Woodwork, Kriss Ambers, Lucy, Marlee Tames, Mary, Maxon Calix Schreave, May Singer, Personagens Originais, Princesa Daphne, Princesa Nicoletta, Rainha Amberly, Rei Clarkson, Shalom Singer
Tags A Seleção, América, Maxon
Visualizações 208
Palavras 659
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Como assim em menos de meia hora 8 comentários? Assim eu piro haha sz
Boa leitura! ❤

Capítulo 34 - Declaração?


- Ames - coloco a coberta por cima da cabeça e sinto meu corpo ser balançado - levanta logo, vamos cuidar de Astra.

- Tudo bem, May. Mas me deixe dormir mais alguns minutos- tiro a coberta e tento a convencer - eu acordava muito cedo quando estava no castelo. 

- Então já esta acostumada, levanta - puxa a coberta e a derruba no chão. Sem nenhuma outra alternativa, - com certeza ela não iria sair sem conseguir o que queria - levanto e vou até o banheiro. 


- Bom dia filha - minha mãe beija minha cabeça quando sento ao lado de Gerad- pensou na conversa que tivemos ontem?

- Sim, mamãe - servi café em uma xícara- desabafar fez bem.

- Que conversa? - Gerad pede de boca cheia e mamãe o olha feio.

- Quando você foi dormir, eu contei a nossa mãe o por que de te ficado tanto tempo no castelo - falo, e ele não da a mínima. Sai correndo e pega sua bola.

- Sem jogar bola dentro de casa, crianças - minha mãe gritou- ainda não acredito que você ficou trabalhando como empregada do Maxon - ela ri - sério? Isso é comico. 

- Sério, mãe. Foi a solução que fez mais sentido na hora - rimos.


A noite chega rápido. Sentamos no sofá para assistir ao Jornal Oficial de Illea e olho para a poltrona velha de papai, que nunca ficava vazia como agora. Sorri, lembrando dos momentos nostálgicos que vivenciamos juntos ali, na nossa pequena sala. Minha mãe aperta meu ombro e sorri comigo. 

- Ele está nos cuidando - ela sussurra e eu concordo. Logo o hino nacional preenche o som da casa e a cara de Gavril aparece assim que o brasão de Illea some da tela. 

Depois de várias notícias inúteis, Gavril passa a palavra para o rei.

- Boa noite,Illea. Imagino que alguns de vocês estejam sentindo falta de Kriss junto de meu filho - me sentia incomodada lembrando disso e me mexi no sofá - porem ela não ira mais nos acompanhar. A flagramos em um momento intimo com um guarda, e todos sabem o que acontece. Kriss não morreu, mas não esta mais em Angeles. Não posso informar onde ela esta por medidas de segurança. Mas é isso, obrigado.

Nenhuma novidade até aí para mim. Deito a cabeça para trás e fecho os olhos, até uma voz prender minha concentração. 

-America- olho para a TV e la estava Maxon- se estiver assistindo isso,  peço que não desligue a TV e me ouça - riu e eu também - você,mais do que ninguém, sabe o quanto sofri por ter feito a escolha errada. Você foi a única que realmente me entendeu e esteve ao meu lado, mesmo sabendo de coisas que se outra pessoa soubesse se afastaria. E sou grato por isso. Sou grato por ter te conhecido, e por ter me feito feliz quando eu achava que ninguém seria capaz disso. Você é tão doce como uma torta de morango - May riu, ela sabia da historia - mas quando está brava,  parece mais um doce de limão - foi a minha vez de rir - você é a última coisa que penso antes de dormir e a primeira coisa que penso quando acordo. Passei horas pensando em como fazer para me desculpar, e bem, não acho que isso seja realmente o pedido de desculpas a sua altura, até por que você é bem baixinha - riu - mas, por favor, me desculpe. Só quero que você saiba que estou aqui contigo. Você sabe onde me encontrar, e peço uma coisa : volta pra mim? Eu te amo com todo meu coração,  e espero que você me perdoe.

Quando ele terminou de falar, eu ja chorava. Como não desculpar com esse pedido? Eu o amava, e iria quebrar a barreira do meu orgulho, pois, bem, eu não sabia mais como viver sem poder olhar no fundo de seus olhos cor de chocolate. 


Notas Finais


Gavril, para quem não leu o livro, é o apresentador do Jornal Oficial 😊
Amo voces❤
Volto com 8 comentários 💘
Vejo vocês nos comentários? ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...